Filipinas declaram surto de dengue como epidemia nacional

Frank Hadley Collins / Sanofi Pasteur / Flickr

Fêmea de Aedes aegypti, mosquito que pode transmitir três doenças: zika, dengue e chikungunya

O Governo das Filipinas anunciou hoje que a febre de dengue se tornou uma epidemia nacional devido à rápida disseminação da doença em diferentes regiões, contabilizando-se já 622 mortes desde o início do ano.

Desde o primeiro dia do ano e até 20 de julho foram registados 146.062 casos, o dobro dos registados no mesmo período do ano passado, segundo dados oficiais divulgados após uma reunião de emergência entre todas as agências governamentais envolvidas na contenção da epidemia.

É importante que seja declarada uma epidemia nacional para identificar os locais onde é necessária uma resposta localizada e permitir que os governos locais usem os seus fundos de resposta rápida para enfrentar a situação”, explicou em conferência de imprensa o secretário de Estado da Saúde das Filipinas, Francisco Duque.

Sete regiões do país (Calabarzon, Mimaropa, Bicol, Visayas Ocidental, Visayas Oriental, Zamboanga e Mindanao Norte) – localizadas sobretudo no centro das Filipinas – já ultrapassaram o limiar da epidemia, enquanto outras três (Ilocos, Visayas Centrais e Bangsamoro) estão no limite dos níveis de alerta, referiu.

No entanto, o número de casos está a aumentar em todo o país à medida que a chuva atenua a seca que se fazia sentir e muitas casas armazenam água. A água parada é o habitat onde o mosquito ‘Aedes Aegypti’, transmissor da doença, se reproduz facilmente.

Também presente na conferência de imprensa, o secretário de Estado da Defesa, Delfin Lorenzana, explicou que, embora a situação seja grave, ainda não foi declarado o estado de “emergência nacional” ou o “estado de calamidade” porque ainda existem regiões do país, como Manila, onde o número de infeções é baixo.

Cabe aos governos regionais ou locais declarar a emergência ou o estado de calamidade”, disse Delfin Lorenzana, embora no início de julho o nível de alerta tenha sido declarado a nível nacional.

A epidemia de dengue reavivou o debate sobre o uso da Dengvaxia, uma vacina contra a doença que foi aplicada a mais de um milhão de filipinos, sobretudo nas escolas, numa intensa campanha estatal de imunização realizada entre 2016 e 2017, especialmente nas escolas.

Em novembro de 2017, o Governo filipino suspendeu o uso dessa vacina depois de o seu fabricante, a farmacêutica francesa Sanofi, ter admitido que tinha efeitos adversos.

O caso tornou-se um escândalo depois de várias crianças imunizadas terem morrido, embora nunca tenha sido possível provar qualquer relação direta com a Dengvaxia.

Face à gravidade do atual surto, vários médicos e investigadores defenderam que a vacina deve voltar a ser usada e o próprio porta-voz da presidência, Salvador Panelo, disse, no fim de semana, que o Governo irá analisar “exaustiva e extensivamente” a hipótese de retomar o programa de imunização com Dengvaxia.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Gentem não foi necessário ler a matéria inteira. Dengue são mosquitos fabricados e jogados por aeronaves para impor no país epidemias que tem o poder de matar, o poder de contribuir com as reportagens das mídia, com o poder do sucesso resultado da fabricaçào, e por fim com o sucesso dos efeitos depois de muito tempo congelados os óvulos, com registros da ciência da morte.

RESPONDER

"Exercício de poder político brutal". Biden critica substituição no Supremo antes das presidenciais

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, afirmou hoje que substituir a juíza Ruth Bader Ginsburg no Supremo antes das eleições presidenciais é um "exercício de poder brutal" e apelou aos republicanos moderados para …

DGS vai recomendar uso de máscara no exterior quando não houver distanciamento

A DGS vai recomendar o uso de máscara em espaços exteriores movimentados quando não for possível garantir o distanciamento social, disse esta segunda-feira a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, em conferência de imprensa. "Vai sair …

Crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos, diz IPO

As crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos de contrair o novo coronavirus na generalidade dos casos, esclareceu, esta segunda-feira, o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa. "Neste momento, não …

Estados Unidos. Pais deixam filho na escola sabendo que tinha covid-19

Um estudante infetado com covid-19 foi levado para a escola pelos pais em Massachusetts, nos Estados Unidos. Como resultado, 28 estudantes ficaram de quarentena. Os pais de um aluno de uma escola do estado norte-americano de …

Bale assume que Mourinho foi uma das principais razões para voltar ao Tottenham

O internacional galês admitiu que o treinador português foi uma das principais razões que o fez voltar ao Tottenham. Em entrevista à estação televisiva britânica BT Sport, conduzida pelo antigo avançado Peter Crouch, Gareth Bale afirmou …

Portugal regista 623 novos casos e oito óbitos. Lisboa com 70% das novas infeções

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais oito mortos relacionados com o novo coronavírus (covid-19) e 623 novos casos de infeção, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). No que respeita a novos casos, deu-se um …

Paulo Cafôfo, o "guardião dos valores", é o novo líder do PS/Madeira

Paulo Cafôfo, o novo líder do PS/Madeira, assumiu-se como um "guardião dos valores de um partido que não se deixa vergar". O novo líder do PS/Madeira, Paulo Cafôfo, afirmou este domingo que vai estar "sempre contra" …

Médicos querem divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno (e defendem máscara na rua)

Além da divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno, a Ordem dos Médicos solicita uma atualização das normas e orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde (DGS). A Ordem dos Médicos defende a divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno para …

Líder do CDS quer ver o partido travar "histerias de nichos à volta do radicalismo"

O líder do CDS encerrou, este domingo, a escola de quadros da Juventude Popular, que decorreu deste sexta-feira em Oliveira do Bairro, distrito de Aveiro, momento que assinalou também a rentrée política do partido. "Este novo …

Detida suspeita de enviar envelope com ricina a Trump. Tinha uma arma de fogo

  As autoridades prenderam uma mulher suspeita de ter enviado um envelope com ricina ao Presidente dos EUA, Donald Trump. Suspeita-se que o envelope foi enviado a partir do Canadá. Uma mulher foi detida este domingo, quando tentava …