Florentino mandou carta a Pinto da Costa a desculpar-se pelos áudios polémicos

3

(dr) FC Porto

Após ter sido “apanhado” a acusar Pinto da Costa de estar envolvido num alegado esquema para desvio de dinheiro de transferências, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, enviou uma carta ao homólogo do FC Porto a notar que a gravação foi “ilegal” e “manipulada”.

É o próprio FC Porto que revela a carta enviada por Florentino Pérez, salientando que o líder do Real Madrid “reafirma a completa transparência de todos os negócios de transferências de jogadores realizados nos últimos anos” entre os dois clubes.

Assim, Florentino começa por notar que a gravação foi feita “de forma ilícita e ilegal” por um jornalista. Além disso, alega que “foi publicada por um meio de comunicação de maneira descontextualizada e absolutamente manipulada“.

“Todos os processos de negociação em que participaram os nossos clubes, com a intervenção do Senhor Jorge Mendes em alguns deles, foram levados a cabo com máxima honestidade e transparência“, destaca ainda Florentino.

“Foi sempre assim graças à sua seriedade e profissionalismo como presidente de um clube tão prestigiado e amigo, e à do Senhor Jorge Mendes nas negociações em que interveio”, acrescenta o presidente do Real Madrid.

A terminar, Florentino refere que está “convencido” de que tanto a “amizade pessoal” com Pinto da Costa, “como a magnífica relação institucional” entre Real Madrid e FC Porto “estão acima destas manipulações”.

O dirigente espanhol também nota que colocou o caso “nas mãos dos [seus] advogados”.

Carta de Florentino a Pinto da Costa

Carta de Florentino Pèrez a Pinto da Costa divulgada pelo FC Porto.

  ZAP //

3 Comments

  1. Isto deve andar por aí uns copitos a mais! Será que o Pinto da Costa tenha enviado para Madrid algumas garrafas de um bom Porto?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.