Ex-procuradora-geral diz que tem provas de corrupção contra Maduro

fotosagenciabrasil / Flickr

Luisa Ortega Díaz, ex-procuradora-geral da Venezuela

A ex-procuradora-geral da Venezuela afirmou, esta quarta-feira, em Brasília, ter “muitas provas” que implicam o Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e outros membros do regime de Caracas em casos de corrupção.

“Eu tenho muitas provas (…) que colocam em causa numerosos altos funcionários venezuelanos, incluindo o Presidente da República”, declarou Luisa Ortega Díaz durante uma conferência de procuradores, que se iniciou em Brasília esta quarta-feira.

A ex-procuradora atribuiu a perseguição política que sofre na Venezuela às suas investigações sobre a corrupção da construtora brasileira Odebrecht no seu país envolvendo altos dirigentes do ‘chavismo’.

Tenho provas no caso Odebrecht que comprometem Maduro, Diosdado Cabello, Jorge Rodríguez, e outros”, disse, referindo-se a importantes figuras do regime venezuelano.

“O que está a acontecer na Venezuela é a morte do Direito. A estabilidade da região está em perigo”, sublinhou a ex-procuradora-geral.

“A pior parte é que tudo está relacionado com a corrupção. O que está a acontecer comigo é por uma série de denúncias que fiz”, disse Luisa Ortega Díaz na abertura da XXII Reunião Especializada de Ministérios Públicos do Mercosul (REMPM), tendo sido tratada como “procuradora-geral legítima” da Venezuela.

A ex-procuradora-geral fugiu com o marido da Venezuela na sexta-feira, estando agora na Colômbia sob a proteção do Governo local.

Na terça-feira, o Presidente Nicolás Maduro disse que a Venezuela vai pedir à Interpol a detenção da ex-procuradora geral Luísa Ortega Díaz e do marido, Germán Ferrer, por terem fugido à justiça e por alegadamente integrarem uma rede de extorsão e corrupção com os Estados Unidos para prejudicar a Venezuela.

Em março deste ano, a ex-procuradora denunciou como ilegais duas sentenças do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) venezuelano. Uma a limitar a imunidade parlamentar e a segunda em que o STJ assumia as funções do Parlamento, no qual a oposição detém a maioria desde as eleições de janeiro de 2016.

Temos que recuperar a democracia na Venezuela, sem ter autoridades ligadas à corrupção”, afirmou ainda Luisa Ortega Díaz.

A ex-procuradora, que foi destituída do cargo a 5 de agosto pela Assembleia Constituinte eleita a 30 de julho, disse esta quarta-feira que “não há garantia de justiça na Venezuela”, já que o que o regime de Maduro quer é a impunidade nos casos de corrupção.

Luisa Ortega Díaz disse também que foi substituída no cargo de procuradora-geral por uma pessoa, Tarek Saab, contra a qual existem seis investigações de corrupção.

O procurador-geral brasileiro, Rodrigo Janot, declarou esta quarta-feira na mesma reunião dos procuradores do Mercosul que a remoção de Luisa Ortega Díaz do seu cargo na Venezuela foi uma “violação institucional” e que isto corroeu a independência do sistema de justiça venezuelano.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …