Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão.

Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no dia 23 de abril por ter, alegadamente, insultado a rainha do país com uma playlist no Spotify.

Em comunicado, as autoridades explicaram que Reza, que já estava a ser investigado sob as leis de sedição e comunicação da Malásia, fez uma playlist com músicas que continham a palavra “ciúme” e ilustrou-a com uma fotografia da rainha Tunku Azizah Aminah Maimunah Iskandariah.

Na mesma semana, a rainha fez um comentário, nas redes sociais, a responder a um utilizador que questionava se os chefs do palácio já tinham sido todos vacinados. Na resposta, a conta da monarca questionou se o seguidor estava com ciúmes, o que causou alvoroço nas redes sociais, escreve o Aljazeera.

A detenção de Fahmi Reza, que acabou por ser libertado sob fiança, reacendeu o debate sobre a liberdade de expressão no país do sudeste asiático, onde ser-se criativo é uma tarefa difícil, prejudicada pelas leis restritivas e pelas sensibilidades políticas, religiosas e culturais.

Mesmo antes da sua detenção, a 21 de abril, Reza defendeu, no Twitter, o direito dos artistas à liberdade de expressão.

“Num um país onde artistas, designers e satiristas foram censurados, presos e encarcerados pela sua arte, é importante que esta forma vital de expressão artística – paródia e sátira como forma de protesto político – continue a ser praticada e defendida a todo custo”, lê-se na publicação.

Em 2016, Fahmi Reza foi ameaçado pelas autoridades malaias por ter publicado memes nas redes sociais a troçar do ex-primeiro-ministro do país, Najib Razak, que estava envolvido num escândalo de corrupção.

Já em março deste ano, o ativista foi avisado pela polícia de que dois tweets seus estão a ser alvo de investigação por, supostamente, difamarem o ministro da saúde da Malásia.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

covid, Lisboa

Travão no desconfinamento em todo o país. Porto à beira do alerta e Lisboa pode recuar 2 meses

Os números da pandemia de covid-19 "continuam a aumentar", reconhece Marta Temido numa altura em que o Governo deverá anunciar o travão no desconfinamento em todo o país. Mas a situação em Lisboa é mais …

Todos contra o Chega. Parlamento chumba projeto sobre enriquecimento injustificado

O Parlamento rejeitou projecto de lei de André Ventura sobre enriquecimento injustificado com os votos contra de todos os partidos, exceto do PAN, que se absteve, e da deputada Cristina Rodrigues. O projeto de lei de …

Canon obriga funcionários na China a sorrir para irem trabalhar

Os funcionários do escritório de Pequim da multinacional japonesa são avaliados por um sistema de inteligência artificial que determina se estão felizes o suficiente para trabalhar. A medida foi criticada por invadir a privacidade dos …

Cristiano Ronaldo é o terceiro jogador mais decisivo do Euro 2020 (atrás de um belga e de um italiano)

O italiano Marco Verratti, o belga Kevin de Bruyne e o português Cristiano Ronaldo são os três jogadores mais decisivos do Euro 2020 até agora, altura em que acabou a fase de grupos da prova. …

John McAfee encontrado morto em prisão espanhola

O criador do antivírus McAfee, John McAfee, foi encontrado morto esta quarta-feira na sua cela numa prisão espanhola, aparentemente por suicídio, horas depois de a justiça espanhola ter aprovado a extradição para seu país de …

PS nacional impõe filho de dinossauro do PSD como candidato à Maia. "Inexplicável e duvidoso"

Alguns dias depois da polémica com a escolha do candidato do PS à Câmara do Porto devido a divergências internas, há mais um caso semelhante na Maia. Teresa Almadanim retirou-se da corrida depois de ter …

Computador principal do Hubble deixou de funcionar (e a NASA ainda não sabe porquê)

O Telescópio Espacial Hubble, da NASA, está em "modo de segurança" depois de o computador principal ter deixado de funcionar repentinamente no dia 13 de junho. A 13 de junho, o computador principal do Hubble deixou …

Relatório: Lisboa enviou dados para o Irão, Arábia Saudita e (27 vezes) para a Rússia

O Relatório interno da Câmara de Lisboa sobre o caso do envio de dados de ativistas a embaixadas de países estrangeiros desculpabiliza Fernando Medina, mas revela que a CML enviou dados para o Irão, a …

Cientistas descobrem como é que o cérebro nos faz espirrar

Uma equipa de cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, identificou, em ratos de laboratório, células e proteínas específicas que controlam o reflexo do espirro. "Compreender melhor o que nos faz espirrar - de que …

Casa Branca prevê falha na meta de vacinação de 70% da população até 4 de Julho

A previsão foi avançada esta terça-feira por Jeff Zients, coordenador da resposta norte-americana à pandemia do novo coronavírus. O atraso, ainda que residual, representa um percalço no plano inicialmente proposto pela Administração Biden e justifica-se, …