Ex-presidente da Relação permitiu que Rangel e Galante não fossem acusados por violação de segredo

António Pedro Santos / Lusa

O juíz desembargador Rui Rangel

Orlando Nascimento impediu que Rui Rangel e Fátima Galante fossem acusados por violação do segredo de funcionário. O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa optou por não apresentar queixa contra os dois quando o Ministério Público o informou de que os dois magistrados partilhavam informações sobre processos. Contudo, ambos estão acusados de abuso de poder.

De acordo com o Público, em setembro de 2018, Orlando Nascimento foi avisado pelo Ministério Público para o facto de Fátima Galante, ex-mulher de Rui Rangel, lhe redigir ou colaborar nos acórdãos.

Ainda assim, o magistrado não apresentou queixa por violação do segredo de funcionário, uma condição necessária para dar andamento ao processo.

Na acusação da Operação Lex, o Ministério Público explica por que não pode acusar os dois magistrados, citando a resposta do então presidente da Relação: “Não vemos, neste momento, a configuração verosimilhante de ilícito penal pelo que este tribunal deva fazer participação criminal contra qualquer dos Exmos. Juízes Desembargadores em causa”, diz o Público.

Desta forma o Ministério Público determinou que o caso deveria ser arquivado, deixando impunes Rui Rangel e Fátima Galante. Segundo o Público, o MP referiu que “não foi exercido o direito de queixa, que é, neste tipo de crime, essencial por ser condição de procedibilidade da ação penal”, ou seja, este tipo de crime depende de queixa para ser investigado, mas como esta acabou por não avançar, o Ministério Público não conseguiu prosseguir com a investigação.

Segundo o jornal Público, a acusação contabiliza mais de 300 decisões de Rangel que, entre 2008 e 2018, foram realizadas por terceiros, com base em centenas de e-mails encontrados durante a investigação. Fátima Galante terá escrito ou corrigido mais de 290 acórdãos.

Segundo Ministério Público, estes arguidos “lesavam a autoridade e credibilidade do poder jurisdicional”, provocando “um prejuízo irreparável no sistema de justiça português”.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Esse senhor era muito amigo do 44. Para quando uma investigação a sério na justiça que permita analisar o comportamento deste senhor, do anterior PGR e sua equipa e por aí fora?

  2. Portugueses, estamos todos lixados, se fosse um trolha estava Fooodo, eu sou contra o terrorismo, mas as vezes começo a pensar na eta espanhola.

  3. Segundo o ilustre procurador, não havia motivo para participação criminal relativamente ao comportamento deste casal de ex.mos juízes desembargadores e, penso eu, por parte das pessoas que com eles trabalhavam também não. Será a este encobrimento de crimes que se chama corporativismo? Espero que não,prefiro pensar que é simples distração!!

PSD confiante num plano de vacinação "a tempo e horas". CDS diz que se anda a "correr atrás do prejuízo"

O presidente do PSD considerou que o plano de vacinação para a covid-19 vai ser "polémico", mas disse acreditar que o Governo vai conseguir concluí-lo "a tempo e horas". Já o presidente do CDS-PP pediu …

Altice escreve a Costa a criticar leilão do 5G (e a informar sobre suspensão de projeto)

Os acionistas do grupo Altice Patrick Drahi (presidente) e Armando Pereira escreveram ao primeiro-ministro a criticar as regras do leilão do 5G, informando que, perante o atual panorama regulatório, veem-se forçados a suspender projetos. "Lamentamos que, …

Anulação de transferência para o Novo Banco foi um "percalço"

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, considerou hoje que a anulação, pelo parlamento, da transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o banco foi um "percalço". "O percalço que aconteceu …

Videojogos podem estar a ser usados para espalhar ideologia extremista e preparar ataques

Os videojogos 'online' podem estar a ser usados ​​para propagar ideologias extremistas e para preparar ataques terroristas, afirmou o coordenador antiterrorista da União Europeia (UE), Gilles de Kerchove. A 09 de novembro, Gilles de Kerchove já …

Ex-ministro grego Yanis Varoufakis pede boicote à "black friday" da Amazon

O economista e ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis pediu um boicote de um dia à Amazon, na 'black friday', enquanto sindicalistas, ativistas ambientais, defensores da privacidade e da justiça tributária planeiam ações coordenadas contra …

Bolsonaro nega ter chamado covid-19 de "gripezinha", mas fê-lo pelo menos duas vezes

O Presidente brasileiro negou na quinta-feira ter-se referido à covid-19 como "gripezinha", afirmando que não há nenhum registo que prove o oposto, apesar de a imprensa ter partilhado pelo menos dois vídeos com esse conteúdo. "Falei …

Cuba anuncia mais duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos contra a covid-19

Cuba anunciou esta quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projetos de vacinas contra a covid-19, que aumentam para quatro o número de possíveis fármacos deste tipo desenvolvidos na ilha para combater a …

Governo garante que não haverá limite de idade na vacinação. Marcelo fala em "ideia tonta"

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde garantiu, esta sexta-feira, que a vacinação para a covid-19 não terá qualquer limite de idade e que os idosos e doentes com comorbilidades serão uma prioridade. Numa conferência …

Descontos nas ex-SCUT poupam privados, mas é o Estado quem sai lesado

Os descontos nas ex-SCUT, aprovados em Parlamento esta quinta-feira, poupam os privados, mas geram perdas de 1.500 milhões de euros para o Estado. Uma maioria de deputados ditou a aprovação da parte de uma proposta do …

Portugal com mais 67 mortes e 5444 novos casos de covid-19

Portugal regista, esta sexta-feira, mais 67 mortes e 5444 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 5444 novos casos, 3161 …