Facebook está “mais bem preparado” contra manipulação de eleições

Shawn Thew / EPA

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, no Senado norte-americano

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que a maior rede social do mundo está “mais bem preparada” contra tentativas de manipulação de eleições, quando pairam novas ameaças sobre as legislativas de novembro nos EUA.

Criticado, nos últimos meses, por não ter levado a sério as campanhas de desinformação e de manipulação atribuídos a próximos do regime russo durante as presidenciais norte-americanas de 2016, Mark Zuckerberg tem procurado assegurar que o Facebook ganhou consciência da dimensão do problema e está a investir para o combater.

Em 2016, a rede social “estava preparada para ataques cibernéticos tradicionais, como o phishing ou hacking, mas não esperava que atores estrangeiros lançassem ataques cibernéticos coordenados”, através de “contas falsas” com o objetivo de “disseminar a divisão e a desinformação”, reconheceu, novamente, o patrão do Facebook.

“Hoje, o Facebook está mais bem preparado para esse tipo de ataque”, disse Zuckerberg, lembrando que a maior rede social do mundo já identificou e removeu contas falsas antes das eleições em França, na Alemanha, no México, no Brasil e no estado norte-americano do Alabama.

Além das campanhas de desinformação atribuídas à Rússia, mas desmentidas pelo Kremlin, o Facebook também identificou “uma rede baseada no Irão com redes à imprensa estatal iraniana que tentava espalhar propaganda nos EUA, Reino Unido e Médio Oriente”, relatou.

“Estamos a enfrentar adversários sofisticados e bem financiados, que não vão desistir e vão continuar a evoluir”, avisou o responsável pelo Facebook.

No total, disse, “foram removidas mais de mil milhões de contas falsas, na sua maioria nos minutos seguintes a serem criadas, antes que pudessem causas quaisquer danos”, entre outubro e março.

Segundo Zuckerberg, graças à aprendizagem das máquinas, uma das facetas da inteligência artificial, o Facebook bloqueia diariamente “milhões de contas falsas”.

A rede social vai ainda disponibilizar a todos os seus parceiros de “verificação de factos”, em todo o mundo, uma ferramenta tecnológica para facilitar a identificação de imagens e vídeos falsos ou enganosos.

O Facebook colabora com 27 parceiros nesta tarefa, incluindo a agência noticiosa France-Presse. Grupos de Internet dos EUA, especialistas, autoridades eleitas e serviços de inteligência concordam que as próximas eleições norte-americanas não vão escapar a novas tentativas de desestabilização política.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa suspensa a partir de hoje (e durante 45 dias)

A Transtejo tinha informado que a ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa estaria suspensa a partir desta segunda-feira, por 45 dias, devido a obras, mas será assegurado transporte rodoviário até ao terminal de Almada. “A …

Nagorno-Karabakh. Arménia e Azerbaijão acusam-se mutuamente de violação de novo cessar-fogo

A Arménia e o Azerbaijão trocaram esta segunda-feira acusações pela violação de um novo cessar-fogo acordado no domingo para pôr fim às hostilidades no enclave de Nagorno-Karabakh, que deveria ter entrado hoje em vigor. A Arménia …

Venezuela testou molécula que "anula a 100%" o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela anunciou, este domingo, que o Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC) testou com sucesso uma molécula, a DR10, que "anula 100%" o novo coronavírus. "O IVIC testou uma molécula usada para tratar …

Com a bancarrota a caminho, Governo Sócrates vendeu quase 80% dos imóveis públicos

Numa altura em que o país já estava em situação complicada, com o cenário de bancarrota no horizonte, o último Governo de José Sócrates vendeu quase 80% do património imobiliário público em apenas dois anos. Estes …

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, houve centenas de festas ilegais e álcool na rua

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, foram muitos os que ignoraram as restrições. A polícia espanhola foi obrigada a intervir em centenas de festas ilegais e numa festa ao ar livre com mais …

Casa Branca admite que EUA não poderão controlar pandemia. Biden acusa Trump de ter desistido

A Casa Branca admitiu este domingo que os EUA não poderão controlar a pandemia por ser tão contagiosa, numa mudança à postura de minimização da gravidade da crise, numa altura em que há novos recordes …

GNR obrigada a intervir no GP de Fórmula 1. Bastonário diz que evento foi um "insulto" aos profissionais de saúde

O circuito de Portimão teve de fechar algumas bancadas para garantir o distanciamento dos 27.500 espetadores autorizados pela Direção-Geral de Saúde (DGS). Pelo menos em duas foi necessária a intervenção da GNR. Em comunicado, a GNR …

Governo atira-se ao Bloco de Esquerda. Voto contra é "incompreensível"

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, afirmou que "o Governo considera incompreensível que não possa contar com o Bloco de Esquerda" para aprovar o Orçamento do …

Chilenos votam de forma esmagadora para substituir Constituição de Pinochet

Os chilenos votaram de forma esmagadora, este domingo, a favor de uma nova Constituição para substituir a herdada da era do ditador Pinochet, num referendo realizado um ano após uma revolta popular contra a desigualdade …

Parques eólicos instalados em terrenos baldios vão passar a pagar IMI

Os terrenos baldios onde sejam instalados parques eólicos destinados a produzir energia elétrica vão perder o direito à isenção de IMI que a lei previa anteriormente para este tipo de imóveis. O Jornal de Negócios adianta …