El Niño: fenómeno devastador previsto para 2019 deixa o mundo em alerta

Segundo os analistas da Bloomberg, o fenómeno climático conhecido como El Niño trará inundações e incêndios florestais, assim como a expansão de conflitos internacionais e o aumento de refugiados.

Previsões meteorológicas apontam que o El niño se manifestará novamente até ao final de 2019, afetando o clima de todo o planeta: fortes chuvas e inundações na América do Sul, secas prolongadas na África, Ásia Oriental e Central, Austrália, Indonésia e Filipinas.

As anomalias climáticas intensificam os confrontos políticos e aumentam o risco de guerras civis. Além disso, o fenómeno El Niño também potencializa epidemias de doenças transmitidas por mosquitos, especialmente em países próximos à linha do Equador.

De acordo com o cenário projetado pela Bloomberg, o El Niño, combinado com o efeito do aquecimento global, fará com que o ano de 2019 seja o mais quente de todo o histórico de observações: o calor destruirá as plantações de grão na Austrália e a seca nas regiões agrícolas do Brasil destruirá a maior parte das safras de soja e milho.

Inversamente, a chuva será abundante no Leste da Ásia e comprometerá parte das plantações de arroz ao longo de toda a costa do Pacífico, do Japão à Índia. Como resultado, as reservas de alimentos diminuirão acentuadamente em todo o mundo e muitos países enfrentarão a perspetiva da fome.

Apenas quatro países vão escapar das consequências do El Niño: Rússia, Ucrânia, EUA e Canadá. Consequentemente, os preços mundiais do trigo vão aumentar para níveis recorde, fazendo com que os países pobres não consigam comprar alimentos aos novos preços. Desta forma, estima-se que uma grande catástrofe humanitária possa ocorrer no Leste e no Norte da África.

A Bloomberg enfatiza, no entanto, que todos os desastres climáticos associados ao El Niño e descritos nos cenários dos analistas já aconteceram em diferentes anos.

Em 1977 e 2011, por exemplo, o Egito passou por um período crítico de escassez de grãos. Por sua vez, as chuvas torrenciais que caíram no Japão, em 1993, devastaram quase toda a safra de arroz e, pela primeira vez na história, o país teve que importar a sua principal fonte de alimentação.

Em 2006, devido à seca provocada pelo El Niño, os preços dos alimentos aumentaram drasticamente, afetando dezenas de países.

Com base na previsão da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, as Honduras, Colômbia, Venezuela, Congo, Afeganistão e regiões norte do Paquistão são os países que terão dificuldades no abastecimento alimentar em 2019. A Austrália e o Brasil e outros grandes produtores de alimentos não entram nesta lista.

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Num planeta super-lotado de humanos e em que os mesmos insistem em aumentar cada vez mais a população parece ainda não terem percebido onde está o erro, por sua vez a natureza encarregar-se-há de fazer a limpeza por conta própria e não demorará muitos anos que esta seja total.

  2. Enquanto o ser humano não aprender a ter pespeito pelos nossos recursos naturais, e pelo seu semelhante aprendendo a usar esses recursos com responsabilidade e sabedoria. Enquanto não houver respeito e amor ao próximo nada vai mudar, pelo contrário só tende a piorar.

  3. Super lotado? cabem cá muitos mais, o que irá haver é um arrefecimento global e bastante acentuado, depois vou gostar de ler as justificações que irão encontrar, vão dizer que o el nino adoeceu e não pode vir.

    • Tenha calma e não seja tão egoísta porque não vai ter tempo para chegar a tanto a não ser que cá apareça numa próxima encarnação e aí sim, irá ficar surpreendido com tanta alteração.

  4. Com o avanço tecnológico que “faz o homem ir a outros planetas ” esquecendo que é so terra que existem vida e faz da um lixão. 99.9% não pensa no próximo e nem prepara o mundo melhor pro próximo e nem pra si mesmo. A tendência e a decadência.

RESPONDER

Estado investe 2.000 milhões na ferrovia, mas comboios vão circular à mesma velocidade

O investimento da Infraestruturas de Portugal deverá rondar os 2.000 milhões de euros, mas este montante servirá quase exclusivamente para eletrificação de linhas e substituição de sinalização. De acordo com a edição desta quinta-feira do jornal …

SBSR confirma Foals, Local Natives e Boy Pablo para a edição de 2021

Os Foals, os Local Natives e o músico Boy Pablo são os primeiros nomes reagendados para a 26.ª edição do Festival Super Bock Super Rock, remarcada para julho de 2021, foi hoje anunciado. O SBSR deveria …

Artistas com espetáculos cancelados recebem pelo menos 50%

O primeiro-ministro referendou, esta quarta-feira, a lei que regula a possibilidade de festivais e espetáculos no verão e que assegura apoio financeiro a artistas alvo de cancelamento ou reagendamento dos espetáculos por causa da pandemia. Este …

EUA anunciam fim da isenção de sanções no programa nuclear civil iraniano

Os Estados Unidos (EUA) anunciaram na quarta-feira o fim das derrogações que autorizaram até agora projetos relacionados com o programa nuclear civil iraniano, acordo internacional de 2015 do qual Washington se retirou. "Hoje, anuncio o fim …

Violência doméstica, droga, bairros problemáticos. Agentes da PSP obrigados a usar coletes anti-bala

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) decidiu tornar obrigatório o uso de coletes balísticos em oito tipos de situações. De acordo com o Jornal de Notícias, os agentes da PSP vão passar a …

Benfica e FC Porto estão entre os clubes europeus com maior valor comercial

O Benfica e o FC Porto estão em 24.º e 30.º, respetivamente, na lista dos 32 clubes de futebol europeus com maior valor comercial, que é liderada pelos espanhóis do Real Madrid. O Benfica (24.º) e …

Estados Unidos podem vir a acusar Cilia Flores, mulher de Maduro, por narcotráfico

Os Estados Unidos podem vir a acusar formalmente a mulher do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, por crimes de tráfico de droga e corrupção. A notícia foi avançada esta quarta-feira pela Reuters, que cita quatro fontes diferentes. …

PSD quer lay-off até final do ano e Estado menos "dorminhoco"

O PSD apresentou hoje um conjunto de 26 "ideias e sugestões" na área social, incluindo o prolongamento do 'lay-off' simplificado até ao final do ano, a reafetação de recursos na administração pública e um Estado …

Trump prepara ordem executiva contra redes sociais. Quer reduzir proteções legais das empresas

O Presidente norte-americano, Donald Trump, vai assinar esta quinta-feira uma ordem executiva sobre as redes sociais, anunciou a Casa Branca, dois dias depois de o Twitter ter assinalado mensagens de Donald Trump com alertas de …

Mais 13 mortes e 304 novos casos. Reabertura da economia em Lisboa questionada

Embora a região Norte continue a ser a mais afetada pela pandemia, a situação na região da Grande Lisboa tem piorado. O Governo está a estudar o adiamento de algumas medidas de reabertura da economia …