Ex-funcionária da Google alerta para a produção de robôs assassinos que podem despoletar uma guerra

(dr) Vitaly Bulgarov / Hankook Mirae

A Google pediu a Laura Nolan para reforçar os drones militares dos EUA. Recusou e demitiu-se. Agora, alerta para o perigo destas armas que podem originar uma guerra.

Cerca de um ano depois de se ter demitido da Google, Laura Nolan avisa agora que há uma nova geração de armas automáticas que podem, acidentalmente, desencadear uma guerra e “causar atrocidades de forma massiva”.

Nolan defende que estes robôs têm a capacidade para criar “calamidades para as quais não estavam programados” e que, por isso, devem ser banidos, à semelhança das armas químicas.

A engenheira em ciência computacional demitiu-se depois de lhe ter sido atribuída a tarefa de trabalhar num projeto para reforçar a tecnologia nos drones militares norte-americanos. Depois, juntou-se à Campanha para Parar os Robôs Assassinos que visa alertar para os perigos do uso destas armas.

“Há a possibilidade de acontecerem grandes acidentes, porque estas coisas vão começar a agir de forma inesperada. Daí a importância de submeter qualquer sistema avançado de armas ao controlo humano. Caso contrário, estas armas têm de ser banidas porque são demasiado imprevisíveis e perigosas”, alertou, citada pelo The Guardian.

Para Laura Nolan, as consequências fatais podem resultar de coisas simples como mudanças meteorológicas não previstas pelo software dos drones ou um comportamento humano complexo.

Uma das principais preocupações reveladas pela engenheira, prende-se com um dos pedidos efetuado pelo departamento de defesa dos Estados Unidos que, com o objetivo de acelerar o desenvolvimento desta tecnologia, pediu que fosse criado um sistema de inteligência artificial capaz de avaliar imagens e diferenciar automaticamente pessoas de objetos, a um ritmo muito superior ao atual, que por sua vez é feito por militares especializados e que, naturalmente, demora mais tempo.

Outro problema que se parece impor com uso desta tecnologia diz respeito aos testes que têm de ser feitos para confirmar o uso “controlado” destas máquinas. “Outra questão assustadora é que só se pode testar estes sistemas de guerra autónomos no campo de combate. Quem sabe se isso não está já a acontecer atualmente, com os russos na Síria?”, disse Nolan.

A Rússia recusou-se a assinar um tratado que limitava o uso deste tipo de tecnologia, e que “têm feito campanha para nem sequer se discutir este assunto”.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. …”coisas simples como mudanças meteorológicas não previstas “….
    Será que são estes malvados que estão a incendiar todas as florestas do Planeta???…
    Hummm…. isto cheira-me mais a “habilidade” de algum culpado querendo fugir com o rabo à seringa…
    Para quem não acredita na Manipulação Climática, vá segurando o queixo antes que ele caia…
    Enfim, meio mundo a enganar a outra metade… até ver….
    Assinado: Maria da Maia

  2. “Para Laura Nolan, as consequências fatais podem resultar de coisas simples como mudanças meteorológicas não previstas pelo software dos drones “…
    Depois desta denúncia, ainda sobra alguma dúvida de que o Clima da Terra está a ser Manipulado artificialmente e que aquilo que nós vamos sentindo e vendo acontecer, não é natural, mas sim, FABRICADO??!!!
    Por intuição, observação e comparação de mapas, eu já tinha concluído que a Manipulação Climática era um facto; agora que as Armas Climáticas estavam por conta e risco da inteligência artificial, isso eu desconhecia….
    – Depois desta notícia ainda sobram dúvidas de que nos encontramos de facto em plena Guerra Climática??!!!
    Na sequência da Guerra Fria, estamos a viver a Guerra Quente….
    – Quais são os verdadeiros planos que fundamentam e norteiam toda esta atividade insana?
    – O que nos escondem por trás do plano que está a ser efetuado com a prática dos incêndios florestais a nível mundial?
    – É a inteligência artificial que – sem qualquer pudor!! – cria as condições climáticas extremas que antecedem os incontroláveis incêndios florestais ??
    – É a inteligência artificial que está no comando das operações, no edifício que fica próximo das antenas HAARP e de outros sistemas semelhantes e malévolos?? Pois, é lógico que assim seja porque os “cérebros valentões” não estarão dispostos a exporem os seus estimados corpinhos à proximidade das radiações…
    – Estamos mesmo entregues e por conta da “bicharada”???
    Mentes doentes fazem toda a porcaria com o Clima do Terra, usam o Clima como arma de alcance internacional, e depois ainda dizem que é o nosso carro, usado para irmos trabalhar ou para irmos às compras, que contribui para que o Clima “esteja em pantanas”…. É demasiada hipocrisia junta!!!…
    “Vemos, ouvimos e lemos, NÃO podemos ignorar”…..
    “O nosso tempo é… pecado organizado!!!”….
    Como os poetas estavam certos ao escreverem e ao cantarem estas linhas…
    Está tudo mesmo à frente dos nossos olhos – os factos e as informações – mas, o inconsciente coletivo continua mais cego que toupeiras….
    Assinado: Maria da Maia

Responder a Maria Cancelar resposta

Cientistas criam tinta ultra-branca que ajuda a arrefecer as superfícies

Cientistas criaram uma nova tinta ultra-branca que pode refletir 95,5% da luz solar que chega à sua superfície. De acordo com o site IFLScience, esta propriedade permite que algo revestido com esta tinta ultra-branca, como, por …

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …