Falta de enfermeiros obriga diretor e guardas a administrar medicamentos aos reclusos

Dan Buczynski / Flickr

O diretor de uma prisão ou guardas prisionais a distribuírem medicamentos aos reclusos são alguns exemplos do impacto da falta de profissionais de saúde denunciada, esta segunda-feira, pelo diretor-geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

Depois de uma visita dos secretários de Estado Adjuntos da Justiça e da Saúde, Helena Mesquita Ribeiro e Fernando Araújo, respetivamente, ao Hospital Prisional de São João de Deus, Celso Manata falou de algumas das maiores dificuldades que se vivem no meio.

A visita tinha o objetivo de acompanhar e verificar as condições de aplicação do despacho conjunto que pretende melhorar o acesso de reclusos ao Serviço Nacional de Saúde em condições de igualdade aos demais cidadãos.

O diretor geral de Reinserção e Serviços Prisionais reconheceu então existir um problema “gravíssimo de recursos humanos”, que não está em fase de resolução, já que as empresas se recusam a assegurar a presença de profissionais, tendo em conta o valor que lhes pagam. “Tínhamos o sistema assente no relacionamento com as empresas. Esse relacionamento já se percebeu que não funciona porque falha com muita frequência“, disse.

Perante a ausência de profissionais, são cada vez mais frequentes as situações em que, chegada a hora de administrar os medicamentos, têm de ser os guardas a fazê-lo. A situação é complicada em todas as prisões, mas especialmente grave em Setúbal.

No Algarve, por exemplo, teve de ser o diretor do estabelecimento de Silves, a administrar a medicação aos reclusos num dia em que não foi possível outra solução.

Celso Manata referiu que foram solicitados ao Ministério da Justiça cerca de 50 médicos e 59 enfermeiros, um pedido aceite pela tutela, mas que aguarda ainda pela autorização das Finanças.

O diretor-geral de Reinserção e Serviços Prisionais alerta para outras consequências desta falta de pessoal que passam por uma desnecessária repetição de exames: “Como o médico está sempre a rodar e não conhece a pessoa está sempre a pedir os exames todos e prescreve toda a medicação que é pedida”, disse, lamentando esta situação que, além de não ser a mais indicada em termos de saúde, custa muito dinheiro ao Estado.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Oumuamua pode ser um icebergue de hidrogénio (e um dos objetos mais raros do Universo)

Uma equipa de astrónomos da Universidade de Yale e da Universidade de Chicago propôs uma nova descrição para o Oumuamua, o primeiro objeto interestelar a passar pelo nosso Sistema Solar. De acordo com a nova teoria …

A Via Láctea pode ter sido esmagada por campos magnéticos quando ainda era um "bebé cósmico"

Nos primeiros dias do Universo, quando a Via Láctea ainda era apenas um bebé cósmico, campos magnéticos poderosos podem tê-la esmagado e ter tido um grande impacto no seu crescimento. Em entrevista ao NewScientist, astrofísicos da …

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …