Detetado fator climático determinante para a propagação do coronavírus

14

Rovena Rosa / ABr

Altas temperaturas combinadas com baixa humidade propiciam que as gotículas contaminadas com o novo coronavírus evaporem mais rapidamente, reduzindo a sua capacidade de infetar pessoas.

De acordo com os cientistas, citados pelo canal estatal russo RT, a velocidade a que as gotículas de saliva se evaporam, determinada pela temperatura e humidade relativa da atmosfera, é um fator chave no ritmo de proliferação da covid-19.

Através de um modelo informático, a equipa descobriu que “as altas temperaturas e a baixa humidade provocam altas taxas de evaporação das gotículas de saliva contaminadas, o que reduz significativamente a viabilidade do vírus”, afirma Talib Dbouk, um dos autores do estudo publicado, esta terça-feira, na revista científica Physics of Fluids.

Além disso, os investigadores examinaram a influência da velocidade do vento na propagação do vírus, tendo descoberto que a nuvem de gotículas contaminadas mantém a sua forma esférica tanto com ventos de 10 metros por segundo como de 15 metros por segundo. Portanto, o distanciamento social deve ser respeitado não só na direção do vento, mas também na direção perpendicular a ele, acrescentam os cientistas.

“Estas descobertas devem ser tidas em conta devido à possibilidade de uma segunda vaga no outono e no inverno, quando as baixas temperaturas e as altas velocidades do vento aumentarão a sobrevivência e a transmissão do vírus no ar”, afirma a equipa.

A pandemia do novo coronavírus já infetou mais de 31 milhões de pessoas em todo o mundo, incluindo mais de cinco milhões na Europa, segundo um recente balanço da agência AFP.

  ZAP //

14 Comments

  1. Deve ser por isso, que Itália com o seu clima quente e seco, teve das piores taxas de propagação em toda a Europa, logo no primeiro surto. Por outro lado é curiosíssimo virem dizer isto com base na teoria da propagação pelo ar, no meso dia em que por toda a comunicação social, saiu a notícia de que CDC reconhece erro ao dizer que o coronavírus se transmite por via aérea.

    Enfim… Percam mais tempo a pesquisar as coisas a sério antes de se apressarem em vir para a comunicação social à primeira teoria. Isto só mostra que mais importante do que fazer investigação científica, é aparecer na comunicação social.

    • O senhor esqueceu-se do factor comportamento social. Aqui em Portugal nós cumprimentamos as senhoras com um beijinho e daí o risco aumenta, mas cumprimentamos os homens com um aperto de mão.
      Se tivesse ido a Itália sabia que socialmente os homens se beijam na cara da mesma forma, ou seja, duas vezes mais hipóteses de ficarem infectados.
      Já andou nos transportes publicos em Itália? CHEIOS
      Já comeu num restaurante em Itália? APERTADO
      Acha que Itália é o que ve em filmes ? EStá enganado
      .

    • Em lado algum a noticia diz que o “fator climático” é o ÚNICO factor… convém ter algum sentido critico ao comentar…

    • Em Milão, o Verão é morno e húmido, o Inverno muito frio. Ao longo do ano, a temperatura varia entre -1º C e 30º C. Em fevereiro foram detetados os primeiros casos de Covid-19 na Lombardia. Quando se parte de uma premissa falsa, tudo o mais é errado.

  2. Blá blá, blá, o vírus 19 existe desde a ano passado, muito antes de Novembro, segundos eles (OMS) e afins, ocultaram dos interessados, lá saberão o porquê, agora dizem de novo a mesma lenga lenga que todos já sabemos , bla bla bla …

    • É mesmo, Albertina!
      Esta gente quer reinar com o medo e enfiar a vacina pela veia de todos. Muitos €€€€€€€€ é só o que lhes move.

    • Blá Blá Blá foi o que entendi do seu comentário.
      O Covid 19 foi descoberto em 2019 mas não se sabia o quão infeccioso poderia ser. Veio-se a descobrir depois. Não se sabia que se poderia tornar pandemia… se cada virose que aparece-se cancelassem todo um país as coisas estavam muito mal! Pior… o mundo parava de certeza.
      QUe tal falar de algo que conhece? Como “Blá blá bla”

  3. É curiosíssimo virem dizer isto com base na teoria da propagação pelo ar, no meso dia em que por toda a comunicação social, saiu a notícia de que CDC reconhece erro ao dizer que o coronavírus se transmite por via aérea. Deve ser por isso, que Itália com o seu clima quente e seco, teve das piores taxas de propagação em toda a Europa, logo no primeiro surto.

    Enfim… Percam mais tempo a pesquisar as coisas a sério antes de se apressarem em vir para a comunicação social à primeira teoria. Isto só mostra que mais importante do que fazer investigação científica, é aparecer na comunicação social.

  4. Covid-19 é mais um da família coronavirus.
    HIV, Ébola, Gripe Espanhola, vários Câncer, são todos da família, mataram e continuam a matar milhões, mas o mundo não parou!?
    Este vírus, é um actor de teatro, contratado, por lobbies políticos, médicos, cientistas, comunicação social e farmacêuticas, que visa pela pandemia do medo, tirar-nos os direitos e liberdades.
    Em suma, escravizar e manipular o povo, matar o excesso, é a nova ordem mundial.

    • Não percebi bem qual é o culto concreto da tua igreja conspiracionista.
      A tua teoria é a de que o vírus não existe e a pandemia é falsa e é tudo uma fabricação das televisões e que os hospitais estão vazios e não está ninguém a morrer e que é tudo inventado para se vender vacinas e controlar as populações?
      Ou a tua teoria é a de que a pandemia existe e o vírus anda por aí a matar pessoas, mas que o virus foi criado em laboratório para se vender vacinas e controlar as populações?
      Não vejo que possa ser as duas. Qual delas é? Concretamente?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE