Explosão em fábrica de pirotecnia faz 5 mortos e 3 desaparecidos

Nuno André Ferreira / Lusa

Quatro pessoas morreram hoje na sequência de várias explosões numa fábrica de pirotecnia

Quatro pessoas morreram hoje na sequência de várias explosões numa fábrica de pirotecnia em Lamego

Cinco pessoas morreram hoje na sequência de uma explosão numa fábrica de pirotecnia em Avões, Lamego, e três ainda não estão localizados, disse à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

A mesma fonte explicou que a esperança de encontrar com vida estas quatro pessoas “é muito diminuta”. Estariam a trabalhar nesta fábrica oito pessoas.

O proprietário da fábrica de pirotecnia está entre as quatro vítimas já confirmadas neste acidente, disse fonte da Câmara local.

A fábrica era uma unidade industrial pequena, de origem familiar. De acordo com a mesma fonte, as restantes vítimas já identificadas encontra-se também a filha do proprietário. As vítimas têm entre 22 e 52 anos.

A Polícia Judiciária foi já chamada a investigar várias explosões ocorridas na fábrica.

Em declarações à agência Lusa, o comandante territorial de Viseu da GNR, coronel Vítor Rodrigues, disse que estão no terreno 25 militares da GNR, responsáveis pela operação de segurança e isolamento da zona afetada pelas explosões.

O dispositivo inclui uma equipa de inativação de explosivos do comando de Viseu, “que está a vistoriar a área afetada, para garantir que não há nada que possa explodir ou deflagrar e ser seguro entrar. Temos aqui trabalho para várias horas”, indicou.

O presidente da Câmara de Lamego, Francisco Lopes, considerou uma “enorme tragédia” as mortes decorrentes das explosões. Segundo o autarca, o histórico dos incidentes em fábricas de pirotecnia é “conhecido”, mas, explicou Francisco Lopes, uma tragédia desta dimensão e com este número de mortos não há memória na região.

Segundo Nuno Sequeira, o presidente da Junta de Freguesia de Penajóia, Lamego, as instalações da fábrica de pirotecnia estão completamente destruídas.

O autarca Nuno Sequeira confirmou a existência de quatro mortos e de quatro pessoas desaparecidas, e explicou que as equipas ainda não conseguiram entrar nos escombros, por falta de segurança.

Nuno Sequeira acrescentou que esta é uma tragédia para toda a região e adiantou que algumas pessoas mais velhas afirmam que na década de 1980 terá existido um acidente semelhante, embora sem precisar se na mesma fábrica ou com tão elevado número de vítimas.

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou entretanto que vai esta quarta-feira acompanhar as operações de socorro na fábrica de pirotecnia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

TAP quer limitar direito à greve e menos férias. Sindicatos indignados

Vários sindicatos que receberam a proposta da TAP para um acordo de emergência a vigorar até ao final de 2024 estão indignados com várias das medidas previstas no documento. Segundo a rádio TSF, que teve acesso …

Ministro do Ambiente ouvido no parlamento sobre venda de seis barragens da EDP

O ministro do Ambiente é esta terça-feira ouvido no parlamento, a propósito da venda de seis barragens da EDP, situadas na bacia hidrográfica do Douro, a um consórcio liderado pela Engie, por 2,2 mil milhões …

Boris Johnson diz que "não existem respostas fáceis" para elevada mortalidade no país

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta quarta-feira que "não existem respostas fáceis" para o facto de o Reino Unido ser o país na Europa com mais mortes atribuídas a covid-19, ao ultrapassar a barreira …

Biden põe termo a contratos com as prisões privadas

A conselheira em política interna do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Susan Rice, informou que Joe Biden iria assinar na terça-feira um decreto para pôr termo à utilização das prisões privadas do país no sistema carcerário …

Rodrigues dos Santos quer dar a mão ao PSD para derrotar Medina em Lisboa

Francisco Rodrigues dos Santos considera que uma coligação PSD/CDS-PP nas eleições autárquicas é a “única hipótese” para derrotar o atual presidente da Câmara de Lisboa, o socialista Fernando Medina, mas recusa adiantar quem poderá ser …

Patrões não podem recusar apoio nem faltas justificadas aos pais

Especialistas destacam que as entidades empregadoras não podem opor-se às faltas justificadas de pais que fiquem em casa para tomar conta dos filhos, nem recusar-se a prestar o apoio excecional à família. Com o encerramento das …

Voos e 2 mil libras. Reino Unido oferece incentivos a cidadãos da UE que queiram abandonar o país

O Governo britânico está a oferecer incentivos financeiros para os cidadãos da União Europeia (UE) deixarem o Reino Unido, meses antes do prazo para solicitar o estatuto de residente permanente De acordo com o jornal britânico …

Novo máximo diário de mortes por covid-19. Há mais 15.073 novos casos e 293 óbitos

Portugal registou esta quarta-feira 15.073 novos casos de infeção por covid-19 e mais 293 mortes, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

Três sismos abalaram a cidade de Granada na passada noite. Pedro Sánchez pede "calma"

Mais de meio milhão de pessoas que vivem em Granada, sul de Espanha, despertaram hoje inquietas depois do sobressalto causado durante a noite por três sismos de magnitude superior a quatro graus seguidos de 30 …

Isabel dos Santos vai ter mesmo de pagar 339,4 milhões de dólares à Sonangol

O Tribunal de Recurso de Paris decidiu, esta terça-feira, a favor da PT Ventures (Sonangol), no âmbito do processo de anulação interposto pela Vidatel, da empresária angolana, que terá de pagar 339,4 milhões de dólares. Em …