Erro 451: o lápis azul passou por aqui

ccacnorthlib / Flickr

Fahrenheit 451 insprou a escolha do novo código de erro da Internet

Fahrenheit 451 inspirou a escolha do novo código de erro da Internet

A partir de agora, quando um utilizador visitar um site que tenha sido bloqueado por razões legais (leia-se: censurado), deverá encontrar um erro 451, em vez do genérico erro técnico 403 forbidden – o que é considerado uma vitória para a transparência da internet.

O Internet Engineering Steering Group aprovou no dia 18 um novo código de erro. O novo código 451 significa “indisponível por razões legais“.

O número foi escolhido, diz-se, em função da proposta inicial que pretendia homenagear o escritor Ray Bradbury pela sua distopia de ficção científica Fahrenheit 451, que descreve uma sociedade em que os livros foram banidos pelo governo.

Há 3 anos fora proposto um novo código para as situações em que os conteúdos têm de ser excluídos por terem sido considerados ilegais, quaisquer que sejam as razões invocadas pelos tribunais: censura governamental, direitos de licenciamento, privacidade, blasfémia, ameaça de segurança, etc.

O romantismo da homenagem “casou” bem com a hierarquia dos códigos HTTP. A série 400 está reservada para os diversos erros que podem ocorrer.

O que sucede na web quando uma página não está disponível?

O servidor produz uma mensagem de erro que fornece alguma informação, por mínima que seja, acerca das razões da indisponibilidade.

Muito conhecidos são erros como o 500 internal server error, e o 403 fordidden. Mas o mais famoso será mesmo o 404 file not found, o temível ficheiro não encontrado.

Este tem sido mais utilizado pelas empresas e serviços que são forçados por lei a retirar páginas e, por força da mesma lei, não podem informar sobre as razões do bloqueio.

Mas esta sua utilização era contestada, por confundir erros normais, decorrentes das interações dentro da rede, com anomalias provocadas deliberadamente pelos homens.

Shifter

PARTILHAR

RESPONDER

Raíssa faz bolachas com o lema "Fora Bolsonaro". Já se tornaram virais

Uma brasileira começou a fazer bolachas com o lema "Fora Bolsonaro" em jeito de brincadeira, mas agora já vende centenas todos os dias. Aquilo que começou como uma simples brincadeira, acabou por tornar-se viral. A ideia …

Zara, 19 anos, quer ser a mulher mais nova de sempre a voar sozinha à volta do mundo

Uma jovem, de 19 anos, pôs mãos à obra para levar a cabo um "gap year" (o chamado ano sabático) com um propósito muito fora do comum: tornar-se a mulher mais nova de sempre a …

Francês diz ter usado método matemático para ganhar o Euromilhões

O francês, que não quis revelar a sua fórmula à imprensa, ganhou, no dia 11 de junho, 30 milhões de euros com a combinação com a qual jogava há um mês. A história foi contada, esta …

Mais de metade da população portuguesa já tem a vacinação completa

Mais de metade da população residente em Portugal (52%) já tem a vacinação completa contra a covid-19, revela o relatório semanal de vacinação divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último relatório semanal …

Campeão olímpico criou problemas no seu país natal

Richard Carapaz, medalha de ouro no ciclismo, foi direto: "O país nunca acreditou em mim". Presidente do Equador, ministro e Comité Olímpico reagiram. Poucos dias depois de ter subido ao pódio final da Volta a França …

Jovens preocupados com fertilidade e efeitos secundários das vacinas contra a covid-19

Com o avanço das campanhas de vacinação, um grande número de pessoas das faixas etárias baixo dos 30 anos mostra-se relutante em tomar a vacina contra a covid-19. Os jovens falam de preocupações com fertilidade …

Dois gestos de Cla(ri)sse que ficam para a memória olímpica

Clarisse Agbégnénou foi campeã olímpica no judo, pela primeira vez - mas a atitude que demonstrou, mal venceu a final, ficará também nos registos. Campeã mundial cinco vezes, mais duas medalhas de prata. Cinco medalhas em …

Sindicatos avançam com ações legais para travar despedimento coletivo na TAP

Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP vão avançar com ações legais para travar o despedimento coletivo que a empresa iniciou na segunda-feira, que abrange 124 profissionais. "Até agora houve conversa, a partir de agora …

Ginastas alemãs usam fato integral para combater sexualização da modalidade

Ao contrário do que acontece com os ginastas masculinos, que podem optar por calções ou calças, as mulheres competem, desde o início da modalidade, de bodies que expõem grande parte do seu corpo. Quando, no último …

Tribunal europeu dá razão à SIC e condena Estado por violar liberdade de expressão

Portugal foi condenado pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH) por violação da liberdade de expressão num caso em que a SIC foi obrigada a indemnizar um ex-deputado do PS por ofensa à sua …