Há um felino nas florestas da Córsega que é metade gato, metade raposa

Dois guardas florestais de Asco, na Córsega, descobriram um felino que não conseguiram identificar: chamaram-lhe “gato-raposa”.

De pelo cinzento avermelhado e cauda com anéis escuros, o “ghjattu-volpe”, ou “gato-raposa”, rosna quando está dentro da gaiola. Há muito que se sabia que este felino vivia nas florestas da Córsega, mas a sua existência como espécie à parte ainda não foi oficialmente reconhecida.

Pierre Benedetti, guarda-chefe ambiental do Gabinete Nacional de Caça e Vida Selvagem (ONCFS), disse à AFP que, “para nós, é uma espécie selvagem natural, conhecida, mas não registada, porque é um animal extremamente discreto, com costumes noturnos. Esta é uma descoberta extraordinária“.

Segundo o Diário de Notícias, para chegar à zona da floresta onde o espécime foi encontrado, é preciso caminhar durante 45 minutos na paisagem rochosa e florestal do Vale Asco, um território “íngreme e montanhoso” com 25 mil hectares, onde até agora só foram identificados 16 gatos-raposa.

“Longe da presença do homem”, vivem onde há “água e uma cobertura vegetal para protegê-lo do seu principal predador”, a águia-real. os guardas florestais capturaram 12 destes animais, incluindo uma fêmea, para observação.

Depois de uma rápida observação, os animais foram libertados. “É um felino de pelo sedoso, muito semelhante ao gato doméstico, com 90 centímetros da cabeça até o final da cauda, orelhas muito largas, bigodes curtos, caninos muito desenvolvidos. As patas traseiras são pretas, cor vermelho-ferrugem na barriga, pelo denso e uma cauda com dois a quatro anéis e pernas dianteiras com listas”, explicou à AFP Carlu-Antone Cecchini, chefe de missão.

O nome gato-raposa surgiu graças ao comprimento da sua cauda. Benedetti acrescentou ainda que este felino tem sido visto em várias regiões da Córsega.

Um dos animais capturado por diversas vezes é um macho com quatro a seis anos, com um olho verde e outro castanho, a quem foi colocado um GPS, o que permitiu registar dados sobre a sua vida ao longo de 80 dias.

A equipa de Benedetti capturou inesperadamente, em 2008, um gato num galinheiro em Olcani, em Cap Corse. “Este animal pertence à mitologia dos nossos pastores, que nos disseram que os gatos da floresta atacaram as suas ovelhas e cabras. Dessas histórias, passadas de geração em geração, começámos a investigar”, contou Cecchini.

Em 2012, colocaram armadilhas escondidas que permitiram estabelecer um genoma e, através do seu ADN, foi enquadrado na categoria de gato selvagem europeu, “mas precisa de ser determinada a sua identidade”, apontou o cientista Pierre Benedetti.

Está ainda por descobrir a sua dieta alimentar. Há também a possibilidade deste gato “ter chegado durante a segunda colonização humana que remonta a 6.500 a.C. Caso esta hipótese seja confirmada, a sua origem estará no Oriente Médio.

Pierre Benedetti espera que, no máximo, dentro de quatro anos, “este gato seja reconhecido e protegido”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Recibos verdes podem pedir apoio a partir desta quarta-feira. Será pago ainda este mês

O apoio por quebra de atividade destina-se a trabalhadores independentes que nos últimos 12 meses tenham tido obrigação contributiva em pelo menos 3 meses consecutivos. O formulário para os trabalhadores independentes pedirem apoio por redução de …

"Este mês é perigosíssimo!" Costa avisa que "não podem ir à terra" na Páscoa

"As pessoas não podem ir à terra!" O alerta é de António Costa que avisa que este mês de Abril "é perigosíssimo" por causa da Páscoa. O primeiro-ministro recomenda também aos emigrantes que não venham …

13% dos casos de covid-19 em Portugal são profissionais de saúde. Há 10 médicos nos cuidados intensivos

Um em cada oito infetados com o novo coronavírus em Portugal é profissional de saúde. O número de médicos, enfermeiros, auxiliares e outros trabalhadores de hospitais e centros de saúde que estão contagiados não pára …

Curva em Itália parece estar a aplanar. Confirmado primeiro caso num campo de refugiados grego

A Itália registou mais 4.053 casos positivos e mais 837 mortes em 24 horas, valores semelhantes aos de segunda-feira e que sugerem que a curva da covid-19 parede estar a estabilizar. De acordo com o Observador, …

Há mais de 8 mil infetados e 187 mortes por covid-19 em Portugal

Há mais 27 mortes em relação a terça-feira, aumentando o número total de óbitos para 87. O número de casos confirmados em Portugal já ascende as 8 mil pessoas. O boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da …

Há falhas no sistema que regista casos de covid-19. A "esmagadora maioria" não vai ser contabilizada

O sistema que regista os casos de covid-19 em Portugal é "um pesadelo burocrático", denunciam os infecciologistas. A "esmagadora maioria" dos casos vai acabar por não ser notificada, acrescentam. O problema tornou-se público quando a Direção-Geral …

Mais de 3600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

O Governo já recebeu 3600 pedidos de empresas para aderirem ao regime lay-off lançado na semana passada, disse, esta terça-feira, a ministra do Trabalho e da Segurança Social. Ana Mendes Godinho, que falava aos jornalistas no …

Em tempos de crise, os emprestados podem ser a solução do Benfica

Bruno Varela, Cristián Lema, Filip Krovinovic, Gedson Fernandes e Diogo Gonçalves são hipóteses que Bruno Lage tem a seu dispor para regressar dos empréstimos. A suspensão das competições desportivas deixa muitos clubes entre a espada e …

Trump muda de discurso. Próximas duas semanas serão "dolorosas" e podem morrer 100 mil pessoas

Esta terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou ao país com um discurso mudado, mais pessimista e alarmista. Com o número de doentes infetados com covid-19 nos Estados Unidos a superar os 187 mil …

Autódromo do Algarve já pode receber corridas de Fórmula 1

Pista de Portimão deverá receber ainda este ano testes privados de uma das equipas do pelotão da Fórmula 1 e pretende candidatar-se a receber os testes de inverno a partir de 2021. O Autódromo Internacional do …