Os extraterrestres podem estar a usar buracos negros para viajar pela Via Láctea sem serem vistos

ESO/WFI, MPIfR/ESO/APEX/A. Weiss et al., NASA/CXC/CfA/R. Kraft et al.

Um astrónomo da Universidade de Columbia tem um novo palpite sobre a forma como as civilizações alienígenas conseguirão viajar pela Via Láctea sem serem vistos.

De acordo com a hipótese de David Kipping, os extraterrestres disparam lasers contra buracos negros binários – ou buracos negros gémeos. Esta ideia é uma melhoria futurista de uma técnica que a NASA utiliza há várias décadas.

Atualmente, as naves espaciais já navegam no nosso sistema solar usando poços de gravidade como “balas”. A própria nave espacial entra em órbita em redor de um planeta, lança-se o mais próximo possível desse planeta ou lua para apanhar a velocidade e usa a energia adicional para viajar ainda mais rápido em direção ao seu próximo destino.

Os mesmos princípios básicos operam nos poços profundos da gravidade em torno dos buracos negros, que não só dobram os caminhos dos objetos sólidos, mas também a própria luz.

Se um fotão, ou uma partícula de luz, entrar numa determinada região na vizinhança de um buraco negro, fará um circuito parcial ao redor do buraco negro e será lançado exatamente na mesma direção. Os físicos chamam a estas regiões de “espelhos gravitacionais” e os fotões de “fotões boomerang“.

Fotões boomerang já se movem à velocidade da luz, de modo que não captam a velocidade das suas viagens em redor de buracos negros. Mas captam energia. A energia assume a forma de maior comprimento de onda da luz e os “pacotes” de fotões individuais carregam mais energia do que quando entraram no espelho.

No artigo publicado no arXiv a 11 de março, o astrónomo da Columbia propôs que uma espaço-nave interestelar poderia disparar um laser no espelho gravitacional de um buraco negro em rápido movimento num sistema binário de buraco negro. Quando os recém-energizados fotões do laser voltassem, puderam reabsorvê-los e converter toda a energia extra em impulso – antes de disparar novamente os fotões no espelho.

Este sistema, que Kipping denominou de halo drive, tem uma grande vantagem sobre os mais tradicionais: não requer uma enorme fonte de combustível. As propostas atuais de velas de sinalização exigem mais energia para acelerar a nave espacial para velocidades “relativísticas” (significando uma fração significativa da velocidade da luz) do que a humanidade produziu em toda a sua história. Com o halo drive, toda a energia poderia ser minada de um buraco negro, em vez de ser gerada a partir de uma fonte de combustível.

Halo drives teriam limites: num certo ponto a nave estaria a mover-se tão rapidamente para longe dos buracos negros que não absorveria luz suficiente para adicionar velocidade adicional.

É possível resolver este problema movendo o laser da nave para um planeta próximo e apontando o laser, para que emerja da gravidade do buraco negro na direção da nave. Mas sem reabsorver a luz do laser, o planeta teria de queimar combustível para gerar novos feixes constantemente e acabaria diminuindo.

Uma civilização pode estar a usar um sistema como este para navegar na Via Láctea agora mesmo, segundo Kipping. Se assim for, essa civilização pode estar a minar tanto os buracos negros que estaria a mexer com as suas órbitas – poderíamos detetar os sinais da civilização alienígena a partir das órbitas excêntricas de buracos negros binários.

PARTILHAR

43 COMENTÁRIOS

  1. O Problema é que o buraco Negro mais Proximo da terra detectado está a 1800 anos luz da terra….. O que quer dizer que se alguém enviasse um laser em direcção ao Buraco negro, levaria 1800 anos a lá chegar e outros 1800 anos a chegar a nós…. Portanto seria inviável

    • Ó Banzé…
      Do mesmo modo que os potenciais ET’s podem estar a utilizar os buracos negros para viajar, também podem simplesmente não existir.

    • Porque inviável? 1800 anos se passaram igualmente. É inviável que eu e você vejamos de perto, mas não inviável para a grandeza da humanidade e do tempo.

  2. Olá, eu fico intrigado como pode-se tirar fotos de meteoros a longa distância da terra, fotos de galáxias distantes más não se consegue uma foto nítida das pseudos construções na lua, porque será. Quem está omitindo informações?

