FBI espiou o escritor Gabriel García Márquez durante 24 anos

FICG / Wikimedia

O escritor colombiano Gabriel García Márquez

O escritor colombiano Gabriel García Márquez

O FBI espiou durante 24 anos o colombiano Gabriel García Marquez, incluindo durante os anos em que se consagrou como escritor a nível internacional, segundo documentos desclassificados pela agência federal e revelados no sábado pelo The Washington Post.

O jornal norte-americano informou que a seu pedido, a agência federal desclassificou 137 páginas sobre uma investigação desenvolvida durante mais de duas décadas, as quais revelam que o galardoado escritor foi vigiado desde 1961, quando se hospedou durante um mês no Hotel Webster, em Manhattan, Nova Iorque, acompanhado da sua mulher e do filho primogénito Rodrigo García.

Na altura, Gabriel García Márquez tinha acabado de chegar a Nova Iorque para trabalhar para a agência de notícias cubana Prensa Latina.

Com o tempo, o escritor tornou-se um amigo próximo do líder cubano Fidel Castro, apesar de as motivações do FBI para investigar o escritor “serem pouco claras”, reconheceu o jornal.

Os documentos desclassificados não apresentam indícios da abertura de uma investigação criminal, embora a agência federal mantenha 133 páginas classificadas, fora do domínio público.

Segundo se depreende dos documentos, foi o próprio diretor do FBI, Edgar J. Hoover, que instruiu a agência para ser avisado de imediato se o escritor “entrar nos Estados Unidos por qualquer motivo”.

Nos primeiros relatórios sobre as atividades do autor de “Cem Anos de Solidão” (1967), consta que o colombiano pagou 200 dólares por mês para ficar alojado no hotel em Nova Iorque, e que o FBI manteve contato com pelo menos “nove informadores confidenciais” que detalhavam os passos do escritor e jornalista.

Rodrigo García, filho do escritor hoje cineasta radicado em Los Angeles, disse ao jornal que a sua família não tinha ideia de que o seu pai tivesse sido objeto de uma investigação por parte do FBI, embora a notícia não o surpreenda.

“Considerando o fato de que este colombiano estava em Nova Iorque para abrir uma agência de imprensa cubana, teria sido invulgar que não o espiassem”, afirmou Rodrigo Garcia.

Alguns meses depois, revelou Rodrigo Garcia, o seu pai foi demitido da agência de notícias estatal cubana por não ser “suficientemente radical”.

“Ele nunca pertenceu a nenhuma organização política”, disse o realizador e produtor de cinema, que recorda que o pai lhe disse na altura que tinha sido seguido no regresso a casa mais do que uma vez.

O registo do escritor, que contém informações com datas até aos primeiros anos da década de 1980, soma-se a outros também relacionados com a vigilância a políticos, artistas e escritores, todos ordenados pelo controverso ex-diretor da agência Edgar J. Hoover.

Gabriel García Márquez morreu a 17 de abril de 2014, na sua residência na Cidade do México, aos 87 anos.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sinceramente, não creio que o presidente Obama concorde com tais práticas. Ele é pai, é presidente e é homem; e é inteligente, por mais que a esposa e as filhas lhe andem a mostrar as orelhas de burro. Espiar García Márquez por ” Cem anos de solidão” é passar completamente ao lado da antropologia da condição humana, independentemente de Gabriel ter sido ou não amigo de Fidel Castro, que também está longe de ser o diabo que o pintam. América, grandes E.U.A., se querem viver em paz, façam a paz e provam a concórdia.

RESPONDER

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …