Fátima à espera de milhares de emigrantes

José Gomes / Flickr

-

Milhares de pessoas são esperadas hoje e na quarta-feira, no Santuário de Fátima, para a peregrinação dos migrantes que, este ano, destaca os emigrantes portugueses, devido ao “grande aumento” do seu número nos últimos anos.

A peregrinação, integrada na 42ª Semana Nacional de Migrações, uma iniciativa da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana e da Obra Católica Portuguesa de Migrações, é presidida pelo bispo da Diocese do Porto, António Francisco dos Santos.

O prelado foi, na década de 1970, responsável pastoral da comunidade portuguesa emigrante da paróquia de S. João Baptista de Neuilly-sur Seine, em França.

Esta peregrinação é a que tradicionalmente maior número de fiéis reúne na Cova da Iria, depois das de 13 de maio e de 13 de outubro, e começa esta terça-feira às 18h30, na Capelinha das Aparições, com o acolhimento pelo bispo de Leiria-Fátima, e saudação pelo prelado do Porto, seguindo-se, três horas depois, a recitação do terço, a procissão das velas e a celebração da eucaristia.

As cerimónias são retomadas na manhã de quarta-feira com a recitação do terço, às 9h15, na Capelinha das Aparições, e pelas 10h, começa a missa, a principal celebração, que inclui a oferta de trigo – uma tradição que se repete desde 1940, em todos os dias 13 de agosto -, a bênção dos doentes e a procissão do adeus.

Segundo o Santuário de Fátima, durante o ano de 2013 foram oferecidos ao templo 11.213 quilos de trigo e 404 quilos de farinha, onde se consumiram aproximadamente 15.000 hóstias e 1.455.000 partículas, nas 6.955 missas celebradas.

O diretor da Obra Católica Portuguesa de Migrações, frei Francisco Sales Diniz, explicou que a peregrinação dos migrantes é, este ano, centrada nos emigrantes portugueses, devido “ao grande aumento do número de emigrantes”, alguns “com tantas dificuldades lá fora e a viverem situações dramáticas”.

Estima-se que, entre 2007 e 2012, deixaram o país, em média, 80 mil portugueses por ano.

Até segunda-feira de manhã, estavam inscritos no Serviço de Peregrinos do Santuário de Fátima 29 grupos, nacionais e estrangeiros.

A peregrinação dos migrantes é o ponto alto da 42ª Semana Nacional de Migrações – este ano subordinada ao tema “Migrações, rumo a um mundo melhor” – que arrancou no domingo e termina no dia 17.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo flexibiliza prescrição eletrónica de medicamentos

Esta quinta-feira, foi publicado em Diário da República o decreto-lei que cria o regime excecional de prescrição eletrónica de medicamentos durante o estado de emergência. O Governo criou um regime excecional de prescrição eletrónica de …

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …

Linhas de crédito alargadas a todos os setores de atividade

O Governo alargou os apoios "à globalidade do tecido empresarial", nomeadamente aos setores do comércio e serviços, dos transportes, do imobiliário, da construção, indústrias extrativas e transformadoras. As linhas de crédito lançadas pelo Governo para apoiar …

Rui Rio: PSD não está a cooperar com o PS, mas com o Governo em nome de Portugal

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou esta quinta-feira que não está a cooperar com o PS, mas com o Governo de Portugal na crise da pandemia, esclarecendo que aquilo que defende é uma lógica …