Físicos russos e americanos criaram um supercomputador com 51 bits quânticos

UNSW Engineering

Cientistas norte-americanos e russos da Universidade de Harvard, nos EUA, conseguiram criar e testar o primeiro computador quântico do mundo com 51 bits quânticos.

Este dispositivo é o sistema computacional mais complexo do género, disse o professor da Universidade de Harvard e co-fundador do Centro Quântico da Rússia, Mikhail Lukin.

O físico anunciou este êxito durante a conferência internacional sobre tecnologias quânticas ICQT-2017 que está a ser realizada em Moscou. Este resultado alcançado faz com que o grupo de Lukin seja líder na corrida para criar um computador quântico genuíno, na qual participam físicos de todo o mundo.

Os computadores quânticos são aparelhos de computação cuja capacidade aumenta exponencialmente graças ao uso de princípios de mecânica quântica no seu funcionamento. Essas máquinas não operam com bits “normais”, mas com qubits — ou “bits quânticos” – células de memória e ao mesmo tempo módulos de computação que são capazes de guardar um espectro de valores entre 1 e 0.

Cientistas escrevem código quântico num chip de silício pela primeira vez em 2015. Há  duas aproximações principais no desenvolvimento destes dispositivos – a abordagem clássica e a adiabática. Os apoiantes da primeira aproximação pretendem criar um computador quântico universal, onde os bits quânticos trabalhem como meios de computação habituais.

O trabalho com tais aparelhos não se distingue muito do trabalho dos computadores comuns, apesar da diferença em capacidades. Já um computador adiabático é mais fácil de criar, mas é mais parecido com os computadores analógicos do início do século XX.

No ano passado, vários grupos de cientistas dos EUA, da Austrália e de países europeus declararam que estão perto de criar um computador quântico genuíno.

O grupo de John Martinis, da empresa Google, era considerado o líder nesta corrida informal, porque tem desenvolvido uma variante híbrida de um computador quântico que combina os elementos da aproximação analógica e digital.

Lukin e seus homólogos da Universidade de Harvard e do Centro Quântico da Rússia conseguiram ultrapassar o grupo de Martinis, que está a elaborar um computador quântico com 22 bits quânticos. Para tal, o grupo de Lukin tem usado os exóticos “átomos frios”, em vez dos supercondutores que o grupo da Google utiliza.

Com o aparelho desenvolvido, o grupo de Lukin já resolveu várias de tarefas físicas que são muito complicadas para os supercomputadores habituais.

Os cálculos realizados pelos especialistas com o novo computador quântico também foram verificados em vários supercomputadores comuns. Os resultados coincidiram, em geral, o que provou que o sistema de 51 bits quânticos resulta.

No futuro, os cientistas pretendem continuar a realizar experiências com o novo supercomputador e, segundo Lukin, o grupo pode lançar o famoso algoritmo de Shor no aparelho, que permitirá hackear a maioria dos sistemas de encriptação que existem com base no algoritmo RSA –  o método de criptografia mais utilizado no mundo.

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrado o estaleiro mais antigo do mundo. Estava afundado na costa de Inglaterra

https://vimeo.com/355759312 Arqueólogos descobriram uma estrutura de madeira com 8.000 anos de idade — que será o local de construção de barcos mais antigo do mundo. A arquitetura estava particularmente bem preservada considerando o facto de estar 11 …

Astrónomos treinam IA para encontrar antigas colisões de galáxias

Há luzes brilhantes em todo o Universo que representam as colisões de galáxias. Os astrónomos encontraram agora uma nova forma de as encontrar. Há luzes brilhantes em todo o Universo que representam as colisões de galáxias. …

Inteligência Artificial está a reviver jogos de tabuleiro ancestrais

A Inteligência Artificial consegue descobrir, com um grande grau de precisão, o conjunto de regras de vários jogos de tabuleiro ancestrais. Jogos de tabuleiro com centenas de anos são, por vezes, encontrados em escavações arqueológicas. Sem …

Panteras da Flórida estão a agir como se tivessem sido envenenadas (e os cientistas não sabem porquê)

Algumas panteras da Flórida, nos Estados Unidos, estão a ter um comportamento estranho ao andar, quase como se tivessem sido envenenadas. Os cientistas ainda não conseguiram perceber porquê. De acordo com o Washington Post, pelo menos …

SL Benfica 0-2 FC Porto | "Dragão" astuto arranca triunfo na Luz

O FC Porto foi ao Estádio da Luz vencer o “clássico” por 2-0 e recuperar a desvantagem de três pontos que tinha no campeonato. Com uma estratégia muito bem montada, baseada numa grande pressão sobre o …

Câmaras de Inteligência Artificial podem ser a solução para evitar tiroteios

Câmaras de videovigilância com Inteligência Artificial podem ser a solução para pôr um fim aos tiroteios. Esta tecnologia é capaz de detetar armas de fogo e avisar logo de seguida as autoridades. Com as dificuldades em …

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …