Ex-ministro do Turismo do Brasil detido por suspeita de corrupção

pmdbnacional / Flickr

Henrique Eduardo Alves, ex-ministro do Turismo do Brasil

Henrique Eduardo Alves, ex-ministro do Turismo do Brasil

O ex-ministro do Turismo do Brasil foi detido, esta terça-feira, no âmbito de uma investigação ligada à operação Lava Lato, que investiga corrupção na construção do estádio Arena das Dunas, em Natal, no Rio Grande do Norte.

Henrique Eduardo Alves é suspeito de corrupção e branqueamento de capitais por ter supostamente participado em desvios nas obras do estádio, construído para receber jogos do último mundial de futebol, realizado no Brasil em 2014.

Além do ex-ministro, a operação também tem como alvo o ex-deputado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, que está preso na cidade de Curitiba.

Segundo informações divulgadas pela polícia brasileira, está em causa a investigação a cobrança de preços muito além dos estipulados na construção do estádio que chega a 77 milhões de reais (20,8 milhões de euros).

“A investigação começou após a análise das provas coletadas em várias das etapas da Operação Lava Jato, que apontavam solicitação e o efetivo recebimento de vantagens indevidas por dois ex-parlamentares cujas atuações políticas favoreceriam duas grandes construtoras envolvidas na construção do estádio”, explicou a polícia federal em nota.

As autoridades policiais destacaram ainda que com base no depoimento de delatores que colaboram com a Justiça e na quebra de sigilo fiscal, bancário e telefónico dos envolvidos foram identificados diversos valores recebidos como doação eleitoral oficial entre os anos de 2012 e 2014. Estas doações, porém, eram pagamentos de subornos.

Henrique Eduardo Alves foi ministro do Turismo no Governo da ex-Presidente Dilma Rousseff e também do atual Presidente, Michel Temer.

Saiu do Governo no ano passado depois da denúncias relacionadas à Lava Jato envolverem o seu nome. Na altura, o político foi citado como fazendo parte de um esquema de corrupção denunciado pelo delator Sérgio Machado, ex-presidente da Transpreto, uma das subsidiárias da Petrobras.

A operação policial de hoje foi batizada com o nome de Manus em referência ao provérbio latino “Manus Manum Fricat, Et Manus Manus Lavat”, cujo significado é uma mão esfrega a outra, uma mão lava a outra.

A Lava Jato investiga o maior escândalo de corrupção da história do Brasil, que envolve grandes empresas, nomeadamente a petrolífera Petrobras.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Casa Pia 0-3 FC Porto | Jogo desbloqueado na segunda parte

O FC Porto venceu hoje o Casa Pia por 3-0, na segunda jornada do Grupo D da Taça da Liga, mas precisou de 50 minutos para fazer o primeiro golo ao penúltimo classificado da II …

Quanto vale a vida do seu cão (e a importância que isso tem)

Quanto vale a vida do seu cão? A resposta a esta pergunta pode ser mais importante do que aquilo que pensa e pode mudar drasticamente o preço que pagamos pela sua saúde e bem-estar. Os norte-americanos …

Asteróide passará esta sexta-feira pela Terra a 27.000 km/hora

Um asteróide de grandes dimensões passará pela Terra, atingindo o seu ponto mais próximo do nosso planeta esta sexta-feira, dia 6 de dezembro. O corpo celeste, importa frisar, não representa qualquer perigo para o Homem. …

Banco de França vai testar moeda digital em 2020

O governador do Banco de França anunciou na quarta-feira o lançamento de testes no próximo ano para uma moeda digital, que pode servir de precedente para uma iniciativa do mesmo tipo à escala da zona …

Atlético de Madrid na corrida por Gabigol

O Atlético de Madrid entrou na corrida pela contratação de Gabigol, o artilheiro que está ao serviço do Flamengo por empréstimo do Inter de Milão. A notícia é avançada pelo jornal italiano Gazzetta Dello Sport, …

Australiana condenada a prisão por ter mentido no currículo

Uma australiana de 45 anos foi condenada a um ano de prisão efetiva por ter mentido no seu currículo para conseguir uma vaga no Governo regional, conta esta quinta-feira a ABC Australia. Veronica Hilda Theriault foi …

Homem da comunicação de Rui Rio pertence à maçonaria

João Tocha, o homem que o líder do PSD escolheu para fazer parte da sua comunicação, é maçon, avança a revista Visão esta quinta-feira. Em declarações à Visão, João Tocha, iniciado no Grande Oriente Lusitano …

Marco Silva despedido do Everton

O treinador português Marco Silva foi hoje despedido pelo Everton, clube da Primeira Liga inglesa de futebol, um dia depois do desaire por 5-2 no reduto do rival da cidade, o campeão europeu Liverpool. “O Everton …

Líder Supremo do Irão aprova medidas para reconhecer como "mártires" os mortos dos recentes distúrbios

O líder supremo do Irão aprovou as recomendações de um relatório oficial propondo o reconhecimento como "mártires" dos mortos nos recentes distúrbios no país sem que tenham "desempenhado qualquer papel", indicou esta quinta-feira o seu …

OE2020. Governo quer baixar preço da luz sem mexer no IVA

O Governo socialista está a estudar hipóteses "alternativas" para baixar o preço da luz sem mexer na taxa do IVA, devendo estas soluções constar já da proposta inicial do Orçamento de Estado para 2020 (OE2020). De …