FDA aprova fármaco eficaz contra 5% de todos os tipos de cancro

Annie Cavanagh / Wellcome Images

Células cancerígenas

Células cancerígenas

A agência reguladora dos Estados Unidos aprovou um medicamento contra o cancro que pode ser usado em diversos tipos de neoplasia – não apenas nos tipos mais comuns (cancro de mama, intestino, pâncreas ou pele), mas genericamente em qualquer tipo de cancro.

A FDA, Food and Drug Administration, agência reguladora dos EUA, aprovou no dia 23 o primeiro medicamento de sempre que actua com base em alterações biológicas do tumor. O novo medicamento não é usado em função do órgão atingido pela neoplasia, mas de acordo com os traços biológicos do próprio tumor.

“Todas as abordagens anteriores ao tratamento do cancro baseavam-se no órgão atingido. O que é revolucionário neste fármaco é o facto de alvejar uma característica molecular do cancro, descoberta com exames relativamente simples”, explica Jacques Tabacof, coordenador de Oncologia Clínica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo.

Na prática, o medicamento, chamado pembrolizumabe e desenvolvido pela farmacêutica MSD, poderá ser usada em quaisquer tipos de tumor avançado que não respondam ao tratamento convencional, desde que a doença apresente a alteração molecular referida, que se encontra presente em 5% de todos pacientes.

Esta é uma percentagem relativamente reduzida de todos os pacientes com cancro, mas a perspectiva de haver agora mais uma arma que actua em todos os tipos de cancro é encorajadora, em particular contra os pacientes que hoje têm um arsenal exíguo à sua disposição, e abre o caminho para tratamentos futuros com uma abordagem semelhante.

Segundo um artigo publicado na Cancer Therapy Advisor, o medicamento é eficaz no tratamento de neoplasia em adultos e crianças com instabilidade de micro-satélite (MSI-H) ou dMMR, uma deficiência na reparação do ADN.

“A MSI-H é uma alteração nas células que dificulta a reparação no nosso ADN”, explica Jacques Tabacof, “que faz com que uma mutação perigosa, que normalmente seria reparada pelo organismo, continue incólume e possa originar um cancro”.

Mas essa mesma particularidade torna a neoplasia mais vulnerável à acção do pembrolizumabe, medicamento do grupo da imunoterapia, que actua estimulando as células de defesa do próprio organismo a identificarem o cancro e atacarem-no. Este princípio activo já era usado nos EUA contra o linfoma de Hodgkin e nódulos no pulmão.

PARTILHAR

RESPONDER

Rulotes vão ser proibidas de vender álcool em zonas do Porto, Lisboa e Albufeira

O Governo anunciou, esta sexta-feira, que está a articular com as câmaras de Lisboa e Albufeira a proibição de vendas alcoólicas por rulotes "nas zonas de diversão noturna identificadas como problemáticas pelas forças de segurança". A …

Condenada a mais oito. Ex-Presidente Park arrisca agora 32 anos de prisão

Esta sexta-feira, o Tribunal Distrital de Seul condenou a ex-Presidente sul-coreana Park Geun-hye a mais oito anos de prisão. Park Geun-hye, ex-Presidente da Coreia do Sul, já tinha sido condenada a 24 anos de prisão por …

Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso …

12 feridos em ataque com arma branca em autocarro na Alemanha

12 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, no ataque perpetrado por um homem, armado com arma branca, no interior de um autocarro na cidade alemã de Lübeck, norte do país, segundo a televisão …

É um "emprego de sono". 1000 euros para dormir 8 horas por dia

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego da marca portuguesa Desonno, especializada em colchões e almofadas, que é, acima de tudo, uma …

Marinha Portuguesa vai receber 7 novos navios (para cumprir acordo com a NATO)

O primeiro-ministro anunciou, esta sexta-feira, a construção, nos próximos seis a oito anos, de sete novos navios para a Marinha portuguesa, no âmbito da revisão da Lei de Programação Militar (LPM). António Costa falava nos estaleiros …

Por dia, são assassinadas pelo menos 3 crianças no México

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas, lamentaram esta quinta-feira as autoridades do país. “Temos …

Macron despede colaborador que agrediu manifestante

O Presidente francês viu-se obrigado a despedir o colaborador que tinha sido filmado a agredir um manifestaste no 1º de maio, alegando terem surgido "dados novos" sobre o caso. Segundo o Público, o colaborador de Emmanuel Macron que foi …

Há uma empresa neozelandesa em que se trabalha 4 dias por semana (e ganha-se o mesmo)

Os trabalhadores da Perpetual Guardian trabalham apenas quatro dias por semana e recebem o mesmo salário. A empresa neozelandesa decidiu fazer a experiência e os resultados não poderiam ser melhores. Mantendo o mesmo salário e sem …

Enorme sarcófago negro tinha 3 múmias (e nenhuma maldição)

O enorme sarcófago negro encontrado em Alexandria foi finalmente aberto e o mistério foi desvendado. Nem maldição nem restos mortais de Alexandre, o Grande. Na verdade, o túmulo tinha 3 múmias e água de esgoto. O …