Há 5.000 anos, uma família inteira foi assassinada e enterrada por alguém conhecido

(dr) Hannes Schroeder

O mundo era um lugar perigoso no começo do terceiro milénio a.C. A Idade do Bronze estava a começar e a Europa estava em plena transformação.

Para o leste do continente, os povos das estepes mudaram-se para o oeste e entraram em contacto com as pessoas que já viviam na região.

Perto da atual cidade de Koszyce, ao sul da Polónia, os arqueólogos passaram anos a estudar um túmulo no qual descansam 15 pessoas, mulheres, homens e crianças. Os 15 foram executados com golpes na cabeça.

Paradoxalmente, as análises arqueológicas e genéticas revelaram que foram enterrados com extremo cuidado, juntamente com os bens rituais e respeitando os laços familiares que os uniam na vida. Tudo indica que os sobreviventes do massacre regressaram ao local para enterrar os seus mortos.

De acordo com a ABC, as análises acabam de ser publicadas na revista Proceedings of the National Academy of Sciences e vislumbram uma profundidade sem precedentes na violência e nas estruturas sociais que existiam no final do Neolítico.

Os investigadores fizeram um estudo aprofundado das feridas das vítimas. Aplicaram técnicas de datação por radioisótopos no esmalte dos dentes e realizaram análises genómicas para reconstruir as relações de parentesco entre todos.

Tudo isto “permitiu traçar uma imagem consideravelmente detalhada da comunidade neolítica tardia, incluindo a sua ancestralidade genética, aparência física, estrutura de parentesco e organização social”, escrevem os autores, liderados por Hannes Schroeder. Os investigadores descobriram que os corpos foram cuidadosamente colocados de acordo com as suas relações de parentesco, por alguém que os conhecia.

As análises genéticas revelaram que os mortos não possuem genomas dos grupos da cultura da cerâmica cordada. Como os autores sugeriram, isto sugere que “embora a razão para o massacre seja desconhecida, é possível que estivesse ligado à expansão dos grupos da cerâmica cordada, uma vez que poderia ter levado à competição por recursos e conflitos violentos.”

Além disso, análises detalhadas dos 15 esqueletos revelaram a presença de seis linhas maternas. Tudo indica que era uma família numerosa, ligada por relações de parentesco de primeiro e segundo grau, compostas por quatro famílias nucleares. Quem os enterrou sabia dessas relações, porque colocou as mães e os filhos juntos.

(dr) Michal Podsiadlo

Descobriu-se que quatro indivíduos eram meios-irmãos, de mães relacionadas, e a ausência de homens ou pais é surpreendente: sugere que foram eles que enterraram as suas famílias.

Na verdade, apenas um pai foi encontrado, cuja parceira e filho estão do outro lado do túmulo, e uma criança, cujos pais não estão presentes, mas que está perto de tios e sobrinhos. Há também uma mulher geneticamente não relacionada a qualquer pessoa do grupo, mas que é próxima de um jovem.

Tudo isto indica que as famílias nucleares faziam parte de grupos familiares ampliados, permanentemente ou sazonalmente.

Todos os falecidos sofreram lesões cranianas e, em alguns casos, lesões de defesa, que são fraturas nos membros superiores produzidas quando uma pessoa tenta defender o rosto ou cabeça com os braços. Isso indica que foram capturados e executados. O episódio excaixa com a violência generalizada e frequente na pré-história europeia. Parece que a violência letal e os massacres foram especialmente abundantes em tempos de competição por recursos e expansão de grupos por territórios já ocupados.

Até agora, foi observado que a violência letal se concentrava em comunidades inteiras ou apenas em homens, nos quais crianças e mulheres eram cativas. O túmulo de Koszyce encaixa no primeiro caso e indica que os homens fugiram ou estavam fora quando os inimigos atacaram a família.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Responder a Jose Cancelar resposta

António Joaquim entrega recurso no Supremo no caso do homicídio do triatleta

O advogado de António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, entregou, esta segunda-feira, no Supremo Tribunal de Justiça um recurso sobre essa decisão, defendendo a sua revogação e a …

57% dos portugueses diz que a pandemia dificultou acesso à saúde (e mais de 600 mil perderem consultas)

Mais de metade dos portugueses (cerca de 57%) considera que a pandemia dificultou o seu acesso aos cuidados de saúde, sendo a população mais idosa (69%) e os doentes crónicos (70%) quem mais manifesta esta …

“Negacionista e bem raivosa”. Livro de ex-ministro da Saúde revela reação de Bolsonaro à pandemia

O primeiro ministro da Saúde do mandato de Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, publicou um livro sobre o combate à pandemia no Brasil e revelou que o Presidente teve uma reação “negacionista” e “raivosa”. De acordo …

"É um génio". Futre acredita que João Félix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo

O antigo internacional português e antigo jogador do Atlético de Madrid Paulo Futre acredita que João Felix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo. "É um génio. Cada vez que a bola passa pelos …

Seis novos sauditas indiciados na Turquia pela morte de Khashoggi

Os seis sauditas, indiciados a alguns dias do segundo aniversário do homicídio, não se encontram na Turquia e devem ser julgados à revelia. O procurador de Istambul indiciou, esta segunda-feira, seis novos sauditas suspeitos de …

Expressões neutras e imagens de homens e mulheres. Governo quer militares a usar linguagem inclusiva

O Ministério da Defesa quer que os militares comecem a usar uma linguagem mais inclusiva e menos discriminatória nos documentos e comunicações oficiais, de acordo com uma diretiva enviada Estado-Maior-General das Forças Armadas e aos …

Trump acusado de incentivar afro-americanos a não votar em 2016. E queria a filha Ivanka como vice

A equipa da campanha digital de Donald Trump tentou dissuadir milhões de afro-americanos de votar nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016, segundo uma investigação hoje divulgada por jornalistas da estação de televisão britânica Channel 4 …

Leitura, Matemática e Ciências. Alunos portugueses são únicos da OCDE com cada vez melhores resultados

Os alunos portugueses foram os únicos da OCDE que têm vindo a melhorar significativamente os seus desempenhos a Leitura, Matemática e Ciências, segundo uma análise que compara o desempenho académico de jovens de 15 anos …

Desabamento nas obras do Metro de Lisboa provoca quatro feridos

Um desabamento nas obras do Metro de Lisboa, na estação da Praça de Espanha, provocou esta terça-feira quatro feridos ligeiro, desconhecendo-se ainda a gravidade do seu estado, e a interrupção da circulação na linha Azul. Os …

Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Um campeão categórico, Ronaldo fora do pódio e uma equipa a pé até ao estádio

O FC Porto goleou o vizinho Boavista, o Benfica ficou a lamentar tanto desperdício e o Sporting entrou a ganhar no campeonato. Destaque ainda para o Santa Clara, Rúben Dias, João Félix, Ronaldo e Messi... e …