Facebook suspende lançamento da Libra até dúvidas serem esclarecidas

Shawn Thew / EPA

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg

O lançamento da Libra, a criptomoeda do Facebook, foi temporariamente suspensa até que as preocupações regulatórias e dúvidas estejam devidamente resolvidas.

O Facebook parece decidido a jogar pelas regras no que toca ao lançamento da sua nova criptomoeda, a Libra. O líder do projeto, David Marcus, decidiu suspender a sua implementação até que todas as dúvidas dos reguladores sejam saciadas. Ultimamente, a Libra tem levantado preocupações entre várias entidades, que temem pela segurança e viabilidade da nova moeda.

Marcus diz que a Libra não pretende competir com as moedas nacionais dos países e não irá interferir de qualquer maneira com os bancos centrais na política monetária. O executivo do Facebook será ouvido esta terça-feira perante o Comité Bancário do Senado norte-americano.

“O tempo entre agora e o lançamento foi projetado para ser um processo aberto e sujeito a supervisão e revisão regulatória“, disse Marcus, citado pela Bloomberg. E deixou ainda a promessa que a Libra só entraria no mercado assim que estivesse tudo preparado e recebesse as aprovações regulatórias devidas.

O Facebook espera lançar a criptomoeda no próximo ano com a colaboração de dezenas de parceiros. Esta será construída com base numa nova infraestrutura Blockchain e contará com o apoio de uma reserva de depósitos bancários e certificados do tesouro.

Entre outros, quem não se mostrou muito contente com o surgimento da Libra foi o presidente norte-americano Donald Trump. Numa série de tweets publicados na semana passada, admitiu não ser fã da Bitcoin e de outras criptomoedas, “que não são dinheiro e cujos valores são altamente voláteis e calculados com base no ar”.

“A moeda virtual do Facebook, Libra, terá pouca importância ou fiabilidade. Se o Facebook e outras empresas quiserem tornar-se num banco, devem procurar uma nova Carta Bancária e ficarem sujeitas a todos os regulamentos bancários, assim como outros bancos”, escreveu o presidente americano.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Oposição israelita pedirá dissolução do parlamento e novas eleições

O líder da oposição israelita, Yair Lapid, anunciou na segunda-feira que apresentará na próxima semana uma iniciativa para dissolver o Knesset (parlamento) e convocar eleições, num contexto de tensão na coligação governamental, noticiou a agência …

PSD de Castelo Branco pede demissão da deputada do PS Hortense Martins

O PSD de Castelo Branco pediu esta segunda-feira a demissão da deputada socialista Hortense Martins, alegando que não tem condições para representar o distrito, depois de condenada a pagar o arquivamento de um processo onde …

Bruxelas anuncia sexto contrato para vacinas, desta vez com a Moderna

A presidente da Comissão Europeia anunciou, esta terça-feira, um novo contrato para assegurar vacinas contra a covid-19, desta feita com a norte-americana Moderna, que fornecerá até 160 milhões de doses. "Estou feliz por anunciar que aprovámos …

Shinzo Abe investigado por alegado uso ilegal de fundos para financiar eventos privados

Procuradores no Japão estão a investigar o gabinete pessoal do antigo primeiro-ministro Shinzo Abe pela alegada utilização ilegal de fundos para financiar eventos privados, para os quais foram convidados apoiantes do líder japonês entre 2013 …

Rússia anuncia eficácia de 95% da vacina Sputnik V

A Rússia anunciou, esta terça-feira, que sua vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, tem uma eficácia de 95%, segundo resultados preliminares. Em comunicado no site oficial da vacina russa, o Centro …

Emigrantes querem votar por correio nas presidenciais

O movimento de emigrantes "Também somos portugueses" pede a alteração urgente das leis eleitorais para que possam votar por correio, no mesmo dia em que Marcelo Rebelo de Sousa, atual Presidente da República, anuncia a …

"Um objectivo histórico". Efacec leva luz a todo o Ruanda

A Efacec instalou três sub-estações de alta tensão no Ruanda, contribuindo atingir "um objetivo histórico da República do Ruanda" com "a electrificação total do país em 2023". O projecto da empresa portuguesa está orçado em …

Portugal com mais 85 mortes e 3919 casos de covid-19. Número de internados nunca foi tão alto

Portugal regista, esta terça-feira, mais 85 mortes e 3919 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3919 novos casos, 2284 …

Vésperas de feriado sem confinamento obrigatório

Nos dias 30 de novembro e 07 de dezembro, que antecedem os dois feriados, não serão aplicadas as restrições de circulação definidas para os fins de semana e feriados, embora as escolas interrompam a atividade …

Eduardo Catroga: Foi o PS quem ultrapassou as "linhas vermelhas" após aceitar apoio do PCP e do BE

Eduardo Catroga, antigo ministro das Finanças de Cavaco Silva, defende que foi o PS quem ultrapassou as "linhas vermelhas" após aceitar o apoio do PCP e do Bloco de Esquerda, partidos "anti-tudo". O ex-ministro das Finanças …