Desvendado o mistério das formigas que coleccionam crânios das inimigas

Adrian Smith

Exemplar de Formica archboldi, a formiga coleccionadora de crânios da Florida, junto a crânios de Odontomachus

Uma espécie de formigas inofensivas, chamada Formica archboldi, que habita nas florestas da Florida, é afinal um cruel “caçador de cabeças”, que mata formigas maiores com “escarros” ácidos e colecciona os seus crânios nos formigueiros.

Adrian Smith, autor de um novo estudo publicado esta sexta-feira na Insectes Sociaux, desvendou o enigma do comportamento das misteriosas formigas Formica archboldi, que vivem nas florestas da Flórida e noutras regiões dos EUA.

Em 1958, quando as Formica archboldi foram descobertas, os cientistas repararam em algo muito estranho: as redondezas dos formigueiros desta espécie até então desconhecida estavam sempre cobertas de cabeças de temíveis Odontomachus, grandes formigas das quais até as aranhas têm medo.

Ninguém sabia por que havia estes ‘restos mortais’ de Odontomachus nas colónias dos seus modestos primos ruivos”, explica Smith, entomologista da Universidade da Carolina do Norte, em Raleigh, nos EUA.

As formigas e outras espécies de animais sociais, tais como as abelhas e térmitas, surgiram ainda nos tempos dos dinossauros, e têm construído, ao longo das últimas centenas de milhões de anos de evolução, vários modos de vida – alguns dos quais bastante extravagantes.

Por exemplo, há formigas que cultivam há milhões de anos os mesmos cogumelos para comer. Alguns dos seus primos da Amazónia, por seu lado, abandonaram completamente as habituais colónias permanentes e passaram ao modo de vida nómada.

Inicialmente, Adrian Smith estava interessado nos sinais químicos usados por estas formigas para comunicar. O cientista descobriu que as Formica archboldi emitiam um conjunto de cheiros completamente diferente em comparação com outras representantes da espécie Formica.

Na maior parte dos casos, percebeu Smith, as feromonas das Formica archboldi eram parecidas com as das enormes Odontomachus, cujos crânios se encontravam armazenados nos formigueiros das primeiras. É uma coincidência estranha, do ponto de vista da evolução.

Normalmente, os insectos usam sinais para distinguir os membros da sua espécie, mas não tentam assemelhar a outros – excluindo, claro, as espécies parasitas. Além disso, as Odontomachus são consideradas predadores perigosas, pelo que seria mais lógico evitar encontros com elas.

Este dado levou Smith à ideia paradoxal de que as Formica archboldi poderiam caçar de propósito as suas temíveis primas gigantes, usando o seu cheiro como “camuflagem”. Então, os crânios deveriam ser não “decoração” casual das colónias de formigas ruivas, mas vestígios das suas “refeições”.

Para comprovar a sua teoria, Smith apanhou várias Odontomachus, colocou-as nas colónias de Formica archboldi, e descobriu a arma mortífera das “caçadoras”. As Formica matam as suas primas gigantes atirando-lhes jactos ácidos.

Um só “disparo” de ácido é suficiente para causar sérios traumas à Odontomachus, explica Smith. Em 70% dos casos, a predadora gigante fica paralisada — tornando-se presa fácil para a sua prima ruiva. Depois disso, o autor do “disparo” leva a sua vítima para a colónia, onde no dia seguinte é devorada pelos seus habitantes.

O que é interessante é que as espécias mais próximas da Formica archboldi não se comportam da mesma forma, apesar de a sua acidez também poder provocar a paralisia das Odontomachus.

Isso parece indicar que as formigas das florestas da Flórida evoluíram — de insetcos omnívoros para “caçadores de cabeças” especializados em devorar um dos mais perigosos invertebrados da floresta.

PARTILHAR

RESPONDER

Asteroide potencialmente perigoso passou muito próximo da Terra — esteve ainda mais perto do que a Lua

Esta quinta-feira, o asteroide RJ53 passou pela Terra — e esteve ainda mais próximo do que a Lua. Ainda este mês, dois asteroides irão passar pelo nosso planeta. Esta quinta-feira, o asteroide 2010 RJ53, passou pela …

Novas imagens revelam detalhes sobre a origem do asteroide “osso de cão”

Uma equipa de astrónomos obteve as imagens mais nítidas e detalhadas de sempre do asteroide Cleópatra, conseguindo pistas de como este corpo celeste, parecido a um osso de um cão, e as suas duas luas …

Durante 300 anos, pintura de Vermeer teve um segredo escondido à vista de todos

O quadro do artista holandês Johannes Vermeer, pintado entre 1657 e 1659, teve um elemento escondido durante cerca de 300 anos. Durante cerca de três séculos, a "Rapariga a Ler uma Carta à Janela", do pintor …

A maior central do mundo para extrair CO2 do ar começou a funcionar na Islândia

A Orca, uma instalação construída pela empresa Climeworks na Islândia, começou a funcionar esta quarta-feira e vai capturar quatro mil toneladas métricas de dióxido de carbono por ano. De acordo com o jornal Washington Post, a …

O restaurante com o prato mais barato do Guia Michelin perdeu a sua estrela

A barraca de comida ambulante em Singapura, que depois se transformou num franchising após ter conseguido uma estrela Michelin, acaba de perder o que lhe deu fama. Hawker Chan, fundada pelo singapurense Chan Hong Meng, ficou …

Papa enviou 15 mil gelados aos presos de Roma (para os ajudar a fazer frente ao calor)

Recentemente, o Papa Francisco enviou 15 mil gelados à comunidade prisional de Roma, para ajudar os presos a refrescarem-se durante aquele que está a ser um dos verões mais quentes de Itália. Segundo o jornal The …

Empresário chinês condenado a 2 anos de prisão por exportar tecnologia marítima dos EUA para a China

Um empresário chinês foi condenado na quarta-feira a dois anos de prisão após admitir que exportou ilegalmente dos Estados Unidos (EUA) tecnologia marinha de guerra para benefício de uma universidade militar chinesa. Shuren Qin, fundador de …

DGS vai deixar de recomendar utilização universal de máscaras no exterior

A Direção-Geral da Saúde (DGS) esclareceu, esta quinta-feira, que o uso de máscaras no exterior passa a ser facultativo, com exceções de situações que reúnam aglomerados de pessoas em que passa a ser recomendada. "A Orientação …

Rússia quer tornar Rota do Mar do Norte "navegável todo o ano" para competir com canal de Suez

A Rússia investirá 274 mil milhões de rublos (3,1 mil milhões de euros) para tornar a Rota do Mar do Norte, que liga o Oceano Pacífico ao Atlântico através das águas russas do Ártico, navegável …

Sem discursos nem mísseis, Coreia do Norte celebrou a sua fundação de forma "discreta"

A Coreia do Norte realizou, esta quinta-feira, um desfile militar pelo 73.º aniversário da sua fundação, um evento mais discreto em comparação com outras ocasiões. O desfile, realizado na madrugada de quarta para quinta-feira, ocorreu quando …