Físicos conseguiram criar o primeiro cristal do tempo

JanDerChemiker / Wikimedia

-

Cientistas dos EUA conseguiram construir um cristal do tempo que funciona, algo que nunca tinha sido observado na prática.

Simplisticamente, um cristal do tempo é um objeto que parece ter movimento enquanto está no seu estado fundamental, o estado de mais baixa energia. A ideia foi proposta em 2012 por Frank Wilczek, Nobel da Física em 2004, mas desde então o cristal só permaneceu possível na teoria.

A experiência dos investigadores da Universidade de Maryland (EUA) envolveu a criação de um sistema quântico, onde um grupo de iões forma uma estrutura em forma de anel no seu estado fundamental.

Para observar a movimentação, os investigadores usaram um sistema que muda com o tempo. Eles usaram iões de itérbio, prendendo-os num estado fora do equilíbrio que os mantinham num determinado local, com spins a interagir entre si. Em seguida, um laser foi usado para mudar o spin de alguns iões, criando oscilações contínuas.

Os resultados foram surpreendentes: depois de observar e permitir que o sistema quântico se desenvolvesse, as interações contínuas estavam a acontecer com o dobro da frequência original.

Uma vez que não havia nenhuma força em ação naquele período, a única explicação é que a simetria de translação do tempo foi quebrada, permitindo esses períodos mais longos. Por outras palavras, eles criaram um cristal do tempo.

O curioso sobre o cristal do tempo é que este não consome energia para produzir movimento, mas também não produz nenhuma energia. Não é possível extrair energia dessa movimentação, já que qualquer perturbação interromperia esse movimento.

A experiência, publicada no arXiv, precisa ainda ser reproduzida por outros laboratórios para confirmar a reprodutibilidade da pesquisa, mas ainda assim é notável que, em pouco anos, algo que parecia impossível passou a ser provável de acordo com a teoria e agora foi comprovado na prática.

Os cristais do tempo podem ser úteis no problema da memória quântica, impulsionando a pesquisa com computadores quânticos.

HypeScience

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Algo tem de evoluir, até a terminologia.
    Cristal do tempo, faz o “spin” entre um “cluster” de iões, está provado, mas não produz energia.
    Moto continuo foi procurado exaustivamente desde há mais de 60 anos, mas mesmo as máquinas que aparentemente conseguiam ter vida ela resume-se a meses ou anos pois sempre havia uma razão externa para parar. Nunca delas então, tal como agora, foi possível extrair um nano-watt de energia. Mesmo a cold fusion nunca foi, para além de caça metais, uma miragem cientifica.
    Mas devemos encorajar todos aqueles que de forma séria buscam obter energia do “nada”.

    • Não me parece que fosse intenção produzir energia do nada.
      Se for verdade, teremos uma célula de memória autoalimentada para usar nos computadores ópticos.

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …