Se extraterrestres visitassem a Terra “não estariam vivos”, diz astrónomo do SETI

Especialistas do Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI), entidade que tem por objetivo a busca de vida no espaço, estão a afastar-se cada vez mais da ideia de encontrar inteligência extraterrestre igual à humana.

Num artigo de opinião publicado no The Guardian, Seth Shostak, astrónomo sénior do SETI, argumentou que, tendo em consideração as leis da física, se extraterrestres surgissem na Terra seria encontrada inteligência alienígena diferente de tudo já visto no planeta.

“É improvável que quaisquer extraterrestres que viajem para o nosso planeta sejam formas de vida baseadas em carbono”, escreveu. “As suas habilidades cognitivas provavelmente não serão alimentadas por uma massa esponjosa de células que chamaríamos de cérebro. Eles provavelmente terão ido além da inteligência biológica e, na verdade, além da própria biologia”, apontou, sublinhando: “Eles não estariam vivos”.



A razão, explicou, prende-se à duração de uma viagem interestelar. Shostak indicou que seriam necessários 75 mil anos para chegar à estrela mais próxima da Terra, a Proxima Centauri, onde se encontra o planeta Proxima Centauri b.

Embora as civilizações alienígenas possam ser mais avançadas, ainda necessitam de operar dentro das leis da física. Se encontrassem uma maneira de acelerar a viagem, teriam que dispensar grandes quantidades de energia e, devido às distâncias envolvidas, provavelmente não poderiam realizar a mesma durante o tempo de vida.

Contudo, continuou, caso estejam dispostos a despender desse tempo, poderiam atravessar essas distâncias. “As máquinas não vão reclamar se ficarem presas numa nave por dezenas de milhares de anos. Não precisam de comida, de oxigénio, de saneamento ou de entretenimento. E não insistem num bilhete de ida e volta”, referiu o especialista.

Shostak já havia declarado que, dentro de algumas décadas, os humanos descobririam vida alienígena no universo.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. De novo os cientistas do SETI a pensar dentro da sua caixinha:
    – Leis da física aplicam-se à Terra e ao muito pouco que conhecemos do “espaço” logo poderão existir outras leis que permitam viajar a velocidades milhares de vezes mais rápidas que a da luz ou fazer “atalhos”.
    – Tal como algumas árvores e outros organismos na Terra conseguem viver milhares de anos também os ditos extra-terrestres podem ter essa possibilidade e ser igualmente parecidos com os seres humanos.
    – Tudo o que eles dizem são possibilidades válidas mas se a humanidade há 500 anos ainda estava na “idade das trevas” será que estes cientistas conseguem sequer imaginar o que seria uma socidade 75.000 mais evoluída do que a nossa? A verdade é que é impossível porque eles imaginam essa sociedade como algo criado baseado nos conhecimentos deles tornando totalmente irreal qualquer tentativa apenas. Se andarmos 2000 anos para trás no tempo estou certo de que nenhum cientista conseguiria imaginar algo perto da realidade dos dias de hoje.

    • -O pior cego é o que não quer ver?
      -O pior cego é o que vê coisas onde não há nada para ser visto?
      -O pior cego é o que gostou tanto de ver uma luz que agora não consegue desviar os olhos dela?
      Todos temos as nossas caixinhas e todos pensamos dentro delas. E todos somos vítimas duma ou de outra destas frases, de vez em quando…
      (Eu incluído, obviamente.)
      Entretanto, a vida continua, e o melhor que podemos fazer é ir avançando com o que sabemos até à data, e ao mesmo tempo tentar evitar a cegueira de qualquer das frases acima. Acho que é isso que os cientistas do SETI fazem: Avançam com o que sabem, continuam a procurar, e quando encontram novidades adaptam-se.
      E isso é muito melhor do que teimar numa qualquer “verdade” do nosso agrado só porque sim!

  2. A esta hora caso tivessemos contacoii com extraterrestres – a existir – g«ahveria já relottes de et frito e no churrasco! Os humanos onde metem o pé e a mão destroem tudo. Ou então, eles são espertos e já viram isso e evitam os humanos, pois dá mau jeito acabar no prato. Tambem podem ser agressivos e não ter qualquer tipode moral “humana”, já que as Leis que nós por vezes entendemos ser imutáveis podem não se aplicar a outros.

  3. Se uma civilização nos visitar será muito mais desenvolvida que a nossa e a julgar pelos padrões humanos, quando há encontro, resulta sempre em conflitos e subjugação
    Podemos avaliar pelo que os europeus fizeram quando chegaram a América ou África só que desta vez os primitivos somos nós

  4. Uma questão que a Ciência, por vezes, se esquece é a de que podem existir outras forma de vida. Recorrendo ao livro sagrado dos Cristãos – a Bíblia, lemos nela que há criaturas espirituais e que essas estiveram na terra e que também se materializavam, chegando a procriarem com os seres humanos (Gênesis 6:2). Desconsiderar esse fato é não querer compreender os vestígios de civilizações que ocorreram antes do relato da Criação contido na Bíblia. A Bíblia diz que essas criaturas ainda vivem entre nós. São os ET”s que Cientistas da Nasa dizem viver entre nós. A partir do momento que a Antropologia e a Arqueologia seguirem por esse caminho e fazerem uso da IA, solucionarão muitas questões.

  5. Quando se é reacional, como foi esta análise do SETI, lá vêm os metafísicos da conspiração dar as suas opiniões baseadas em … nada!
    Coitados do Einstein, e de todos os cientistas que estudam para matematicamente demonstrarem como funciona a ciência (já desde o sec V antes de Cristo que os gregos haviam chegado à verdade de que a base do Universo é o número).

  6. Muito sinceramente ler opiniões disparatadas, sem qualquer base cientifica por vezes faz-me pensar que se fala só porque se pode…..
    Obviamente acredito em vida ou inteligência extraterrestre, num universo com a grandeza conhecida, sermos os únicos bafejados com a sorte da vida é por demais improvável.
    No entanto, muito embora nos seja quase impossível vislumbrarmos todas as leis da física das quais nem sequer sonhemos ainda a existência, outras há que são amotáveis.
    Com 75.000 anos de viagem para o sistema mais próximo (Há velocidade da luz), é efectivamente muito improvável que consigamos um encontro com um outro ser vivo.
    Talvez fosse bom relembrar a teoria da relatividade de Einstein na sua formula completa E²=(mc²)²+(pc)², em que (pc)² demonstra com aumenta a massa quando há movimento.
    Relembrando que até ao momento todos os estudos confirmam os valores encontrados por Einstein.

RESPONDER

Afinal, Messi deverá mesmo ficar no Barcelona

O internacional argentino já terá chegado a acordo com a direção do Barcelona para a renovação do contrato por mais cinco temporadas. De acordo com o jornal Sport, Leonel Messi irá renovar com o Barcelona até …

Profissionais de saúde pedem clarificação das normas de vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos

Dificuldades na comunicação das diretrizes da Direção Geral de Saúde tem gerado dúvidas às famílias, aos profissionais de saúde e até ao Presidente da República. A polémica em torno da vacinação dos jovens entre os 12 …

"Temos muito a concretizar". Marcelo e Bolsonaro em encontro sem espaço para debater divergências

As posições comuns entre Portugal e o Brasil marcaram a conversa desta segunda-feira entre Marcelo Rebelo de Sousa e Jair Bolsonaro, num encontro sem espaço para discutir divergências ou uma eventual visita do Presidente brasileiro …

Neandertais tinham tipos sanguíneos, tal como os humanos modernos

Um novo estudo indica que os Neandertais, tal como nós, humanos modernos, também podiam ter outros tipos de sangue encontrados no sistema ABO. De acordo com o site EurekAlert!, cientistas analisaram os genomas previamente sequenciados …

Moedas assume: "Tenho de lutar muito nesta fase em Lisboa"

Carlos Moedas, candidato da coligação Novos Tempos à Câmara Municipal de Lisboa, entregou esta segunda-feira as listas dos candidatos aos órgãos autárquicos. O cabeça de lista da coligação Novos Tempos à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, …

Auto-agendamento para jovens de 16 e 17 anos já está disponível

O auto-agendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 16 ou mais anos ficou hoje de madrugada disponível no site na Internet da Direção-Geral da Saúde. A possibilidade de os jovens a partir dos 16 …

Jacobs, o americano 100% italiano que quase não fala inglês

O atleta mais rápido nos Jogos Olímpicos foi Marcell Jacobs, que nasceu nos Estados Unidos da América mas viveu (quase) sempre em Itália. Lamont Marcell Jacobs Jr. não estava entre os maiores favoritos à conquista da …

Fernando Pimenta conquista medalha de bronze

O canoísta português Fernando Pimenta, que hoje conquistou a medalha de bronze em K1 1.000 metros, admitiu ter cumprido “um dos sonhos”, mas “faltou o outro, de ser campeão olímpico”. Fernando Pimenta, de 31 anos, que …

Afinal, altos níveis de testosterona não resultam em homens mais bem-sucedidos

Anteriormente, vários estudos relacionaram níveis elevados de testosterona ao sucesso socioeconómico. Contudo, uma ligação é diferente de uma causa e uma pesquisa sugere que este fator pode ser menos importante. Ao contrário do que se concluiu …

A rotação da Terra está a diminuir (e essa pode ser a razão pela qual vamos ter sempre oxigénio)

Desde a sua formação, há cerca de 4,5 mil milhões de anos, a rotação da Terra tem vindo a diminuir gradualmente e, como resultado, os seus dias têm-se tornado progressivamente mais longos. Segundo o site Science …