Em França, livrarias e lojas de discos são agora “comércio essencial”

O decreto de lei do Governo francês, publicado na última sexta-feira, incluiu as livrarias e lojas de discos na lista do chamado “comércio essencial”, podendo permanecer abertas em caso de confinamento.

Em declarações à agência France-Presse, a ministra da Cultura francesa, Roselyne Bachelot, congratulou-se com esta decisão. “As livrarias são comércios essenciais. Nunca tivemos dúvidas sobre isso”, afirmou.

Apesar de terem estado totalmente fechados no primeiro confinamento, a governante lembrou que no segundo estes estabelecimentos já podiam entregar os produtos à porta, quando os clientes optavam por comprar online e escolhiam a opção “click and collect”. Bachelot também destacou que puderam beneficiar da gratuitidade dos portes do correio, o que “permitiu a manutenção da sua atividade”.

Agora, com o novo decreto de lei, explica a cadeia de rádio francesa France Info, as livrarias poderão estar abertas ao fim-de-semana, entre as 06h00 e as 18h00, mesmo com as novas restrições em várias cidades do país devido ao aumento de casos de covid-19.

Anne Martelle, presidente do sindicato das livrarias francesas, disse à rádio estar “muito feliz” com esta decisão do Governo, que era “necessária por dois motivos”.

“Primeiro porque, economicamente, as livrarias são o negócio menos lucrativo em França. Portanto, são negócios extremamente frágeis e a menor das perturbações pode resultar em falência. Segundo porque nas livrarias temos acesso ao conhecimento“, explicou.

Em Portugal, recorde-se, estas lojas continuam encerradas, não podendo sequer vender ao postigo. O Governo autorizou, recentemente, o comércio de livros e de material escolar apenas nos estabelecimentos que comercializam outros bens considerados essenciais, como é o caso de supermercados e hipermercados, mas também de lojas como a Fnac.

Na semana passada, a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) defendeu que “é urgente reabrir as livrarias” e que estas “são, não só pelo peso comercial que têm, a rampa de lançamento determinante para qualquer livro”.

“O nosso desafio não é fechar ou condicionar as livrarias ou outros pontos de venda, antes pelo contrário, é criar condições para que todos possam desenvolver a sua atividade em prol de um objetivo comum, a divulgação da leitura e do livro”, afirmou a APEL.

  Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Livro de estreia de José Saramago publicado em castelhano pela primeira vez

O livro “Terra do Pecado”, que marcou a estreia na ficção de José Saramago, em 1947, vai ser lançado em Espanha na quinta-feira, no que é a primeira vez que a obra está disponível em …

A Citroën concebeu um skate inspirado na mobilidade urbana

O Citroën Skate é uma plataforma de veículos elétricos, totalmente autónoma, que pode ser equipada com diferentes tipos de cápsulas. A plataforma Citroën Skate quer revolucionar o transporte em meio urbano sem que seja necessário um …

Bebeu demais na noite anterior? Não é aconselhado tomar um parecetamol

A combinação de álcool e este tipo de medicação pode sobrecarregar o fígado e provocar danos hepáticos, refere uma especialista. Muitas das vezes cometem-se excessos com o álcool e, tendencialmente, os sintomas de desconforto surgem no …

Portugal 5-0 Luxemburgo | Manita com três de Cristiano

Goleada das grandes. Portugal recebeu o Luxemburgo e não permitiu as mesmas dificuldades do jogo da primeira volta. Aos 17 minutos a formação das “quinas” já vencia por 3-0, com duas grandes penalidades a ajudar, e …

Vantablack. A tinta preta mais preta do mundo já é vendida em peças (que se unem como legos)

Desde a substituição dos ecrãs verdes à pintura dos cenários do teatro, o futuro do entretenimento tem tudo a ver com a Ventablack - a cor preta mais preta do mundo. Nenhuma cor - ou, melhor …

Itália vai exigir passaporte sanitário a todos os trabalhadores a partir de sexta-feira

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, assinou hoje um decreto com as normas sobre a obrigatoriedade de os funcionários públicos exibirem o passe sanitário a partir de 15 de outubro nos locais de trabalho, medida que …

Está criado o primeiro iPhone com entrada USB — pelas mãos de um estudante de robótica

Ken Pillonel é estudante do mestrado em robótica do Swiss Federal Institute e implementou um sistema que daqui a uns meses pode tornar-se regra nos dispositivos da marca da maçã. Numa altura em que a União …

Autópsia revela que Gabby Petito morreu por estrangulamento. Namorado continua desaparecido

A autópsia ao corpo de Gabby Petito revela que a jovem foi estrangulada. O namorado, Brian Laundrie, que a acompanhava na viagem, continua desaparecido. Além de revelarem o motivo da morte da norte-americana, as autoridades também …

F1: piloto do carro médico continua a recusar vacina (e português beneficia)

Alan van der Merwe não esteve no Grande Prémio da Turquia e, provavelmente, não vai estar em mais nenhuma corrida em 2021. Um português foi chamado para o Grande Prémio da Turquia, na Fórmula 1: Bruno …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeita queixosos que queriam processar Vaticano por pedofilia

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) rejeitou esta terça-feira 24 queixosos que já tinham tentado perante tribunais belgas processar o Vaticano por atos de pedofilia cometidos por padres. O TEDH invocou em particular “a imunidade” …