FBI descobre 15 mil novos emails que Hillary não divulgou

Gage Skidmore / Flickr

Hillary Clinton

Hillary Clinton

A Polícia Federal norte-americana (FBI) encontrou quase 15 mil novos documentos relacionados com o escândalo dos emails da candidata democrata nas eleições presidenciais nos Estados Unidos Hillary Clinton.

Os novos documentos foram encontrados durante a investigação do FBI sobre a utilização indevida de Clinton de um servidor de correio eletrónico privado quando desempenhava o cargo de secretária de Estado (2009-2013), de acordo com a comunicação social norte-americana.

Em 2014, os advogados de Clinton entregaram ao Departamento de Estado 30 mil emails relacionados com o assunto e indicaram que não existiam mais mensagens.

O Departamento de Estado comprometeu-se a publicar os documentos e assegurou esta segunda-feira ao juiz federal James E. Boasberg, responsável pelo caso, que a agência diplomática está “a dar prioridade” à revisão das novas mensagens.

No entanto, ainda não se sabe se estes emails vão ser publicados antes das eleições presidenciais, agendadas para 8 de novembro deste ano e também disputadas pelo candidato republicano Donald Trump.

Enquanto isso, o porta-voz de Clinton, Brian Fallon, assegurou ontem, em comunicado, que a equipa da candidata presidencial democrata desconhece qual é a natureza dos documentos agora referidos.

“Como sempre dissemos, Hillary Clinton forneceu ao Departamento de Estado todos os emails relacionados com o seu trabalho que estavam na sua posse em 2014. Não sabemos que tipo de material adicional foi encontrado pelo Departamento de Justiça”, escreveu Fallon, num breve comunicado.

“Mas se o Departamento de Estado determinar que qualquer um deles está relacionado com assuntos de trabalho, obviamente que apoiamos que estes documentos sejam divulgados também”, acrescentou o porta-voz.

O Partido Republicano reagiu de imediato e o presidente do Comité Nacional Republicano, Reince Priebus, reiterou que “Clinton parece incapaz de dizer a verdade”.

“O padrão de desonestidade de Clinton é completamente inaceitável para um candidato que procura o mais alto cargo do país, e a sua recusa em dizer a verdade e a sua pobre capacidade de julgamento é uma amostra de como irá atuar se for eleita presidente”, considerou o representante conservador.

O escândalo dos emails surgiu no início de 2015, quando os media norte-americanos revelaram que, durante os quatro anos que liderou o Departamento de Estado, Hillary Clinton usou uma conta pessoal de correio eletrónico, através de um servidor privado, para as suas comunicações.

Em julho, o FBI recomendou que Hillary Clinton não fosse investigada judicialmente, apesar de concluir no inquérito que a ex-secretária de Estado tinha demonstrado “extrema negligência”.

Apesar desta recomendação, o Departamento de Estado norte-americano anunciou, na mesma altura, a reabertura da investigação interna sobre a forma como Hillary Clinton usou o correio eletrónico quando era secretária de Estado.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Instituto Pasteur interrompe desenvolvimento de vacina

O Instituto Pasteur anunciou esta segunda-feira ter parado o desenvolvimento do seu principal projeto de vacina contra a covid-19, porque os primeiros ensaios demonstraram ser menos eficaz do que se esperava. Um outro agente francês, o …

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …

Misericórdias de Viseu apelam ao bom senso na vacinação

O presidente do secretariado regional de Viseu da União das Misericórdias disse esta segunda-feira à agência Lusa que na vacinação contra a covid-19 “tem de haver bom senso” e explicou que, quando sobram vacinas, “têm …

Quatro futebolistas e presidente do Palmas morrem em queda de avioneta no Brasil

Quatro futebolistas e o presidente do Palmas morreram ontem num acidente de aviação a caminho de Goiânia, onde a equipa da quarta divisão brasileira ia defrontar o Vila Nova na Taça Verde. "Lamentamos informar que não …

Marcelo bate recorde de Mário Soares. É o primeiro a ganhar em todos os concelhos

Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro candidato a ganhar todos os concelhos numas eleições presidenciais em democracia. O candidato a Presidente da República e reeleito para o cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, ganhou a votação …

Portugal regista mais 252 mortes e 6.923 casos de covid-19

Portugal registou, esta segunda-feira, mais 252 mortes e 6.923 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, …

Pintor Francisco Gaia morre aos 87 anos

O pintor e escultor Francisco Gaia, que realizou exposições nos Estados Unidos, Holanda e Portugal, morreu no sábado, em Vila Franca de Xira, aos 87 anos, vítima de covid-19, disse a família à agência Lusa …

"El Chapo asiático", um dos traficantes mais procurados do mundo, detido em Amesterdão

Tse Chi Lop, o líder do The Company, uma rede criminosa que domina um mercado ilegal de drogas em toda a Ásia, avaliada em mais de 70 mil milhões de dólares, foi detido na sexta-feira …