Floresta fóssil no Peru guarda segredos sobre a história da América do Sul

NPS / GIP Mariah Slovacek

Reconstrução artística do El Bosque Petrificado Piedra Chamana, em Sexi, no Peru.

Nas colinas fora da pequena aldeia de Sexi, Peru, uma floresta fóssil guarda segredos sobre os últimos milhões de anos da América do Sul.

Quando os investigadores visitaram as árvores petrificadas pela primeira vez, há mais de 20 anos, não se sabia muito sobre a sua idade ou como foram preservadas.

Eles começaram a datar as rochas e a estudar os processos vulcânicos que preservaram os fósseis. A partir daí, começaram a reconstituir a história da floresta, a partir do dia, há 39 milhões de anos, quando um vulcão entrou em erupção no norte do Peru.

A cinza choveu na floresta naquele dia, arrancando as folhas das árvores. De seguida, as árvores caíram e foram levadas como troncos num rio pela lava para a área onde foram enterrados e preservados. Milhões de anos depois, as rochas foram expostas às forças da erosão, e as madeiras e folhas fósseis viram novamente a luz do dia.

Esta floresta petrificada, El Bosque Perificado Piedra Chamana, é a primeira floresta fóssil dos trópicos da América do Sul a ser estudada em detalhe. Está a ajudar paleontólogos a compreender a história das florestas megadiversas dos trópicos do Novo Mundo e os anteriores climas e ambientes da América do Sul.

Examinando finas fatias de madeira petrificada sob microscópios, os investigadores foram capazes de mapear a mistura de árvores que floresciam lá muito antes da existência dos humanos.

Os autores consultaram estudos anteriores e usaram informações de bancos de dados para descobrir quais tipos de árvores estavam presentes.

Pistas nas madeiras e nas folhas

Muitas das árvores fósseis têm parentes próximos nas atuais florestas tropicais da América do Sul.

A descoberta de várias árvores com raízes grossas que sustentam a planta no ar foi mais uma evidência de que a floresta estava a crescer numa altitude baixa perto do mar antes de os Andes se erguerem, por exemplo.

As folhas fósseis que encontraram forneceram outra pista para o passado. Todas tinham bordas lisas, ao invés das bordas dentadas ou lóbulos que são mais comuns nos climas mais frios das latitudes médias a altas, indicando que a floresta teve condições bastante quentes. Sabemos que a floresta estava a crescer numa época do passado geológico em que a Terra era muito mais quente do que hoje.

Embora existam muitas semelhanças entre a floresta petrificada e as florestas amazónicas atuais, algumas das árvores fósseis têm características anatómicas incomuns nos trópicos sul-americanos. Uma é uma espécie de Dipterocarpaceae, um grupo que tem apenas um outro representante na América do Sul, mas que é comum hoje nas florestas tropicais do sul da Ásia.

Uma artista deu vida à floresta

O conceito dos investigadores de como era esta floresta antiga expandiu-se quando tiveram a oportunidade de colaborar com uma artista no Colorado, Estados Unidos, para reconstruir a floresta e a paisagem.

Trabalhar com a artista Mariah Slovacek, que também é paleontóloga, fez os autores pensarem criticamente sobre muitas coisas: como seria a floresta? As árvores eram de folha persistente ou caduca? Quais eram altas e quais eram mais baixas? Qual seria a aparência delas em flor ou fruto?

Os cientistas sabiam, por meio da sua investigação, que muitas das árvores fósseis provavelmente cresceram num riacho ou local de floresta inundada, mas e quanto à vegetação que cresce ao redor dos cursos de água em terrenos mais elevados? As colinas teriam sido cobertas por florestas ou suportadas por vegetação adaptada à seca?

Mariah investigou os parentes atuais das árvores que os autores identificaram em busca de pistas de como elas poderiam ser, como seria a sua forma e a cor das suas flores ou frutos.

Com esta informação, Mariah foi capaz de povoar a antiga floresta. O resultado é uma exuberante floresta à beira-mar com altas árvores floridas. Você quase pode imaginar que estava lá no mundo de há 39 milhões de anos.

PARTILHAR

RESPONDER

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …

ARS Norte conta avançar com recuperação de consultas em atraso ainda este mês

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte conta avançar durante este mês com o programa especial de incentivos financeiros para recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP), propondo-se recuperar metade da …

Cristiano Ronaldo no Euro 2020

"Rei do Euro". Ronaldo fez história na Hungria (e ainda vai durar "mais uns 3 aninhos")

Cristiano Ronaldo marcou dois dos golos de Portugal na vitória frente à Hungria por 3-0, na estreia da Selecção no Euro 2020, e tornou-se no melhor marcador de sempre dos Campeonatos Europeus de futebol. Aos …

"Insultos são a arma dos fracos". Ministro defende lei das minas e lança farpas a Catarina Martins

Matos Fernandes defende acerrimamente o novo decreto lei da exploração mineira e lança farpas a Catarina Martins, que o criticou: "Insultos são a arma dos fracos". No domingo, o Bloco de Esquerda anunciou que ia pedir …