Encontrado fóssil de coruja gigante canibal que viveu há 40 mil anos

(dr) Agencia CTyS-UNLaM

Cientistas da Argentina e do Equador apresentaram, esta segunda-feira, uma nova espécie de coruja gigante que viveu na América do Sul há 40 mil anos.

De acordo com a agência AFP, citada pelo jornal brasileiro Correio do Povo, a nova espécie, batizada Asio ecuadoriensis, tinha aproximadamente 70 centímetros de altura e 1,5 metros de largura.

Os fósseis foram encontrados em explorações realizadas, entre 2009 e 2012, pelo departamento de Biologia da Escola Politécnica Nacional de Quito numa caverna da província de Chimborazo, no centro do Equador, a 2800 metros acima do nível do mar, na chamada Quebrada Chalán.

“Uma das suas particularidades é que, aparentemente, tinha preferência por consumir outras corujas menores”, explicou o paleontólogo do Conselho Nacional de Investigações Científicas e Técnicas (CONICET), Federico Agnolin, e um dos autores do estudo publicado na revista científica Journal of Ornithology.

A nova espécie “consumia especialmente outros tipos de corujas, o que nos mostra que esta coruja gigante era praticamente o que se pode chamar de uma coruja canibal. É uma raridade biológica”, acrescentou o mesmo investigador.

(dr) Agencia CTyS-UNLaM

Tarsometatarso direito da coruja Asio ecuadoriensis e ilustração desta nova espécie realizada pelo paleontólogo Sebastián Rozadilla

Em declarações à agência de divulgação científica da Universidade Nacional La Matanza (CTyS-UNLaM), o investigador do Laboratório de Anatomia Comparada e Evolução dos Vertebrados do Museu Argentino de Ciências Naturais (LACEV-MACN) e do CONICET, Gastón Lo Coco, acrescentou que “as patas desta coruja gigante eram compridas e finas, sendo eficazes na hora de capturar presas difíceis”.

No total, os cientistas encontraram nesta caverna restos de quatro espécies de corujas: a recentemente descoberta e outras três que ainda existem atualmente (Glaucidium sp., Tyto furcata e Athene cunicularia). Apesar de ser a espécie dominante, a A. ecuadoriensis não conseguiu sobreviver até aos nossos dias.

Os cientistas ainda não sabem porque é que esta espécie desapareceu, mas acreditam que a sua extinção poderá estar relacionada com dificuldades de adaptação devido às alterações climáticas.

“Achamos que a mudança climática que ocorreu há cerca de 10 mil anos, quando acabou a Era do Gelo, responsável por parte da extinção dos grandes mamíferos, também foi responsável pela extinção destas grandes aves predadoras, das quais há na atualidade poucas espécies, como as grandes águias das florestas e o condor-dos-andes”, concluiu Agnolin.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Eis o primeiro enxame de (pequenos) buracos negros num aglomerado globular

Uma equipa de cientistas, que esperava encontrar um buraco negro de massa intermédia no coração do aglomerado globular NGC 6397, encontrou, em vez disso, evidências de uma concentração de buracos negros mais pequenos. Por vezes, na ciência, …

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …