Espanha: Félix e Guedes são os jogadores que sofrem mais faltas

Juanjo Martin / Lusa

No total, Gonçalo Guedes lidera no número de faltas sofridas; mas a média mais alta é de João Félix.

O campeonato espanhol ainda vai numa fase inicial, com 11 jornadas realizadas (embora incompletas), mas para já os dois futebolistas que sofreram mais faltas até agora são dois internacionais portugueses: Gonçalo Guedes e João Félix.

O avançado do Valência é quem lidera no número total de faltas sofridas, com 33. É travado, em média, a cada 27 minutos neste campeonato.

No entanto, quem consegue fica menos tempo “em pé” sem sofrer faltas é João Félix: 17 faltas cometidas sobre o jovem português, mas em apenas 302 minutos. Ou seja, uma média de uma falta sofrida em pouco menos de 18 minutos.

João Félix é precisamente o destaque desta análise do jornal Marca, que lembra que o jogador do Atlético de Madrid ainda não marcou qualquer golo nesta temporada, mas sublinha que também tem sido muito “caçado” pelos adversários, que só conseguem parar o “imparável” Félix quando cometem faltas.

Só diante do Levante (empate 2-2), o ex-Benfica foi travado em falta em cinco ocasiões. Depois do jogo da noite passada, Antoine Griezmann desabafou: “O que me incomodou mais é que terminamos o jogo com sete ou oito cartões amarelos e eles ficaram só com um ou dois cartões. E, só sobre o João Félix, cometeram muitas faltas”.

Outros jogadores importantes do campeonato espanhol, como Vinícius Júnior e Memphis Depay, também estão entre os jogadores mais “perseguidos” pelos adversários, mas as suas médias ficam longe dos números de Félix.

Os únicos jogadores que são travados tantas vezes por jogo, ou quase, são Ansu Fati (Barcelona) e José Macías (Getafe).

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.