Santo Graal da física de partículas? Experiência do CERN põe em causa Modelo Padrão

(dr) CERN

O decaimento de um mesão B0 num K0 e um par eletrão-positrão no detetor LHCb

Os novos resultados da experiência LHCb (Large Hadron Collider beauty) do CERN sugerem que as partículas não estão a comportar-se, segundo o Modelo Padrão, da maneira que deveriam.

O Modelo Padrão, que fornece previsões precisas para as propriedades e interações das partículas fundamentais, está incompleto.

De acordo com o Sci-News, este modelo não é capaz de explicar as observações cosmológicas do domínio da matéria sobre a antimatéria, o conteúdo de matéria escura do Universo, ou os padrões observados nas forças de interação das partículas.

É por este motivo que os físicos têm procurado uma “nova física”, isto é, novas partículas e interações capazes de explicar as deficiências do Modelo Padrão.

Ainda é cedo para afirmar que as novas descobertas são um desvio do Modelo Padrão, mas não há dúvidas de que os novos resultados são empolgantes para os cientistas.

A medição feita pela equipa do LHCb compara dois tipos de decomposição de beauty quarks. O primeiro decaimento envolve o eletrão, e o segundo o muão (uma partícula elementar semelhante ao eletrão, mas cerca de 200 vezes mais pesada).

O eletrão e o muão, juntamente com uma terceira partícula chamada tau, são tipos de leptões e a diferença entre eles é chamada de sabores.

O Modelo Padrão prevê que decaimentos que envolvem diferentes sabores de leptões devem ocorrer com a mesma probabilidade, um recurso conhecido como universalidade de sabor de leptões que, normalmente, é medido pela razão entre as probabilidades de decaimento.

No Modelo Padrão da física de partículas, a proporção deve ser muito próxima de um.

Os novos resultados, submetidos para publicação na Nature Physics, revelam indícios de desvio: a significância estatística do resultado é de 3,1 desvios padrão, o que implica uma probabilidade de cerca de 0,1% de que os dados sejam compatíveis com as previsões do Modelo Padrão.

O desvio apresentado pelo CERN é consistente com um padrão de anomalias medido em processos semelhantes pelo LHCb, bem como por outras experiências em todo o mundo na última década.

“Os novos resultados oferecem dicas tentadoras da presença de uma nova partícula ou força fundamental que interage de maneira diferente com os diferentes tipos de partículas”, disse Paula Alvarez Cartelle, física do Laboratório Cavendish, da Universidade de Cambridge, e um membro da Colaboração LHCb.

“Quanto mais dados tivermos, mais forte se torna o resultado. Esta medição é a mais significativa numa série de resultados do LHCb da última década”, afirmou a investigadora, acrescentando que “todos parecem estar alinhados”.

“A descoberta de uma nova força na natureza é o Santo Graal da física de partículas”, acrescentou Konstantinos Petridis, físico da Universidade de Bristol e membro da Colaboração LHCb.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

      • Pois, e vcs os 2 acrescentaram a peça fundamental a todo este puzzle de partículas, a força de dizer algo e não acrescentar nada… Absolutamente fascinante

  1. Se na China se efetuar os um estudo para verificar se todos os humanos são chineses, acabaremos decerto com resultados de que 99,9 por cento dos seres humanos são chineses… No entanto considerar a descoberta de um inglês nos restantes 0,1% como o santo graal parece um pouco excessivo..ou seja um estudo efetuado num espaço limitado e com apenas algumas partículas limita conclusões absolutas… .

RESPONDER

A origem da cratera Darvaza, no Turquemenistão, é um mistério secreto do domínio soviético

No Turquemenistão, mais precisamente no deserto de Karakum, uma cratera cospe fogo há décadas, mas a sua origem é considerada ultrassecreta. Nos áridos 350 mil km² do deserto de Karakum, que cobre cerca de 70% do …

França 1-0 Alemanha | Gauleses cantam de galo em Munique

A França, campeã mundial e vice-campeão europeia em título, venceu hoje a Alemanha por 1-0, em encontro da primeira jornada do Grupo F do Euro2020, disputado na Allianz Arena, em Munique. Um autogolo de Mats Hummels, …

Nunca chegou a vaguear no mar. Ford encontra mensagem centenária em garrafa numa estação de comboios nos EUA

Há muitas mensagens engarrafadas que começam e terminam a sua vida em barcos, na costa ou até mesmo no mar. Recentemente, a Ford Motor Company encontrou uma mensagem numa garrafa na antiga Estação Central de …

Há uma estranha petição a pedir que Jeff Bezos compre a Mona Lisa (e a coma)

Está a circular na Internet uma estranha petição que incentiva Jeff Bezos, fundador da Amazon, a comprar o quadro da Mona Lisa para o comer. A petição online "Queremos que Jeff Bezos compre e coma a …

Depois da reforma de Magawa, há uma nova recruta de ratos gigantes que detetam minas no Camboja

O Camboja recrutou uma nova equipa de ratos farejadores de minas para substituir os já "aposentados", num esforço para impulsionar as operações de desminagem no país. O país, atormentado durante décadas por munições não detonadas, recrutou …

Coca-Cola responde a Ronaldo: "Toda a gente tem direito às suas preferências"

Depois de Cristiano Ronaldo ter afastado duas garrafas de Coca-Cola durante uma conferência de imprensa, a marca respondeu ao jogador, dizendo que "toda a gente tem direito às suas preferências de bebidas". Numa conferência de imprensa …

Mochila voadora elétrica passa no primeiro teste em praia australiana

Qualquer um dava tudo para poder voar. Recentemente, uma startup australiana revelou o vídeo do primeiro voo de teste do seu dispositivo voador pessoal, com uma configuração totalmente elétrica que o torna mais amigo do …

"Lamento profundamente." Ex-diretor da BBC pede desculpas ao Príncipe William pela entrevista com Diana

Tony Hall, ex-diretor geral da BBC, lamentou "profundamente a dor" que a entrevista feita em 1995 a Diana de Gales causou ao príncipe William. O ex-diretor geral da rede BBC Tony Hall expressou, esta terça-feira, …

Fernando Santos: "O jogo esteve muito difícil"

Falta de eficácia durante a primeira parte poderia ter estragado os planos da campeã europeia, no jogo contra a Hungria. Portugal ganhou contra a Hungria por 3-0 mas, até aos 83 minutos, não houve golos em …

A partir de 2024, clientes vão pagar taxa pelas embalagens de take away

A partir de 2024, os clientes que comprarem comida através do take away vão passar a pagar uma taxa sobre as embalagens. A notícia é avançada esta terça-feira pelo Jornal de Notícias, que adianta que o …