FDA aprova fármaco eficaz contra 5% de todos os tipos de cancro

Annie Cavanagh / Wellcome Images

Células cancerígenas

Células cancerígenas

A agência reguladora dos Estados Unidos aprovou um medicamento contra o cancro que pode ser usado em diversos tipos de neoplasia – não apenas nos tipos mais comuns (cancro de mama, intestino, pâncreas ou pele), mas genericamente em qualquer tipo de cancro.

A FDA, Food and Drug Administration, agência reguladora dos EUA, aprovou no dia 23 o primeiro medicamento de sempre que actua com base em alterações biológicas do tumor. O novo medicamento não é usado em função do órgão atingido pela neoplasia, mas de acordo com os traços biológicos do próprio tumor.

“Todas as abordagens anteriores ao tratamento do cancro baseavam-se no órgão atingido. O que é revolucionário neste fármaco é o facto de alvejar uma característica molecular do cancro, descoberta com exames relativamente simples”, explica Jacques Tabacof, coordenador de Oncologia Clínica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo.

Na prática, o medicamento, chamado pembrolizumabe e desenvolvido pela farmacêutica MSD, poderá ser usada em quaisquer tipos de tumor avançado que não respondam ao tratamento convencional, desde que a doença apresente a alteração molecular referida, que se encontra presente em 5% de todos pacientes.

Esta é uma percentagem relativamente reduzida de todos os pacientes com cancro, mas a perspectiva de haver agora mais uma arma que actua em todos os tipos de cancro é encorajadora, em particular contra os pacientes que hoje têm um arsenal exíguo à sua disposição, e abre o caminho para tratamentos futuros com uma abordagem semelhante.

Segundo um artigo publicado na Cancer Therapy Advisor, o medicamento é eficaz no tratamento de neoplasia em adultos e crianças com instabilidade de micro-satélite (MSI-H) ou dMMR, uma deficiência na reparação do ADN.

“A MSI-H é uma alteração nas células que dificulta a reparação no nosso ADN”, explica Jacques Tabacof, “que faz com que uma mutação perigosa, que normalmente seria reparada pelo organismo, continue incólume e possa originar um cancro”.

Mas essa mesma particularidade torna a neoplasia mais vulnerável à acção do pembrolizumabe, medicamento do grupo da imunoterapia, que actua estimulando as células de defesa do próprio organismo a identificarem o cancro e atacarem-no. Este princípio activo já era usado nos EUA contra o linfoma de Hodgkin e nódulos no pulmão.

PARTILHAR

RESPONDER

Fósseis guardados em gaveta de museu pertencem a criatura gigante com 25 milhões de anos

Os fósseis foram descobertos em 1973, mas só agora foram formalmente identificados e anunciados ao público. Trata-se de um antepassado gigante de fascólomos, também conhecidos como vombates. Fascólomos estão entre os animais mais peculiares. De facto, …

Refeições tardias podem realmente fazer engordar

Um jantar tardio pode contribuir para o aumento de peso e para altos níveis de açúcar no sangue, concluiu um pequeno estudo recentemente publicado. "Este estudo lança uma nova luz sobre como é que ingerir …

Salgado. "A montanha vai parir um rato" (mas ainda vamos saber o que aconteceu)

A defesa de Ricardo Salgado disse, esta sexta-feira, que ficou claro, na instrução da Operação Marquês, que o mais provável é a absolvição do ex-presidente do BES dos crimes de corrupção e que “a montanha …

Covid alastra na América. EUA bate recorde diário com mais de 60 mil infetados

Os Estados Unidos registaram 754 mortos e 60.383 infetados (um novo recorde) por covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins. Depois de a Europa ter sucedido à China como …

Os maiores tubarões do mundo têm pequenos "dentes" nos olhos (e já se sabe porquê)

Uma investigação sobre os olhos dos tubarões-baleia, os maiores tubarões do mundo, revelaram que os seus olhos estão cobertos por pequenos dentes chamados "dentículos dérmicos". O tubarão-baleia (Rhincodon typus) é o maior peixe do oceano, com …

Astrónomos localizaram com precisão o centro do Sistema Solar

Pela primeira vez, uma equipa internacional de cientistas foi capaz de localizar com precisão o centro de gravidade do Sistema Solar. De acordo com o portal Science Alert, que recorda que o baricentro (centro gravidade) …

Misteriosa cruz de mármore com 1.200 anos encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore foi recentemente descoberta no cimo das montanhas do Baltistão, no Paquistão. Os investigadores acreditam que tem cerca de 1.200 anos e que pode ser um sinal da presença de uma antiga …

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …