“Exoplanetas desonestos” à espreita no espaço podem ter luas habitáveis

Dan Durda

As evidências sugerem a existência de uma vasta população de “exoplanetas desonestos” à deriva – que não estão presos a nenhuma estrela. Os cientistas acreditam que esses exoplanetas não serão habitáveis, mas o mesmo não se pode dizer das suas luas.

De acordo com a nova modelagem matemática, algumas dessas luas – pelo menos, aquelas com condições muito específicas – poderiam ter atmosfera e água líquida, graças a uma combinação de radiação cósmica com a energia das marés exercida na luas pela interação gravitacional com os planetas, escreve o ScienceAlert.

Embora seja difícil catalogar os exoplanetas, as pesquisas identificaram candidatos através do estudo do efeito gravitacional quedeveriam ter na luz estelar distante.

As estimativas dessas pesquisas sugerem que pode haver pelo menos um exoplaneta gigante gasoso do tamanho de Júpiter para cada estrela da Via Láctea. Caso seja verdade, existem pelo menos 100 bilhões de “exoplanetas desonestos”.

Além da linha de geada do Sistema Solar, onde se espera que a água congele, há lugares onde esta ainda pode ser encontrada no estado líquido – é o caso das luas de gelo Ganimedes e Europa, em órbita ao redor de Júpiter, e Enceladus, na órbita de Saturno.

Embora envoltas em espessas camadas de gelo, essas luas abrigam oceanos líquidos por baixo das suas superfícies, que provavelmente não congelam devido ao calor interno gerado pelo alongamento e compressão exercidos pelo campo gravitacional dos planetas enquanto as luas orbitam.

Assim, acredita-se que a Europa e a Enceladus podem abrigar vida. Embora protegido da luz solar, existe um tipo de ecossistema aqui na Terra que não depende da teia alimentar fotossintética – as fontes hidrotermais, por onde o calor e os produtos químicos escapam do interior da Terra para o fundo do oceano.

Uma equipa de cientistas liderada pelo astrónomo Patricio Javier Ávila, da Universidade de Concepción, no Chile, procurou modelar a possibilidade destas luas existirem em torno de exoplanetas gigantes gasosos “desonestos”.

As descobertas sugerem que uma quantidade significativa de água pode ser formada na atmosfera da lua e retida na forma líquida.

Assim, a radiação cósmica seria o principal condutor da cinemática química para converter hidrogénio e dióxido de carbono em água. Isso produziria 10.000 vezes menos água que os oceanos da Terra, mas 100 vezes mais que a atmosfera, o que seria suficiente para a vida, disseram os investigadores.

A energia das marés da gravidade do exoplaneta geraria, então, muito do calor necessário para manter a água líquida. Ainda mais calor poderia ser criado pelo dióxido de carbono na atmosfera da lua, o que poderia gerar um efeito estufa e ajudar a manter o clima temperado.

O estudo foi publicado no International Journal of Astrobiology no dia 8 de junho.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, em conferência de imprensa

À 25.ª hora, não se esperam golpes de magia. O fim do que restava da geringonça está praticamente consumado

A corda já não estica: nem para o lado do Governo, nem para a outrora enamorada esquerda. Todos batem o pé na reta finalíssima e a vigésima quinta hora não parece trazer novidades. "Tudo tem um …

Segundo mandado de detenção de Rendeiro poderá ser anulado

O ex-líder do Banco Privado Português (BPP) tem dois mandados de captura internacional, sendo que um deles pode vir a ser anulado. Segundo o jornal online Observador, foi o próprio Ministério Público (MP) que pediu ao …

Novo estudo mostra de que forma a covid-19 pode danificar as células cerebrais

O estudo é a primeiro a demonstrar de que forma o vírus SARS-CoV-2 pode atingir diretamente as células do cérebro. Os investigadores descobriram que as células vasculares que compõem a barreira hematoencefálica podem ser destruídas pelo …

E se o Orçamento chumbar? Costa não se demite - e o Governo ainda pode aprovar “diplomas fundamentais”

O primeiro-ministro já esclareceu que não tenciona demitir-se em caso de chumbo do Orçamento do Estado 2022, mas a sua governação ficará limitada. Na possibilidade de haver um chumbo do Orçamento do Estado, Marcelo Rebelo de …

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

YouTube suspende conta de Bolsonaro por desinformação

Presidente do Brasil é já reincidente na divulgação de notícias falsas sobre a pandemia (tendo já sido alertado antes), pelo que a plataforma avançou de imediato para a suspensão dos seus canais oficiais. O Youtube suspendeu …

Conselho de Ministros acabou em silêncio. Governo só fala esta terça-feira, no Parlamento

Conselho de Ministros extraordinário convocado por António Costa após ser conhecido o sentido de voto do PCP relativamente ao Orçamento do Estado para 2022 durou mais de duas horas, mas terminou sem declarações oficiais. O primeiro-ministro …

Descobertos antigos vestígios de vida envoltos em rubi com 2,5 mil milhões de anos

Um equipa de investigadores da Universidade de Waterloo descobriu resíduo de carbono que já foi uma vida antiga. Estava envolto num rubi com 2,5 mil milhões de anos. Ao analisar algumas das pedras preciosas coloridas mais …

O Sistema Solar pode estar cercado por um túnel magnético

O Sistema Solar pode estar rodeado por um túnel magnético. Cientistas sugerem que as estruturas brilhantes, em lados opostos do céu, estejam interligadas à nossa volta, a 350 anos-luz de distância. Jennifer West, investigadora do Instituto …

O volátil, inóspito e sufocante Vénus pode afinal ter oceanos de água debaixo da crosta

Devido à elevada temperatura da atmosfera de Vénus, caso a crosta se abrisse, os oceanos de água transformar-se-iam imediatamente em vapor. Conhecido por ser um planeta com uma atmosfera quente e sufocante de dióxido de carbono …

Mais de mil ovelhas e cabras tomaram conta das ruas de Madrid (por um bom motivo)

Mais de mil ovelhas e cabras encheram as ruas de Madrid, este domingo, a propósito do tradicional Festival da Transumância, que foi cancelado no ano passado devido à pandemia da covid-19. De acordo com a agência …