Facebook vai proibir publicidade a criptomoedas

Esta terça-feira, a rede social anunciou que vai banir os anúncios publicitários a criptomoedas nas suas plataformas, dado que “a publicidade enganosa não tem lugar no Facebook”.

A rede social Facebook anunciou esta terça-feira que irá proibir os anúncios a criptomoedas, por serem “serviços que são frequentemente associados a práticas promocionais enganosas”.

“Criámos uma nova política que proíbe anúncios que promovam produtos e serviços financeiros que são frequentemente associados com práticas promocionais enganosas, como opções binárias, ofertas iniciais de moedas e criptomoedas”, lê-se numa publicação sobre a nova política de anúncios.

Rob Leathern, que assina a mensagem, refere que “há muitas empresas que estão a anunciar opções binárias, ofertas iniciais de moedas e criptomoedas que não atuam de boa-fé” e que é por essa razão que a política de publicidade será “intencionalmente abrangente”.

Enquanto isso, a empresa irá trabalhar para resolver este problema e desenvolver uma forma de “melhor detetar as práticas publicitárias enganosas”.

De acordo com o Observador, esta decisão tomada pela rede social surge num momento em que as criptomoedas estão a crescer, devido à sua valorização e popularidade. No entanto, também as más notícias se propagam rapidamente e vão sendo cada vez mais conhecidos os casos de utilização criminosa destes recursos.

Esta nova política de publicidade vai ser aplicada no Facebook e no Instagram. “Queremos que as pessoas continuem a descobrir e a saber mais sobre novos produtos através do Facebook, sem medo de esquemas ou de ser enganados“, escreve Rob Leathern.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.