Dois ex-autarcas de Lisboa acusados de desviar mais de 316 mil euros

O Ministério Público acusou dois ex-autarcas da freguesia de Arroios, em Lisboa, de gastarem, entre 2005 e 2009, 316 mil euros em viagens, restauração, combustível e na contratação de serviços e avenças, alguns celebrados com familiares.

Segundo o despacho de acusação do MP, a que a agência Lusa teve acesso esta terça-feira, João Taveira, presidente da Junta de Freguesia de São Jorge de Arroios, entre 2005 e 2009, e Rodrigo Neiva Lopes, que ocupou os cargos de vogal, tesoureiro, assessor e secretário-geral durante esse mandato de executivo PSD, estão acusados, em co-autoria, de peculato.

A primeira situação ilegal descrita na acusação foi a criação da Casa da Lusofonia, que serviu para “retirar dinheiro” à junta ou para “custear” despesas com viagens à Guiné-Bissau e Brasil, alojamentos, gastos com táxis e ajudas de custo.

“No total, a Casa da Lusofonia implicou despesas para a JFA [Junta de Freguesia de Arroios] de 40.755 euros, sem que a junta tivesse atribuições em tal matéria e sem a realização de concursos públicos nem deliberações do executivo”, diz o Ministério Público.

A acusação frisa que os arguidos atribuíram “de forma irregular” bolsas de estudo de mais de 7.300 euros a quatro bolseiros que “não eram residentes” na JFA, sendo um deles João Belchior, membro dos órgãos da Secção E do PSD de Lisboa.

Na sede da Junta funcionava um posto clínico que dava consultas a qualquer cidadão, mediante o pagamento de um valor. Entre 2005 e 2009, os arguidos “determinaram que pessoas do seu conhecimento pessoal tivessem acesso a consultas e tratamentos gratuitamente”, o que “representou uma ausência de receita” de 5.064 euros.

O MP indica que João Belchior acedeu a onze consultas de várias especialidades, perfazendo 477 euros, “caso fossem pagas”, enquanto a esposa e a filha do então presidente da junta também terão usufruído de onze consultas avaliadas em 542 euros.

Quanto à prestação de serviços/avenças, a JFA celebrou nestes anos contratos superiores a 182 mil euros “sem qualquer procedimento ou cabimento legal, não existindo para as juntas a possibilidade de nomear pessoal de apoio ao executivo”.

A acusação sustenta que foram celebrados contratos de assessoria, consultoria e prestação de serviços com vários elementos que à data pertenciam aos órgãos da Secção E do PSD Lisboa, nomeadamente João Belchior, Francisco Catalão e Nuno Lopes, irmão de Rodrigo Neiva Lopes.

O MP afirma que a namorada de Rodrigo Neiva Lopes também recebeu 32.730 euros a título de prestação de serviços para “levantamento do comércio da freguesia, assessora do desporto, assessoria a vogais e assessoria do executivo”.

O arguido Rodrigo Neiva Lopes recebeu da JFA, por ordem do próprio ou de João Taveira, 15.650 euros a título de “avençados” ou cheques da junta, segundo o MP.

A acusação diz que a esposa de João Taveira também recebeu indevidamente da junta mais de seis mil euros, entre 2008 e 2009.

Quanto a despesas com restauração, o ex-presidente da junta determinou, em 2009, que a JFA pagasse 7.005 euros a um restaurante, em Cascais, sua propriedade. “Agiu o arguido sabendo que sobre si recaia impedimento legal de contratar consigo próprio”, sublinha o MP.

A acusação discrimina ainda dezenas de facturas de refeições pagas pela JFA noutros restaurantes, totalizando 16.114 euros, “em proveito próprio” dos arguidos ou de terceiros.

Nos natais de 2006, 2006 e 2009, por decisão de João Taveira, a junta de São Jorge de Arroios adquiriu cabazes a uma empresa de um seu familiar, totalizando quase 21 mil euros.

Entre 2007 e 2008, os arguidos autorizaram a aquisição de equipamentos para dotar o ginásio da Mouraria, que não pertencia à área geográfica da JFA, no valor global de 22.512 euros.

Os arguidos, salienta o MP, determinaram que a junta de freguesia adquirisse computadores “para proveito próprio”, no montante total de 4.754 euros, material que “não foi inventariado nem entregue à junta”.

João Taveira, refere a acusação, adquiriu uns óculos de 883 euros com dinheiro da junta, uma “despesa da vida privada”.

O MP refere ainda que a JFA alugou uma viatura ligeira para quatro dias, entre 28 de Novembro e 2 de Dezembro de 2008, sendo João Belchior o condutor. “Tal viatura destinou-se a deslocação a Penafiel ao XX congresso da JSD”, indica a acusação, sublinhando que a despesa de 337 euros foi paga pela JFA.

Em 2009, os arguidos determinaram o pagamento a uma agência funerária as despesas relativas de um funeral, “sem justificação ou competência para tal”.

O MP reclama a devolução ao Estado do prejuízo causado: 316.699 euros. Ainda decorre prazo para que os arguidos possam requerer a abertura de instrução.

// Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Ou ha moralidade, ou comem todos. Olhando para os exemplos que vêm de cima, o baixo clero também se sente no direito de petiscar.

  2. Mais duas “laranjas” podres do pomar. O laranjal estä todo podre. É só broncas, desvio, roubos…e ainda eles falam dos “xuxas”. Patético!

  3. Desafio todos e mais alguns a fazer quaisquer comparações com autarcas comunistas, tanto de Freguesias como de Municípios.

  4. Ao TAPADOS (nós ou ele?)
    Se calhar o melhor é não atirar “pedras”para o ar.
    Poderão ser menos mas também houve no PCP (Câmara de Évora) quem tivesse cometido irregularidades e por isso a Câmara mudou de partido.
    São todos sérios até ao dia em que deixam de o ser.

    • Mas, ao que parece, os eborenses perceberam depressa que o melhor (para eles) era voltar a colocar a autarquia nas mãos da CDU… pelo manos a avaliar pelos resultados das autárquicas de 2013…

  5. POSSO QUESTIONAR?? PORQUE RAZÃO ESTES SENHORES NÃO ESTAÕ JA NA CADEIA E COM O BENS TOTALMENTE CONFISCADOS?? ORDENADOS PENHORADOS?? ESTÃO A ESPERA DE DE QUÊ?? SE FORAM ACUSADOS ESTÃO A ESPERA DE QUE FUJAM OU ARRANJEM ARTIMANHAS ?? JUSTIÇA POR FAVOR.
    SENHOR PRESIDENTE DA REPUBLICA SEJA HONESTO E ACTUE SENHORA MINISTRA VAN DUNENM

  6. E foi preciso mais de 10 anos para o MP detectar estas irregularidades? O que faz essa gente? Será que comem todos do mesmo tacho? É uma vergonha…

RESPONDER

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …

"Ganhámos a primeira batalha". Presidente renova estado de emergência

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou oficialmente a renovação do estado de emergência nesta quinta-feira por mais quinze dias, prolongando-se este estado de exceção até 17 de abril. Numa mensagem ao país a …