GalSafe é o primeiro porco geneticamente modificado para uso alimentar e médico

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA aprovou um porco geneticamente modificado para consumo humano e uso terapêutico. O animal foi alterado de modo a ser livre de uma determinada molécula de açúcar, responsável por reações alérgicas graves em algumas pessoas.

A aprovação da FDA é um marco, pois é apenas a segunda vez que um animal geneticamente modificado foi aprovado para consumo humano nos Estados Unidos. O porco segue-se ao salmão que teve essa mesma aprovação em 2015, ainda que tenha sido controversa.

O tipo de porco geneticamente modificado foi chamado de GalSafe, e tem um único gene ajustado para eliminar a presença de uma molécula de açúcar chamada alfa-gal. Acredita-se que as alergias aos açúcares alfa-gal sejam desencadeadas principalmente por picadas de carrapatos.

“A primeira aprovação de um produto de biotecnologia animal para alimentos e como uma fonte potencial para uso biomédico, representa um grande marco para a inovação científica”, disse Stephen Hahn, membro da FDA.

Embora a recente aprovação cubra o uso médico, o FDA sugere que outros processos serão necessários antes que medicamentos possam ser implantados comercialmente. Esses usos médicos poderiam, hipoteticamente, envolver os porcos, sendo que estes seriam usados ​​para cultivar tecidos ou órgãos para transplante humano.

A XenoTherapeutics, uma empresa privada de pesquisa e desenvolvimento, já está a trabalhar num ensaio clínico de Fase 1 em humanos, onde está a usar produtos de porco GalSafe para aplicações biomédicas. O ensaio é o primeiro a explorar a segurança dos transplantes de pele para vítimas de queimaduras graves usando tecido de porcos GalSafe.

A FDA diz que a aprovação determina que os porcos GalSafe são seguros para consumo humano. No entanto, apesar de os animais geneticamente modificados não conterem níveis detetáveis ​​de açúcares alfa-gal, não houve testes para determinar se a carne previne reações alérgicas em humanos.

Um porta-voz da empresa produtora de suínos geneticamente modificados disse que não há planos imediatos de vender comercialmente a carne para consumo humano. A declaração de aprovação da FDA sugere que qualquer venda inicial de carne ocorrerá apenas por correspondência e não há planos atuais para a carne GalSafe estar disponível em supermercados, pelo menos para já.

“Como parte de nossa missão de saúde pública, a FDA apoia fortemente o avanço de produtos inovadores de biotecnologia animal que são seguros para os animais, seguros para as pessoas e alcançam os resultados pretendidos”, disse Hahn no relatório de aprovação do FDA.

O especialista acrescenta ainda que “a ação de hoje ressalta o sucesso da FDA em modernizar os nossos processos científicos para otimizar uma abordagem baseada no risco que avança com inovações de ponta nas quais os consumidores podem ter confiança”.

Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …