“Pensam que somos apenas amigas”: as gémeas que nasceram com a cor da pele diferente

National Geographic / Hammond Robin

Quando as duas eram pequenas, as pessoas olhavam-nas com espanto. Gémeas bivitelinas e filhas de mãe inglesa e de pai com ascendência jamaicana, Marcia e Millie Biggs eram muito parecidas, exceto por um aspeto: a cor da pele. Uma era branca e loira e a outra negra.

As crianças, hoje com 11 anos, estampam a capa da edição de abril da National Geographic, dedicada a debater como a raça “nos define, nos separa e nos une”. A fotografia das gémeas é acompanhada pelas frases: “Essas irmãs gémeas fazem-nos repensar tudo o que sabemos sobre raça”.

As “meninas milagre“, como a mãe lhes chama, fazem parte de um grupo muito restrito de irmãos gémeos que têm cores de pele diferentes, segundo o Observador.

Ao nascerem, com as feições muito similares, a cor da pele era o que as distinguia. Com o cabelo loiro e pele clara, Marcia herdou os traços da mãe, e Millie, de cabelos castanhos e pele escura, foi buscar os seus traços ao pai.

Passados 11 anos, as diferenças entre as duas são mais visíveis, mas nem por isso são alvo de discriminação, antes, conta a mãe, são alvo de mentes curiosas. Com o passar do tempo, diz, “as pessoas começaram a ver a sua beleza“.

“Quando eram bebés, as pessoas olhavam para elas no carrinho e perguntavam: ‘Mas são gêmeas?'”, diz a mãe, Amanda Wanklin, à revista. Ao ouvir a resposta afirmativa, ela ouvia de volta: “Mas uma branca e outra é negra”. Ao que Wanklin respondia: “São os genes“.

“Quando as pessoas nos veem, pensam que somos apenas melhores amigas”, diz Marcia à publicação. “Quando descobrem que somos gémeas, ficam chocadas porque uma é negra e a outra branca.”

Numa gestação de gémeos bivitelinos, cada óvulo é fecundado por espermatozoides diferentes. Assim, os bebés podem herdar características genéticas distintas, como por exemplo a cor da pele.

A geneticista Alicia Martin diz à revista que não é tão raro que, quando um casal interracial tem gémeos bivitelinos, um se pareça mais com um dos pais do que o outro.

A especialista diz que cada traço herdado pelos gémeos depende de inúmeras variáveis, incluindo de onde são os antepassados dos pais e a complexa genética que define a cor da pele.

Na internet, há outras crianças gémeas de cor de pele diferente que fazem sucesso nas redes sociais. É o caso de Isabella e Gabriella, com mais de 50 mil seguidores na conta do Instagram da mãe, Clementina Shipley.

// BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …