Facebook retira e Twitter sinaliza post em que Trump diz que covid-19 é “menos letal” do que a gripe

Jim Lo Scalzo / EPA

O Facebook voltou a retirar um post do Presidente norte-americano e o Twitter sinalizou-o, com as redes sociais a alegarem que Donald Trump disseminou informação incorreta e enganadora sobre a covid-19.

“A época da gripe está a chegar. Muitas pessoas, todos os anos, às vezes mais de 100 mil, e apesar de haver vacina, morrem desta doença. Vamos fechar o país? Não, aprendemos a viver com isto, tal como estamos a aprender com a covid-19, que em muitas populações é bem menos letal”, escreveu o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

De acordo com o jornal online Observador, o Facebook decidiu retirar a publicação em causa por este ter “informação incorreta sobre a gravidade da covid-19″. “Nós removemos informações incorretas sobre a gravidade da covid-19, e agora removemos este post”, justificou a rede social aos media.

O Twitter, por sua vez, manteve a publicação do chefe de Estado, mas sinalizou-a com uma nota em que diz que a mensagem “violou as regras do Twitter sobre a disseminação de informação enganadora e potencialmente prejudicial relacionada com a covid-19″.

No início de agosto, o Facebook já tinha retirado um post do Presidente republicano, que continha o vídeo de uma entrevista durante a qual afirmara que as crianças são “quase imunes” ao novo coronavírus.

Esta foi a primeira vez que a rede social de Mark Zuckerberg, que foi criticada por “tolerar” publicações do Presidente com informação falsa ou errada, eliminou uma publicação de Donald Trump. O Twitter, por outro lado, já retirou ou sinalizou vários posts do chefe de Estado.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.