Fernando Santos na Polónia. Conclusão: “Foi despedido pela FPF”

Philipp Guelland / EPA

Antigo seleccionador de Portugal vai continuar a orientar uma selecção. Pedro Henriques apresentou a sua análise.

Fernando Santos vai ser apresentado nesta terça-feira como o novo seleccionador nacional da Polónia.

A confirmação foi dada na noite passada pelo presidente da Federação Polaca de Futebol, que publicou uma fotografia com o treinador português.

A Polónia foi liderada por Paulo Sousa há dois anos. A experiência anterior com um treinador português não terminou muito bem para a federação polaca porque o antigo médio decidiu deixar a Polónia para treinar o Flamengo. Entretanto a aventura brasileira só durou meio ano.

Fernando Santos chega para substituir Czesław Michniewicz, que orientou os polacos no Mundial 2022 (afastada nos oitavos-de-final pela França).

A Polónia tem estado presente nos grandes torneios nos últimos anos: sempre nos Europeus desde 2008 – nunca tinha estado num Europeu até essa edição. A melhor prestação foi em 2016: perdeu nos quartos-de-final contra Portugal… que era liderado por Fernando Santos.

A Polónia também chegou à fase final dos dois últimos Mundiais. Já terminou duas vezes no terceiro lugar de um Mundial, mas há muitos anos: 1974 e 1982.

Esta será a terceira selecção orientada por Fernando Santos. Todas europeias: Grécia, Portugal e Polónia. Não orienta qualquer clube desde 2010 (PAOK).

Tal como o capitão Cristiano Ronaldo, o ex-seleccionador também está a dar um “passo atrás” a nível desportivismo. A Polónia tem Robert Lewandowski mas não tem o valor de Portugal.

Além disso, Pedro Henriques tem outra análise: “A conclusão que eu tiro é que Fernando Santos foi mesmo despedido pela Federação Portuguesa de Futebol”.

“Ele não estava com vontade de ir para o monte, tranquilamente, para se reformar. Queria continuar no activo, por isso é que renovou (até 2024). Esta coisa do “mútuo acordo”… Foi mútuo acordo na perspectiva de: ou é isto, ou é isto”, comentou o antigo árbitro, na rádio Observador.

Fernando Santos chega à Polónia com um Europeu e uma Liga das Nações no currículo.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.