Fiéis da IURD dizem-se vítimas de perseguição

jeso.carneiro / Flickr

Edir Macedo, fundador da IURD, terá montado um rede de adoção ilegal em 1990

Os fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus dizem que estão a ser vítimas de humilhações públicas, insultos e ameaças físicas e verbais depois da reportagem da TVI, sobre os processos de adoção desta igreja.

Quem professa a fé na IURD diz sofrer na pele o impacto das reportagens da TVI que revelaram um alegado esquema de adoções ilegais levado a cabo na década de 90 pelo líder da Igreja.

Segundo o Diário de Notícias, após a divulgação da reportagem, um professora disse a uma criança de 7 anos, praticante da religião que a IURD é a “igreja dos tolinhos”.

De acordo com o pai da criança, “a professora tinha conhecimento de que professo a minha fé na IURD e terá feito comentários relacionados com a religião de forma crítica. Vivíamos no Centro do país quando surgiram estas reportagens e uma criança questionou a professora: “Existe uma Igreja que está a roubar os meninos?” E a professora dirigiu-se ao meu filho dizendo: “O teu pai pertence a essa Igreja?“. Quando ele disse que sim, os colegas passaram a tratá-lo de forma indiferente. Deixou de ter vontade de ir à escola”.

A família apresentou queixa à direção da escola, mas acabaram por se mudar para Lisboa. Os pais pretendem agora falar com a nova professora para evitar que a situação se repita.

Num outro caso relatado, duas mulheres de Almada receberam folhas com ameaças na caixa de correio.

“Pessoas da minha família que já não concordavam, agora com isto… deviam ter a coragem de pôr o nome. Tenho esta fé há 26 anos, provavelmente querem desviar-me da minha fé”, diz uma das vítimas. Tem a certeza de que nada na questão das adoções é ilegal.

Para mim são boatos. Conheço a Igreja há muito tempo, são pessoas que dizem a verdade”, cita a outra vítima. Também recebeu cartas ameaçadoras e garante que muitas pessoas que tinha convencido a frequentar a igreja deixaram de o fazer. “Sou uma pessoa muito ativa a defender a minha fé e toda esta situação prejudica-me pois sou muito conhecida em Almada”, denuncia.

O caso mais traumático é o do pai Paulo e a filha. Numa visita a um bairro onde estavam a divulgar a sua fé depois de uma troca de palavras com um habitante, Paulo foi agredido com um murro. Não fizeram queixa, mas também não voltaram o bairro.

À semelhança da maioria dos outros fiéis, Paulo não acredita nas notícias: “Há lá pessoas que conheço, já trabalhei com algumas. Conheço alguns dos jovens que foram adotados e não acredito que aquilo seja assim“.

Mas, quando se diz que também não tem provas do contrário, responde: “Quantos milhões de pessoas há na Igreja? E somos todos burros? E como é que alguém está 20 anos à espera para denunciar? Se fosse comigo ia logo à polícia”.

As histórias de dúvidas e humilhações são muitas mais, conta o DN, – como a de uma mãe e filha do Norte do país que foram agredidas pela família que as tentaram denegrir junto dos vizinhos. Ou de uma mulher do Porto que se diz insultada pelo marido e que saiu do trabalho onde estava porque a chefe a humilhava por integrar a Igreja.

Nenhum apresentou queixa às autoridades, mas todos apelam à liberdade religiosa.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Liberdade religiosa é uma coisa a que todos têm direito. Liberdade para enganar e extorquir o próximo em nome de Deus, é outra. A IURD refinou essa forma de ladroagem sem vergonha querendo depois passar por santinhos. Assistir a uma “cerimonia” no canal de TV desta canalha, é a coisa mais confrangedora que se possa imaginar. Os pastores fazem “milagres”á fartazana, e enquanto o rebanho joga as mãos ao céu, em baixo, no roda pé das imagens vai rolando o numero da conta bancária onde os “fiéis” podem depositar o dizimo.
    Ha anos atrás, venderam cornetas por um preço bem acima do plástico de que eram feitas. Quem não tivesse uma para soprar no dia do juízo final, estava tramado e ía direitinho para as brasas do inferno, e fico por aqui no que respeita este tipo de estratagemas “comerciais”.
    A verdade é que só “tolinhos”, e pobres de espirito se deixam aldrabar voluntariamente, e no fim esperam o quê? não ser “ridicularizados” por vizinhos e família ? … A coisa é simples. Se não querem ser lobos (parvos), não lhes vistam a pele…
    Só mais uma coisinha. Este tipo de vigarices, não foi inventado pela IURD. Ha muitos séculos que a coisa vem dando lucros.

  2. E são mesmo vítimas de perseguição – são perseguidos pela sua própria estupidez e ignorância!!
    Sao os crentes da IURD e os de qualquer outra religião/seita, mas realmente a IURD abusa mesmo dos seus palermas, perdao, crentes e só falta lhes falta chamar imbecis mesmo de caras, enquanto lhes sacam o dízimo!!

  3. A Dona Branca engavetaram-na logo que começou a ameaçar o sistema bancário. Este crápula do edir como está a esmifrar os pobres diabos de espirito, disse bem porque essa corja é diabólica, já o Estado nada faz para engavetar esse charlatão que tem desgraçado muitas famílias com promessas de atrasado mental!?Não há ninguém que mova um processo a esse escroque vendedor de lotaria que atravessou o atlântico trazendo o inferno aos portugueses que infelizmente se comovem com as patranhas desse impostor que nem impostos paga!?

RESPONDER

Surtos em lar e infantário fazem 38 infetados nas Caldas da Rainha

Dois surtos de covid-19 foram detetados num lar e num infantário nas Caldas da Rainha, com um total de 38 pessoas infetadas, cinco das quais crianças, confirmou este domingo à agência Lusa o presidente da …

Mais seis mortes e 232 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, nesta segunda-feira, mais seis mortes por covid-19 e mais 232 novos casos, dos quais 195 na região de Lisboa e Vale do Tejo. O boletim epidemiológico desta segunda-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), …

Quebras no turismo triplicam desemprego no Algarve

O desemprego no Algarve aumentou mais de 200% em maio para quase 28 mil desempregados, atingindo sobretudo o setor da hotelaria, que desespera pela chegada de turistas para atenuar o "golpe" de quase três meses …

Marques Mendes elogia "voz independente" de Medina (e diz que a TAP pode ser um crematório político)

Luís Marques Mendes elogiou neste domingo as críticas que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez ao combate à pandemia, considerando ainda que a resolução da TAP, que culminou na saída de David …

O “Grenadier” já não vai ser português. Fabricante automóvel Ineos desiste de fábrica em Estarreja

A INEOS Automotive, empresa do ramo automóvel, transmitiu à Câmara de Estarreja que vai suspender o investimento de 300 milhões de euros numa fábrica no concelho, revelou este domingo fonte municipal. "A empresa transmitiu à Câmara …

Grécia e Austrália recuam na abertura de fronteiras. Marrocos isola cidade após recorde de casos

Grécia e Austrália anunciaram neste fim-de-semana um recuo na abertura das suas fronteiras, enquanto que Marrocos isolou uma cidade após um número recorde de novas infeções de covid-19 registadas em 24 horas. A Grécia anunciou …

Dinheiro dos pobres usado para "vida de luxo". Presidente, mulher e filha da Mão Amiga acusados

O presidente da Associação Mão Amiga, em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, a mulher e a filha foram acusados pelo Ministério Público (MP) de usarem o dinheiro da instituição para pagarem uma "vida de luxo". …

Fisco tem por cobrar 15 mil milhões de euros em impostos

O Jornal Económico escreve esta segunda-feira que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) tem por cobrar 14.919 milhões de euros em impostos. De acordo com o diário de economia, mais de metade da dívida dos contribuintes está …

"Armada espanhola" assegura 70% do mercado das obras públicas em Portugal

As empresas espanholas estão a assegurar 70% do mercado das obras públicas em Portugal, escreve esta segunda-feira o jornal Público, citando uma análise ao Portal Base, às obras públicas acima de sete milhões de euros No …

"Oitavos" da Liga dos Campeões não vão ser jogados em Portugal

A UEFA cedeu à pressão dos clubes e decidiu que os encontros da segunda mão dos oitavos-de-final vão ser disputadas nos respetivos estádios dos clubes. Os encontros por jogar relativos aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões …