Maior fogo da história da Califórnia só fica sob controlo em setembro

Alan Simmons / EPA

Os bombeiros da Califórnia disseram pela primeira vez, esta quarta-feira, que fizeram bons progressos no combate ao maior fogo florestal na história do estado, mas que só esperam tê-lo sob controlo em setembro.

O incêndio, que lavra a norte de São Francisco, cresceu para o tamanho da cidade de Los Angeles desde que começou há duas semanas, alimentado pela vegetação seca, por ventos fortes e por um terreno acidentado, que torna perigoso o ataque direto dos bombeiros às chamas, espalhadas por 1.217 quilómetros quadrados.

Os bombeiros conseguiram conter cerca de metade das frentes do fogo, afirmou o Departamento da Floresta e Proteção de Fogo da Califórnia (Cal Fire). O fogo, que evolui a 160 quilómetros a norte de São Francisco, já destruiu 116 casas e feriu 2 bombeiros.

A Califórnia está a assistir à mais prematura, prolongada e destrutiva época de incêndios, devido à seca, ao tempo quente, atribuído às alterações climáticas, e à crescente construção de casas cada vez mais no interior da floresta.

O chefe de batalhão do Cal Fire, Jonathan Cox, disse que a área é caracterizada por possuir poucas barreiras naturais para diminuir o avanço do fogo e por um terreno que impede a ação dos bombeiros. Assim, os bombeiros recuam para a estrada, o rio, o monte, que esteja mais próximo, onde empregam os ‘bulldozers’ para limparem o terreno e esperarem pelo fogo.

As autoridades admitem que esta venha a ser a pior época de incêndios que a Califórnia já viveu até agora, uma vez que os meses historicamente mais perigosos ainda estão por chegar.

A combater os fogos estão 14 mil efetivos, provenientes de todo o Estado e liderados pelo Cal Fire. Esta entidade emprega 5.300 efetivos a tempo inteiro e recorre a mais 1.700 na época dos fogos. Estes incluem presos, que são formados, e bombeiros que vêm de 17 Estados e do estrangeiro.

Estes efetivos têm ao dispor mais de mil veículos, 59 máquinas de rasto, 22 tanques aéreos, 17 aviões, 12 helicópteros e 11 cozinhas móveis.

A combater o fogo estão 1.916 presos. A Cal Fire treina detidos, em situação de segurança mínima, a quem paga um dólar por hora quando estão no terreno, ou dois dólares por dia quando não estão em serviço.

Estes detidos também beneficiam de redução da sentença por cada dia a combater o fogo. Fazem um trabalho semelhante ao de qualquer bombeiro, trabalhando longas horas e dormindo em tendas com outros detidos.

A maioria está na linha da frente, usando serras e ferramentas manuais para remover a vegetação facilmente incendiável, de forma a impedir o avanço das chamas.

O Cal Fire conta ainda com a colaboração de 53 bombeiros recém-chegados da Austrália e Nova Zelândia, enquanto 200 soldados estão a receber formação de combate a incêndios, devendo ser deslocados para a Califórnia na próxima semana.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A cura para todos os tipos de cancro pode estar no nosso sistema imunitário

Em laboratório, uma equipa de cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, conseguiu usar células do nosso próprio corpo para matar células cancerígenas. O nosso sistema imunitário é a defesa natural do nosso organismo contra …

Foi um asteróide (e nada mais do que um asteróide) que dizimou os dinossauros

Uma equipa internacional de cientistas acaba de reafirmar que foi um asteróide - e nada mais do que este corpo rochoso - que dizimou os dinossauros da face da Terra há cerca de 66 milhões …

Descoberta classe de objetos bizarros perto do enorme buraco negro da Via Láctea

Astrónomos da Iniciativa Órbitas do Centro Galáctico da UCLA (Universidade da Califórnia) descobriram uma nova classe de objetos bizarros no centro da Via Láctea, não muito longe do buraco negro supermassivo chamado Sagitário A*. "Estes objetos …

David Lynch lança curta-metragem no Netflix em dia de aniversário

O realizador norte-americano lançou no Netflix, esta segunda-feira, uma curta-metragem de 17 minutos. David Lynch lançou, esta segunda-feira, no dia do seu 74.º aniversário, uma curta-metragem de 17 minutos no Netflix, escreve o jornal Público. "What Did …

Dois homens confessam ter roubado (e depois devolvido) quadro de Klimt

A dupla de assaltantes disse que tinha roubado a pintura, em fevereiro de 1997, e que a devolveu "como um presente para a cidade". Dois homens confessaram ter roubado, e logo depois devolvido, a pintura de …

Ozzy Osbourne revela que tem Parkinson

O músico britânico, de 71 anos, revelou, esta terça-feira, que foi diagnosticado com a doença de Parkinson. De acordo com o The Guardian, Ozzy Osbourne fez esta revelação durante uma entrevista no programa Good Morning America, …

Jorja Smith regressa ao NOS Alive em 2020

A cantora britânica é a mais recente confirmação do NOS Alive 2020. O Passeio Marítimo de Algés volta assim a receber Jorja Smith pelo segundo ano consecutivo. “A artista que fez história com um dos concertos …

Confirmada a autenticidade de um raro auto-retrato de Van Gogh

Os principais especialistas holandeses da obra de Van Gogh concluíram que um auto-retrato de 1889 foi realmente pintado pelo artista. A notícia é avançada pelo jornal local holandês Dutch News, que recorda que a autenticidade desta …

Serviço de streaming Disney+ chega a Portugal no verão

O serviço de streaming da Disney chega à Europa a 24 de março. Reino Unido, Irlanda, França, Alemanha, Itália, Espanha, Áustria e Suíça serão os primeiros países a receber o Disney+. Em Portugal, a plataforma …

Tal como os cães, lobos bebés também brincam ao "busca" (e surpreendem os cientistas)

Brincar ao "busca" com o seu cão não é tão fácil como parece. É uma habilidade tão avançada que muitos cientistas acreditam que só terá aparecido após milhares de anos de domesticação. No entanto, isto pode …