    • O problema é que na lua não há nada de interessante nem mesmo se vê ET’s a tomarem um copo, para podermos tirar-lhes uma foto. 🙂

    • 1. Não há construções nenhumas na Lua, portanto não sei a que te referes.
      2. Se percebesses alguma coisa de óptica, tinhas aí a tua resposta. Mas imagino que nunca sequer tenhas tentado encontrar a resposta à tua pergunta.

  3. Meu deus….não conseguimos acabar com a fome …com saneamento básico…com a corrupção…enfim…tantas coisas…e estao preocupados com Est….pelo amor de deus.

    • Mas porque trazem estes assuntos para um artigo cientifico? Acabar com a fome, com a corrupção, não invalida o investimento na ciência, neste caso, astronomia e exploração do cosmos. Parem com essas pseudo-filosofias…

  4. Sera que nesse buraco negro tem trazê milhões de emprego,para ajudar os brasileiros que estão desempregados, seria uma boa descoberta.

      • ZAP, não têm culpa, mas vou desabafar… A porcaria do acordo ortográfico era suposto unificar a língua portuguesa, mas vemos que nunca aconteceu.
        Para que serve o acordo afinal?… Para mais confusão, aparentemente.

        • Caro Paulo,
          No ZAP não “aportuguesamos” palavras inglesas, escrevemos palavras em Português correcto e perfeito.
          Burguer King não são palavras. É uma marca.
          Escrevemos “Burguer King” e, respondendo à sua questão, pronunciamos “-ɜː(r)ɡə(r) kĭng”

    • Sim Arnaldo, planos com outra frequência vibratória, mas 90% das pessoas, infelizmente, acredita que existe apenas esta realidade…

  5. Que baboseiras 🙂 ahaha

    Faça-se o seguinte exercicio.

    é disparado um raio de luz em direção a um espelho gravitacional, este amplifica-lo-ia, e o mesmo raio sairia na direcção oposta..contra outro espelho gravitacional, face a face com o primeiro que faria o mesmo efeito ….

    O que teriamos aqui? Aumento infinito de energia?

    Nhan….

    Os ET’s podem estar a fazer muita coisa..mania de fazer artigos com “ET’s podem…” ja enche…

    • A energia seria teoricamente retirada ao buraco negro. De todos os potenciais problemas com esta hipótese, foste embirrar com o mais simples, parabéns.

      • Não se trata de ser ou não o mais simples.. trata-se sim de um exercicio mental que mostra que isso não pode ser assim ….

        No meu exercicio mostra que este modelo iria levar a amplificação de energia ate ao infinito… ( algo que não me parece possivel, segundo o principio da conservação da energia )

        Que eu saiba a ciencia ainda é deterministica e baseada em factos e em modelos possibilitem previsibilidade e determinismo… Não ocultismo, bruxaria ou religião.

  6. É interessante,mas tem vários erros de português, isso da agonia,desmerece a notícia, não estou falando dos “Fotões” mas de comer letras,ali em baixo o que seria “Nave e detectar” ficou Nae e detetar.

  7. Falar em como os Alienígenas viajam pelo espaço, antes de ter certeza se eles realmente existe, isso sim uma perda de tempo, até acredito em formas de vida fora da terra, mas não acredito q sejam mais inteligentes que os Humanos. Para quem acredita na teoria da evolução e a compreende sabe que foram milhões de eventos aleatórios que proporcionaram as condições ideais para o surgimento da vida e outros milhares de eventos aleatórios para q essa vida se torna-se complexa e inteligente.

    • E se considerarmos a quantidade de estrelas que existe no universo, e a idade do mesmo, não me parece que seja absurdo a existência de vida inteligente noutros pontos. Para tal, não têm de acontecer exactamente os mesmos factores que originaram a vida na Terra.

  8. Eu leio cada “barbaridade”nos meios ce comunicação de massas que fico em dúvidas se estão a falar a sério,então se o buraco negro é super massivo que nem a luz escapa com a velocidade maxima premitida,como iria qualquer nave ou o que fosse sair ou mesmo passar,alias qualquer matéria que passa a zona de eventos é tranformado em energia em forma de radiação e muitos perguntam-se mas a luz não é energia também?Boas perguntas para invistigarem, mas não se deixem levar por estes vendilhões…

RESPONDER

As gaivotas são inoportunas? Saiba que as suas fezes podem valer mil milhões de dólares

Afinal, as gaivotas podem ser animais bem mais interessantes do que aquilo que a maioria das pessoas pensa. É que as suas fezes são muito valiosas e os seus nutrientes fertilizam campos agrícolas e recifes …

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …