Floresta fóssil no Peru guarda segredos sobre a história da América do Sul

NPS / GIP Mariah Slovacek

Reconstrução artística do El Bosque Petrificado Piedra Chamana, em Sexi, no Peru.

Nas colinas fora da pequena aldeia de Sexi, Peru, uma floresta fóssil guarda segredos sobre os últimos milhões de anos da América do Sul.

Quando os investigadores visitaram as árvores petrificadas pela primeira vez, há mais de 20 anos, não se sabia muito sobre a sua idade ou como foram preservadas.

Eles começaram a datar as rochas e a estudar os processos vulcânicos que preservaram os fósseis. A partir daí, começaram a reconstituir a história da floresta, a partir do dia, há 39 milhões de anos, quando um vulcão entrou em erupção no norte do Peru.

A cinza choveu na floresta naquele dia, arrancando as folhas das árvores. De seguida, as árvores caíram e foram levadas como troncos num rio pela lava para a área onde foram enterrados e preservados. Milhões de anos depois, as rochas foram expostas às forças da erosão, e as madeiras e folhas fósseis viram novamente a luz do dia.

Esta floresta petrificada, El Bosque Perificado Piedra Chamana, é a primeira floresta fóssil dos trópicos da América do Sul a ser estudada em detalhe. Está a ajudar paleontólogos a compreender a história das florestas megadiversas dos trópicos do Novo Mundo e os anteriores climas e ambientes da América do Sul.

Examinando finas fatias de madeira petrificada sob microscópios, os investigadores foram capazes de mapear a mistura de árvores que floresciam lá muito antes da existência dos humanos.

Os autores consultaram estudos anteriores e usaram informações de bancos de dados para descobrir quais tipos de árvores estavam presentes.

Pistas nas madeiras e nas folhas

Muitas das árvores fósseis têm parentes próximos nas atuais florestas tropicais da América do Sul.

A descoberta de várias árvores com raízes grossas que sustentam a planta no ar foi mais uma evidência de que a floresta estava a crescer numa altitude baixa perto do mar antes de os Andes se erguerem, por exemplo.

As folhas fósseis que encontraram forneceram outra pista para o passado. Todas tinham bordas lisas, ao invés das bordas dentadas ou lóbulos que são mais comuns nos climas mais frios das latitudes médias a altas, indicando que a floresta teve condições bastante quentes. Sabemos que a floresta estava a crescer numa época do passado geológico em que a Terra era muito mais quente do que hoje.

Embora existam muitas semelhanças entre a floresta petrificada e as florestas amazónicas atuais, algumas das árvores fósseis têm características anatómicas incomuns nos trópicos sul-americanos. Uma é uma espécie de Dipterocarpaceae, um grupo que tem apenas um outro representante na América do Sul, mas que é comum hoje nas florestas tropicais do sul da Ásia.

Uma artista deu vida à floresta

O conceito dos investigadores de como era esta floresta antiga expandiu-se quando tiveram a oportunidade de colaborar com uma artista no Colorado, Estados Unidos, para reconstruir a floresta e a paisagem.

Trabalhar com a artista Mariah Slovacek, que também é paleontóloga, fez os autores pensarem criticamente sobre muitas coisas: como seria a floresta? As árvores eram de folha persistente ou caduca? Quais eram altas e quais eram mais baixas? Qual seria a aparência delas em flor ou fruto?

Os cientistas sabiam, por meio da sua investigação, que muitas das árvores fósseis provavelmente cresceram num riacho ou local de floresta inundada, mas e quanto à vegetação que cresce ao redor dos cursos de água em terrenos mais elevados? As colinas teriam sido cobertas por florestas ou suportadas por vegetação adaptada à seca?

Mariah investigou os parentes atuais das árvores que os autores identificaram em busca de pistas de como elas poderiam ser, como seria a sua forma e a cor das suas flores ou frutos.

Com esta informação, Mariah foi capaz de povoar a antiga floresta. O resultado é uma exuberante floresta à beira-mar com altas árvores floridas. Você quase pode imaginar que estava lá no mundo de há 39 milhões de anos.

PARTILHAR

RESPONDER

"Blá blá blá". Greta Thunberg acusa líderes mundiais de não cumprirem com as promessas climáticas

Ativista considera que os anúncios feitos pelos líderes mundiais não passam de bonitas intenções que, na prática, não se traduzem em ações com verdadeiro impacto na luta contra as alterações climáticas. Greta Thunberg acusou os líderes …

Mulher com síndrome de Down perde ação judicial contra a lei do aborto no Reino Unido

Na semana passada, uma mulher com síndrome de Down perdeu uma ação judicial contra o governo britânico por causa de uma lei que permite o aborto até ao fim da gestação de fetos que poderão …

Tribunal condena corticeira da Feira por despedir trabalhadora que denunciou assédio

A corticeira Fernando Couto foi condenada pelo Tribunal da Feira a pagar uma coima de cerca de 11 mil euros por ter despedido a operária Cristina Tavares, após esta ter denunciado ser vítima de assédio …

Dupla de cientistas apresenta uma nova abordagem para reciclar plástico

Um novo estudo oferece uma abordagem totalmente nova para reciclar plástico, tendo sido inspirada na forma como a natureza naturalmente "recicla" os componentes dos polímeros orgânicos presentes no ambiente. As proteínas são um dos principais compostos …

Edição de 2021 da Web Summit recebe 40 mil participantes. Moedas como presidente não será problema

Evento, que se realiza entre 1 e 4 de Novembro, volta a decorrer em formato presencial depois de em 2020 a pandemia ter transferido as atividades para o ambiente digital. O presidente executivo da Web Summit, …

Alunos carenciados com desempenho inferior aos dos mais favorecidos

Mesmo tendo acesso a meios digitais, o desempenho dos alunos carenciados foi sempre “inferior” aos dos seus colegas oriundos de meios mais favorecidos.  Segundo noticia o Público, esta é uma das principais conclusões a que chegou …

José Rendeiro condenado a três anos e seis meses de prisão efetiva

Embaixador jubilado Júlio Mascarenhas acusa o BPP de o ter convencido a investir num produto com juros e capital garantido num momento em que o banco já atravessava sérias dificuldades. O antigo presidente do Banco Privado …

Cantor R. Kelly declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual

O cantor norte-americano R. Kelly foi esta segunda-feira declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual, após um julgamento em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA), que decorreu durante seis semanas, no qual …

"A FIFA engloba 211 países e 133 nunca estiveram num Mundial"

Arsène Wenger apresenta argumentos para defender a realização de um campeonato do mundo de dois em dois anos. O novo calendário FIFA continua a originar reacções e entrevistas. Arsène Wenger falou sobre as propostas - a …

Responsáveis do Lar do Comércio acusados por 67 crimes de maus tratos

O Ministério Público (MP) imputou 67 crimes de maus tratos, 17 deles agravados por resultarem em morte, a um ex-presidente e a uma diretora de serviços do Lar do Comércio, em Matosinhos. Num processo em que …