Fósseis revelam criatura pré-histórica tão bizarra que parece de outro planeta

Danielle Dufault

A Hallucigenia, uma criatura pré-histórica tão bizarra que parece que veio de outro planeta. Conceito artístico de Danielle Dufault.

Conceito artístico da hallucigenia, uma criatura pré-histórica tão bizarra que parece que veio de outro planeta.

Após a descoberta de novos fósseis no Canadá, os cientistas conseguiram finalmente completar a imagem de um dos animais mais bizarros da natureza.

A Hallucigenia é uma minúscula criatura marinha que viveu há mais de 500 milhões de anos.

Os primeiros fósseis do animal foram descobertos há mais de 100 anos, mas estavam sempre incompletos, sem a cabeça da criatura.

Mas a descoberta recente no Canadá de um conjunto completo de fósseis da criatura revelou pela primeira vez, para surpresa dos investigadores, o estranho rosto da Hallucigenia.

“A sua aparência é totalmente surreal. É como se tivesse vindo de outro planeta“, diz Martin Smith, investigador da Universidade de Cambridge e co-responsável pela investigação.

O estudo, no qual também participaram investigadores do Royal Ontario Museum e da Universidade de Toronto, foi publicado na revista Nature.

Espinhos e garras

A Hallucigenia tem menos de 2 centímetros de comprimento e é mais fina que um fio de cabelo. E, claro, é muito estranha.

Um dos lados do seu corpo em forma de tubo é coberto com vários pares de espinhos, grandes mas flexíveis. Do outro lado do corpo, há garras pegajosas penduradas.

Além disso, as novas descobertas mostraram que a criatura foi desenhada “de pernas para o ar” quando foi descrita pela primeira vez.

“Só recentemente é que descobrimos de que lado ficavam as patas e de que lado eram as costas”, afirma Smith. “Também havia muita confusão sobre o que era a cabeça e o que era cauda.”

Martin R. Smith

Os fósseis encontrados no Canadá têm mais de 500 milhões de anos

Os fósseis encontrados no Canadá têm mais de 500 milhões de anos

Os fósseis recém-descobertos nas Montanhas Rochosas canadianas eram as peças que faltavam neste quebra-cabeças, que tem intrigado os cientistas há mais de 100 anos.

Com os fósseis canadianos, foi possível identificar que a Hallucigenia tinha uma cabeça em forma de colher, além de algumas outras surpresas.

“Quando observámos o fóssil ao microscópio, ficámos encantados por ver não apenas um minúsculo par de olhos, mas também um sorrisinho semicircular, meio descarado“, contou Smith.

“Parecia que o fóssil estava a sorrir para nós, a rir-se dos segredos que esteve a esconder até agora.”

Na boca da criatura, os investigadores encontraram dentes que iam até ao estômago.

Para Xiaoya Ma, investigadora do Museu de História Natural de Londres, esta descoberta vai ajudar a entender os primórdios da evolução, especialmente no período cambriano, de há 542 milhões a 488 milhões de anos atrás.

“Essa descoberta vai ampliar o nosso conhecimentos sobre a evolução primitiva na linha evolucionária que resultou no que hoje conhecemos como vermes-aveludados”, explica Ma

Há indicações de que a hallucigenia será uma forma ancestral do verme-aveludado do filo Onychophora.

Assim, esta descoberta ajuda a esclarecer como é que as criaturas estranhas da pré-história evoluiram para os animais mais “normais” que temos hoje.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …