32 anos depois, a genealogia genética tramou o assassino de Michella

(dr)

Gary Hartman, Michella Welch

O mistério da agressão sexual seguida de homicídio de uma adolescente americana em 1986 foi resolvido, 32 anos depois graças a uma técnica inovadora da genealogia genética, anunciaram este domingo as autoridades do estado de Washington.

Um homem de 66 anos, Gary Hartman, foi detido na quarta e será presente a um juiz esta semana para ser acusado neste caso que comoveu a cidade de Tacoma, no extremo noroeste dos Estados Unidos, relata a France Press.

Em 26 de março de 1986, Michella Welch, de 12 anos, desapareceu enquanto brincava com suas duas irmãs num parque público da cidade. Um cão da polícia encontrou seu corpo horas depois, abandonado em uma sarjeta.

A investigação não avançou e o caso foi arquivado. Mas os avanços da tecnologia em DNA permitiram reabri-lo em duas etapas.

Em 2006, a polícia científica conseguiu reconstituir uma impressão de DNA a partir de elementos recolhidos no local do crime, mas não revelou nenhuma correspondência com as fichas de delinquentes registados nos Estados Unidos.

Doze anos mais tarde, a técnica da genealogia genética, que recorre às bases de dados e arquivos genealógicos que incluem pessoas que tenham tentado conhecer sua ascendência, permitiu que a investigação chegasse a bom termo.

“A genealogia genética usa o DNA para associar um perfil desconhecido a um membro de sua família. Recorre-se, então, à genealogia tradicional para construir uma árvore genealógica, graças aos sites na internet disponíveis publicamente”, explicou na sexta-feira Donald Ramsdell, chefe da polícia de Tacoma.

Graças a esta técnica foi possível isolar os perfis de dois irmãos, cuja idade e local de residência em 1986 os transformaram em possíveis suspeitos. Ambos foram postos sob vigilância enquanto a Polícia tentou verificar seu perfil genético.

Gary Hartman estava recentemente almoçar num restaurante sem saber que o seu vizinho de mesa era um inspetor de polícia. Um dos guardanapos de papel que usou foi recolhido pelo agente, que o enviou para o laboratório.

O DNA correspondia à impressão retirada do corpo de Michella Welch. “Neste caso, combinam-se o trabalho policial tradicional e os avanços tecnológicos”, destacou Ramsdell.

“Chegamos a um ponto em que se alguém é um criminosos que deixou seu DNA no local do seu crime, vale mais render-se, porque chegaremos até ele”, advertiu Mark Lindquist, promotor do condado de Pierce.

A genealogia genética permitiu também deter no fim de abril passado na Califórnia um homem suspeito de ser “o assassino do Golden State“, acusado de 12 homicídios e 50 violações entre 1970 e 1980.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. importa acima de tudo perceber o que tornou estas pessoas em monstros que cometem tais atrocidades. estudar a mente e consciência destas pessoas para perceber que tipo de desordem mental está em causa, qual o seu passado, a sua vida e rotinas. De forma a antecipar comportamentos de outros monstros idênticos no futuro, que convivem diariamente connosco e andam por ai a solta quando deveriam estar a ser tratados e fortemente medicados.

    • Eu não acho que seja possível reabilitar estas pessoas. O “sintoma” comum é falta de empatia por outro ser humano. Quando existe “falta de algum sentimento”, não existe maneira de o criar. Pelo menos, segundo o que sei. Eles poderão alegar estar “curados”, mas será manipulação.

    • Muito bom adorei o seu comentário acho que alguém mais “importante” do que eu deveria ter o prazer ou a obrigação de o ler também!!
      Muito bom raciocínio patá além da notícia!!
      Parabéns!!!

RESPONDER

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …