Quando faltarem 5 dias para o apocalipse a NASA avisa

Astrónomos e programadores da NASA criaram um sistema de alerta precoce para um eventual “ataque asteroidal”, que pode, com quase 100% de garantia, detetar qualquer asteróide cinco dias antes de este se aproximar da Terra.

Ao longo das últimas décadas, cientistas de todo o mundo têm vigiado ativamente os asteróides próximos da Terra e conduzido uma espécie de censo cósmico, na tentativa de entender a que ponto são perigosos para a Humanidade.

No espaço próximo à Terra há tantos asteróides que os astrónomos tiveram de criar uma tabela especial para avaliar a hipótese de estes atingirem a Terra.

Apesar do grande número descoberto nos últimos anos, com a ajuda de telescópios terrestres e do observatório WISE (Explorador Infravermelho de Campo Amplo), muitos asteróides grandes e inúmeros objetos espaciais menores (do tamanho semelhante ao do meteorito que caiu em Chelyabinsk em fevereiro de 2013), há muitos outros que ainda não foram descobertos.

Segundo o relatório publicado pela NASA em 2011, até hoje conhecem-se apenas cinco mil asteróides com diâmetro aproximado a uma centena de metros, enquanto se estima que o número total de asteróides seja de dezenas de milhares.

O número de corpos objetos menores dentro do cinturão principal de asteróides pode ser ainda maior e chegar a um milhão.

É por esta razão que a NASA, a Roscosmos e outras agências espaciais estão a trabalhar para desenvolver sistemas de deteção de asteróides antes de estes atingirem a Terra.

O primeiro projeto desse tipo foi o sistema Scout, desenvolvido na NASA e testado com sucesso em novembro deste ano.

Ao usar o telescópio PAN-STARRS, foi possível detetar o asteróide 2016 UR36 cinco dias antes do seu encontro com o nosso planeta, calcular o seu diâmetro (entre cinco e 25 metros) e determinar a distância entre ele e a Terra.

Segundo o Universe Today, o prazo de cinco dias pode parecer insuficiente mesmo para enviar uma missão liderada por Bruce Willis ao estilo “Armageddon”. Mas antigamente, os cientistas só eram capazes de detectar tal “assassino espacial” algumas horas antes da sua queda.

Com cinco dias de vantagem, os cientistas podem, pelo menos, avaliar os eventuais prejuízos e tomar as medidas adequadas para conseguir salvar os habitantes da respetiva área.

ZAP / Sputnik News

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ainda este ano (faz uns 2 a 3 meses).. detectaram um apenas 3 dias antes de passar entre a lua e a terra..

    … se acertasse não ia ser bonito!
    .
    É tecnicamente impossível mapear com exactidão (tal imensidão de espaço) objectos que se deslocam com velocidades sem precedentes! Para além das dificuldades técnicas… mesmo que o conseguissem fazer.. não pensem que tal seria anunciado ao público em geral!

RESPONDER

Apesar da pandemia, juiz Carlos Alexandre marca sessões do caso Tancos para abril

O juiz Carlos Alexandre marcou o interrogatório do principal arguido do processo relativo ao furto das armas de Tancos, João Paulino, para dia 21 de abril. De acordo com um despacho datado de 1 abril, citado …

Conceição pode estar de saída. FC Porto pode dar 5 milhões por ano a Jesus

O treinador portista, Sérgio Conceição, pode estar de saída para a Alemanha. Como alternativa, o FC Porto está disposto a pagar 5 milhões de euros por ano a Jorge Jesus. Sérgio Conceição pode estar de saída …

Estado paga subsídio de refeição em teletrabalho. No privado, os patrões estão confusos

Mesmo à distância, os funcionários públicos mantêm o direito ao subsídio de refeição. No privado, a confusão mantém-se e os patrões estão divididos. De acordo com o secretário-geral da UGT, alguns patrões do privado estão a …

UEFA não quer campeonatos a seguir o exemplo belga

A UEFA reprovou a decisão da Liga de futebol da Bélgica que, esta quinta-feira, recomendou que se dê por terminada a época e se atribua o título ao Club Brugge.  Numa carta conjunta com a Associação de Clubes …

Boris Johnson em cheque. Desta vez, por causa da quantidade ínfima de testes

A pandemia de covid-19 está a ser um calvário político para Boris Johnson. O primeiro-ministro britânico tem sido alvo de várias críticas, sendo que a última tem a ver com a quantidade ínfima de testes …

EUA com pior recorde mundial diário de mortes. 10 milhões perderam o emprego

Os Estados Unidos registaram, esta quinta-feira, 1169 mortes em 24 horas causadas pela covid-19, o pior recorde mundial diário, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins. O número recorde de mortes em 24 horas …

Real Madrid sonda Maximiano. Sporting quer blindá-lo com cláusula de 60 milhões

O Real Madrid está atento a Luís Maximiano, o guarda-redes de 21 anos do Sporting. Os 'leões' querem blindar o jogador com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. O Real Madrid está interessado …

Lares britânicos recomendam idosos a assinar cláusula de "não-reanimação"

Lares britânicos recomendaram aos mais velhos que assinassem uma cláusula de "não-reanimação" para que as camas dos hospitais não fossem ocupadas por pessoas com uma menor probabilidade de sobreviver. No Reino Unido, surgem denúncias de que …

Costa admite segunda onda de covid-19. E dá 4 de maio como limite para normalizar ensino

Esta sexta-feira, em entrevista à Rádio Renascença, o primeiro-ministro disse que não é altura de se "baixar a guarda" e assegurou que a decisão mais difícil é a da reabertura das escolas. Para vencer esta batalha …

Encontradas centenas de garrafas de cerveja tóxica da era vitoriana

Mais de 600 garrafas de cerveja com cerca de 140 anos foram encontradas no Reino Unido. Muitas ainda continham cerveja, que estava contaminada com elevados níveis de chumbo. Uma equipa de arqueólogos encontrou mais de 600 …