Físicos descobriram o truque para fazer a bola de sabão perfeita

Toda a gente gosta de bolas de sabão, independentemente da idade que tenha. E quando maior, melhor. Porém, fazer bolas de sabão gigantes não é fácil e, por isso, os físicos descobriram o truque para o conseguir.

Cientistas da Universidade Emory descobriram o segredo para fazer bolas de sabão muito grandes, tendo conseguido criar bolas de quase seis metros de diâmetro com uma mistura otimizada de fios de polímero de diferentes comprimentos.

A tensão superficial é o que leva uma bola de sabão a tornar-se uma esfera e, mesmo para uma bola de gás dentro de um líquido, a bola ainda possui uma membrana invisível. As bolas de sabão no ar parecem delicadas, mas têm uma membrana que possui dimensão e substância próprias, mesmo que seja quase indetetável ao toque humano.

De acordo com o estudo publicado em janeiro na revista científica Physical Review Fluids, Justin Burton e os seus colegas mergulharam na grande comunidade online de pessoas que comparam receitas para as melhores e maiores bolas de sabão.

A equipa descobriu que as melhores receitas tinham diferentes tipos de polímeros, seja na forma de algo acessível como pó de goma de guar ou mesmo um lubrificante industrial. Quando misturados, os polímeros enredam-se, criando correntes mais longas e mais fortes que podem ser esticadas sem rasgar instantaneamente, produzindo bolas que duram mais tempo e podem ser preenchidas em proporções gigantescas.

Os investigadores também descobriram que a variação dos comprimentos das cadeias poliméricas aumentava a tendência de se enroscarem, o que ajuda a garantir que cada lote misturado consiga produzir de forma confiável as desejadas bolas de grandes dimensões.

Assim, de acordo com o Gizmodo, os cientistas chegaram à seguinte receita: começar por adicionar meia colher de chá de guar em pó a três colheres de sopa de álcool e misturar até que todos os pedaços desapareçam. Depois, adicionar a mistura a dois litros de água e misturar durante cerca de 10 minutos. Em seguida, deixar a mistura descansar durante alguns minutos. Por fim, colocar meia colher de chá de fermento em pó, adicionar três colheres de sopa de detergente e agitar com cuidado para garantir que não seja criada espuma.

Os investigadores também sugerem o uso de cordão fibroso ou corda na varinha das bolas de sabão, o que garante que a mistura de sabão seja facilmente absorvida, criando uma conexão ininterrupta entre a membrana fino e a corda, aumentando ainda mais as probabilidades de fazer bolas gigantes sem que rebentem instantaneamente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas captam atmosfera de um extraordinário exoplaneta que não deveria existir

Uma equipa de cientistas da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, captou a atmosfera de um exoplaneta "que não deveria existir" ao analisar dados do telescópio TESS da agência espacial norte-americana (NASA). O planeta em causa …

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …