Freira medieval fingiu a própria morte para escapar do convento

Uma freira da era medieval fingiu a sua própria morte para escapar do convento e aproveitar uma vida de “desejo carnal”.

Tudo aconteceu no século XIV, em Inglaterra. A história é contada através de uma carta encontrada pela arquivista e historiadora Sarah Rees Jones, enquanto investigava os Registos dos Arcebispos de York, que armazenava o trabalho dos arcebispos de 1304 a 1405, como parte de um projeto para tornar o conteúdo dos documentos acessíveis online.

Num acarta datada de 1318, o arcebispo William Melton descrevia um “rumor escandaloso” que ouviu sobre o comportamento de uma freira chamada Joan ao reitor de Beverley, que era responsável por uma área de Yorkshire.

A carta pede a ajuda do reitor para encontrar Joan e exigir que volte ao seu convento em York, disse Rees Jones. “Ela é copiada para os registos dos arcebispos, que são o foco principal do nosso projeto”, acrescentou ela.

Para tentar escapar, Joan aparentemente criou uma espécie de de corpo duplo que as outras freiras enterrariam como se fosse ela própria. “A minha especulação é que usou algo como uma mortalha e a encheu de terra, daí a sua aparência de manequim”, disse Rees Jones. “As pessoas eram normalmente enterradas em mortalhas”.

Quanto ao porquê de Joan estar a fugir, descrito na carta como “luxúria carnal”, Rees Jones só consegue especular.

“Isso pode significar apenas (em termos modernos) do que desfrutar dos prazeres materiais de viver no mundo secular (abandonando o seu voto de pobreza), ou pode significar entrar num relacionamento sexual (abandonando o seu voto de castidade)” explicou Rees Jones. “Sabemos que outras pessoas religiosas abandonaram as suas vocações para casar ou para herdar algum tipo de herança.”

Os registos certamente podem conter outros contos fascinantes. Não só estã pouco estudados, mas os registos descrevem as atividades quotidianas dos arcebispos, que na época tinham vidas interessantes.

“Por um lado, realizaram trabalhos diplomáticos na Europa e em Roma e enfrentaram os VIPs da Idade Média”, disse. “No entanto, também estavam no terreno a resolver disputas entre pessoas comuns, inspecionando priorados e mosteiros e corrigindo os monges e as freiras rebeldes”.

O trabalho devoto também teria sido perigoso, já que a Peste Negra estava a varrer a Europa na época. Os padres eram os que visitavam os doentes e administravam os últimos ritos.

Rees Jones e os seus colegas esperam descobrir mais sobre alguns dos mais atraentes arcebispos, incluindo Melton, que liderou um exército de padres e residentes todos os dias numa batalha para defender a cidade de York dos escoceses em 1319.

Outro arcebispo, Richard le Scrope juntou-se ao chamado Levante do Norte contra Henrique IV, pelo qual foi executado em 1405. Os registos podem revelar as suas motivações para se envolver.

O projeto da Universidade de York para colocar os registos online será executado durante 33 meses em parceria com o The National Archives no Reino Unido

PARTILHAR

RESPONDER

Capital das tempestades, Júpiter tem relâmpagos bizarros e chuva "mole" nunca antes vista

Com tempestades constantemente a devastar a sua superfície e uma Grande Mancha Vermelha que se agita há séculos, Júpiter é conhecido como a "capital das tempestades do Sistema Solar". Agora, a missão Juno, da NASA, …

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …