Os gatos reconhecem o seu próprio nome (mas preferem ignorar-nos)

Marc d'Entremont / Flickr

Um estudo recente, realizado pela Universidade Sophia, em Tóquio, revelou que os gatos conseguem reconhecer o seu próprio nome, mesmo quando pronunciado por vozes que não a do dono. Ainda assim, optam por ignorar-nos.

Muitos donos já desconfiavam, mas há agora um estudo que o comprova: afinal, os gatos, à semelhança dos cães, conseguem reconhecer o seu próprio nome e responder quando são chamados.

O estudo realizado por investigadores da Universidade Sophia, em Tóquio, e publicado a 4 de abril na Scientific Reports, contou com a participação de 78 animais domésticos, que foram submetidos a diferentes experiências. Os cientistas tinham como objetivo perceber a capacidade dos felinos em distinguir o próprio nome.

Por outras palavras, os investigadores queriam perceber se os gatos eram capaz de reconhecer o seu nome entre palavras comuns e nomes de outros animais com os quais coabitavam, quando vocalizado por um ser humana.

Os cientistas Atsuko Saito, Kazutaka Shinozuka, Yuki Ito e Toshikazu Hasegawa aplicaram o método habituação/desabituação para efetuar estas experiências. O método consiste em apresentar aos animais quatro palavras diferentes (como estímulo de habituação) e depois pronunciar o próprio nome do gato (como estímulo de teste).

Segundo o Público, o primeiro tipo de estímulo contemplava palavras semelhantes, em termos fonéticos e silábicos, ao nome do animal.

O resultado seria positivo se se verificassem reações familiares para com as primeiras quatro palavras e não com o nome, mas se, mesmo assim, fosse captada uma reação no momento em que se pronunciava o nome do gato. As reações mais registadas foram movimentos de orelhas, pescoço e da cauda e o típico miar.

Os investigadores justificam este reconhecimento com o facto de o nome do gato ser considerado um “estímulo saliente”, assim como as palavras frequentemente usadas pelos donos quando se referem a recompensas, como comida ou demonstrações de afetos.

Além disso, para a identificação contribui, em grande parte, a diferenciação fonética que os gatos conseguem fazer dos sons que ouvem.

Este estudo vem completar a investigação científica já existente sobre as interações entre gatos e humanos que, apesar de residual, já provou a capacidade que estes felinos têm em comunicar com os donos. Por isso, da próxima vez que chamar pelo seu gato e ele não obedecer, saiba que, muito provavelmente, o seu animal de estimação estará a ignorá-lo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …