/

As Filipinas têm a maior caldeira vulcânica do mundo (e acabou de ser descoberta)

Google Earth / Barretto Et Al. 2019

Apolaki

Um grupo de cientistas descobriu um grande bloco ígneo a leste da ilha de Luzon, localizada no fundo do mar das Filipinas. Trata-se da maior caldeira vulcânica conhecida da Terra.

Este bloco ígneo maciço, encontrado por uma equipa de cientistas, representa os restos da maior caldeira vulcânica conhecida da Terra. A mais recente descoberta foi batizada de caldeira Apolaki, que significa “senhor gigante” em filipino e é o Deus mítico do Sol e da Guerra.

De acordo com o artigo científico, recentemente publicado na Marine Biology, a caldeira tem um diâmetro de, aproximadamente, 150 quilómetros, duas vezes o tamanho da famosa caldeira de Yellowstone, em Wyoming, nos Estados Unidos.

Além disso, os cientista afirmam que se trata de uma enorme e única cratera vulcânica formada pelo colapso de um vulcão. Recursos como uma borda rompida, bancos intra-caldeira e uma cúpula ressurgente indicam uma história vulcânica multifásica que consiste em erupções silenciosas e explosivas.

Também conhecida como Philippine Rise, a Benham Rise é uma região submarina sismicamente ativa e uma cordilheira vulcânica extinta localizada no Mar das Filipinas, aproximadamente 250 quilómetros a leste da costa norte de Dinapigue, Isabela, refere o Tech Explorist.

THE WORLD'S LARGEST CALDERA IS IN THE PHILIPPINESJenny Anne Barretto, a Filipina marine geophysicist based in New…

Publicado por UP MSI Geological Oceanography Laboratory em Domingo, 20 de outubro de 2019

Jeffrey Maloles, do UP MSI Geological Oceanography Laboratory, disse que o trabalho da equipa de geofísicos marinhos tem como objetivo “aumentar a consciencialização sobre a importância dos nossos mares no que diz respeito à estabilidade ecológica, ao clima e ao suprimento de alimentos”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.