Freddie Mercury quis que Mary Austin escondesse as suas cinzas (e já se sabe porquê)

Freddie Mercury é um dos ícones inquestionáveis da história da música. A sua maneira de entender o rock, a sua voz e a sua maneira de se mover no palco fizeram dele um dos melhores artistas do século XX.

O enorme sucesso do filme “Bohemian Rhapsody” colocou-o de volta na primeira fila e tudo o que cercou a vida – e morte – do líder dos Queen refressou às manchetes.

Uma das histórias que nos lembra o filme, estrelado por Rami Malek, é o relacionamento peculiar que Freddie teve com Mary Austin até à sua morte. De Amor a principio a amizade fiel até ao fim, a sua relação sempre foi intensa, tanto que Mercury fez dela sua herdeira e foi a única pessoa a quem confessou onde queria que as suas cinzas ficassem após a sua morte.

Este é precisamente um dos grandes mistérios que cercaram o enigmático Mercury. Agora, no rastro do sucesso de “Bohemian Rapsody”, veio à luz mais uma vez o documentário “Freddie Mercury, A História Não Contada”. Feito no ano 2000 por Rudi Dolezaly Hannes Rossacher, traz-nos mais perto da vida do cantor através dos seus parentes mais próximos e amigos.

Durante a entrevista com Mary Austin, conta o jornal ABC, ela revela em detalhe o dia em que Mercury lhe disse – e apenas a ela – quais eram os seus últimos desejos. “Ele disse-me de repente, depois de comer num domingo: Eu sei onde quero que me coloques exatamente, mas não quero que ninguém saiba porque eu não quero ser desenterrado”. Estas foram as suas palavras exatas. “Eu quero descansar em paz”, disse.

As teorias são várias: as cinzas teriam sido espalhadas no jardim japonês da mansão em Londres ou atiradas para um lago suíço onde Freddie ia às vezes em busca de paz.

A resposta concorda com a atitude que Mercury assumiu no último estágio da sua vida, onde a pressão e o peso da fama já pareciam pesar-lhe e ele queria manter a sua privacidade a todo custo.

Como o jornal britânico Express relata, isso reflete-se nos comentários que fez: “No final, todos os erros e desculpas pertencem-me. Gostaria de sentir que estou a ser honesto comigo mesmo. Não quero saber do que as pessoas dizem sobre mim. Não me arrependo de nenhuma das coisas que fiz. Sou só eu”.

Freddie e Mary moraram juntos, como um casal, durante seis anos, mas nunca se casaram. Ele contou-lhe que era gay em 1976, embora Mary tenha declarado que já via um comportamento estranho nele durante dois anos.

Quando o cantor abandonou o apartamento que dividiam já transformado em cantor mundialmente famoso e milionário, comprou para Austin uma casa ali perto e deu-lhe emprego como sua assistente pessoal.

Após a morte de Freddie Mercury em 1991, Austin herdou a casa em que o cantor viveu até à sua morte, um dos maiores num dos bairros mais exclusivos de Londres. Além disso, recebe uma percentagem do sucesso de bilheteira de “Bohemian Rapsody”, que é estimado em cerca de 45 milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. É uma história linda, de tirar o chapéu.
    Gostaria de saber como anda Mary Austin? Se tem novidades recentes? Afinal saber dela é saber muito de Freddie Mercury.

Responder a Rui Cancelar resposta

Portugal foi o país da Europa que mais pagou a agentes de futebol

Em 2019, Portugal foi o país da Europa que mais gastou em comissões a agentes nos processos de venda de jogadores de futebol. Os números são de um relatório FIFA, citado esta quinta-feira pelo Jornal de …

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …

Sarah previu a vitória de Trump em 2016. Agora, alerta para o perigo das redes sociais

Sarah Kendzior, que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2016, diz que as redes sociais podem ser utilizadas como uma arma política. Quando quase todos menosprezavam a corrida eleitoral de Donald Trump …

Marcelo "afasta-se" do encontro entre Pompeo e Netanyahu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu esta quinta-feira que o encontro, que decorre em Lisboa, entre o secretário de estado dos Estados Unidos e o primeiro ministro israelita "é uma realidade que …

Economia portuguesa cresce acima da média europeia

As economias da zona euro e da União Europeia (UE) mantiveram, no terceiro trimestre, o ritmo de crescimento do período homólogo, respetivamente 1,2% e 1,4%, com Portugal a avançar acima da média (1,9%). Segundo revelou o …

Atendimento a sem-abrigo passa a ser feito independentemente da morada

O atendimento de emergência a pessoas sem-abrigo passa a poder ser feito em qualquer centro distrital da Segurança Social, independentemente da morada em que a pessoa está registada ou da existência de um processo familiar, …

Catarina Martins presente na contra-cimeira do clima em Madrid

A coordenadora do BE integra a comitiva bloquista que, na sexta-feira, vai a Madrid para a manifestação da contra-cimeira do clima, enquanto decorre na capital espanhola a cimeira da Organização das Nações Unidas, a COP25. Em …