Galinhas podem ser arma secreta na luta contra a Malária

As galinhas podem vir a desempenhar um papel relevante na luta contra a Malária em África. Uma nova investigação apurou que estas aves funcionam como repelentes dos mosquitos que transmitem a doença.

Esta pesquisa centrou-se no comportamento do género mais resistente dos mosquitos que transmitem a Malária – os Anopheles arabiensis.

Os investigadores recolheram pêlos, lã e penas dos animais de três localidades da Etiópia e identificaram compostos de cheiros únicos de cada animal, averiguando como é que os mosquitos reagiam a esses cheiros.

Assim, descobriram que os mosquitos “preferem fortemente o sangue humano quando procuram um hospedeiro no interior” das casas, enquanto se alimentam “aleatoriamente” de gado, cabras e ovelhas no exterior, explicam no estudo publicado no Malaria Journal.

“Contudo, os Anopheles arabiensis evitam as galinhas, apesar da sua relativa alta abundância”, isto tanto no interior das casas, como no exterior, vincam os cientistas.

Os odorantes das galinhas actuaram como repelentes naturais“, conta o ecologista químico Rickard Ignell, líder do estudo da Universidade de Ciências Agrícolas da Suécia, ao Live Science.

Os cientistas não sabem explicar porque é que isto acontece, mas Ignell especula que o sangue das galinhas pode ser “pobre em nutrientes ou ser difícil para os insectos digeri-lo”.

Outra hipótese é que, como as aves são uma ameaça para os insectos, eles evoluíram de forma a evitá-las, explica o mesmo investigador.

Estudos anteriores já tinham descoberto que estes mosquitos, que usam o cheiro para detectar os seus hospedeiros, evitam os pássaros.

O que é certo é que esta investigação pode ajudar a desenvolver um novo repelente natural que, combinado com outras formas de protecção, como redes mosquiteiras, dará um forte contributo na protecção contra a malária.

“Há uma terrível necessidade de identificar novos repelentes de mosquitos a que os insectos tenham menos probabilidades de desenvolver resistências. Usar repelentes naturais e ecológicos relevantes é, provavelmente, melhor opção do que desenvolver novos repelentes sintéticos, onde muitas vezes não sabemos como funcionam”, destaca Ignell ao Live Science.

Em 2015, registaram-se 214 milhões de casos de Malária, 88% dos quais na África sub-sariana, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Não são só os lagartos. Os jacarés também são capazes de regenerar a sua cauda

Os jovens jacarés americanos (Alligator mississippiensis) têm a capacidade de regenerar as suas caudas até 18% do comprimento total do seu corpo, concluiu uma nova investigação da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. "O que …

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …