Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel.

A análise de arqueólogos a espécimes encontrados em locais de produção de cobre, no deserto do Arava, pode desvendar uma sociedade rica e próspera. O estudo foi publicado este mês na revista científica PLOS One.

O cobre era usado para produzir ferramentas e armas, razão pela qual era um dos recursos mais valiosos na altura. A equipa de cientistas analisou centenas de evidências de minas de cobre ancestrais na Jordânia e em Israel, reconstruindo, assim, a evolução da produção de cobre ao longo de 500 anos — entre 1300 e 800 a.C.

“Usando a evolução tecnológica conseguimos identificar e caracterizar o surgimento do reino bíblico de Edom. Os nossos resultados provam que aconteceu antes do que se pensava anteriormente e de acordo com a descrição bíblica“, explicou Ben-Yosef, o autor principal do artigo, citado pela EurekAlert.

Ao analisar a escória das minas de cobre, os cientistas notaram que, com o passar do tempo, o desperdício deste mineral ia diminuindo. Isto prova que os métodos de produção foram melhorando, tornando-se mais eficientes.

“Demonstramos uma repentina padronização da escória na segunda metade do século X a.C., numa extensa área de cerca de 2 mil quilómetros quadrados, que ocorreu exatamente quando os egípcios entraram na região“, notou o arqueólogo. Os investigadores acreditam que a melhoria seja justificada pela invasão dos egípcios à Terra Santa.

“A eficiência da indústria do cobre na região estava a aumentar. Os edomitas desenvolveram protocolos de trabalho precisos que lhes permitiram produzir uma quantidade muito grande de cobre com o mínimo de esforço”, acrescentou.

Como eram consumidores de cobre importado, o Egito tinha o interesse em simplificar a indústria. Aliás, o camelo até apareceu pela primeira vez na região após a chegada do Faraó Sisaque I. Os egípcios terão sido, portanto, um catalisador de inovação na região.

“As nossas novas descobertas contradizem a visão de muitos arqueólogos de que o deserto de Arava foi povoado por uma aliança de tribos, e são consistentes com a história bíblica de que havia um reino edomita aqui”, disse Ben-Yosef. “Uma indústria de cobre a florescer no Arava só pode ser atribuída a uma política centralizada e hierárquica, e isso pode encaixar-se na descrição bíblica do reino edomita”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Agente da seguradora desmente Rosa Grilo. Arguida sabia de todos os seguros do marido

O agente que celebrou os seguros com Luís e Rosa Grilo disse esta terça-feira em tribunal que a arguida conhecia as seis apólices contratualizadas, incluindo os valores, as condições e as coberturas, desmentindo a versão …

Renovação do Cartão de Cidadão poderá sofrer atrasos nos próximos dias

Os serviços de renovação do Cartão de Cidadão podem sofrer interrupções devido a atualizações informáticas nas próximas semanas. Os serviços de renovação online do Cartão de Cidadão e de atendimento nos Espaços Cidadão podem vir a …

Procuradora do caso Alcochete castigada com multa de meio salário

A procuradora encarregada do caso Alcochete, Cândida Vilar, foi condenada a 15 dias de multa, por falta de zelo na acusação do ataque à academia do Sporting. Todos os membros do plenário do Conselho Superior do …

Ateneu de Lisboa perdeu exemplar raro de "Os Lusíadas"

Um exemplar raro da obra "Os Lusíadas", avaliado em 100 mil euros, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa. Segundo o Observador, que cita o jornal i, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa um exemplar raro da …

Pais da bebé Matilde ajudaram Tomás a tratar cancro nos ossos

Tomás Leal, de 5 anos, tal como a irmã, Marta, de 9 anos, sofre de cancro nos ossos. Os pais recorreram à Clínica Universidad de Navarra, em Espanha, para uma solução médica que evite …

Já é conhecido o novo Governo. Há mais mulheres e cinco novos ministros

António Costa levou esta tarde os nomes do novo Governo que foram validados pelo Presidente da República. Costa quis deixar o assunto encerrado antes de partir para o Conselho Europeu de quinta e sexta-feira. A …

Relação de Lisboa reconhece insónias como motivo para indemnização

Uma empresa foi obrigada a indemnizar três funcionários que tinham sido despedidos e a reintegrá-los. A Relação de Lisboa considerou que os trabalhadores "passaram a andar deprimidos e ansiosos, dormindo mal" e por esse motivo …

Incêndio no Pinhal de Leiria terá originado de dois reacendimentos

O incêndio na Mata Nacional de Leiria, no dia 15 de outubro de 2017, resultou de dois reacendimentos de um incêndio após uma queimada e outro de um possível fogo posto, refere o despacho de …

Peste suína leva China a proibir carne de Timor-Leste

A China interditou a entrada de carne de porco proveniente de Timor-Leste devido ao surto de peste suína africana detetado no arquipélago. Segundo um edital publicado esta terça-feira pela Administração Geral da Alfândega da China, mas …

Lisboa está entre as cem cidades com os melhores hospitais do mundo

Lisboa figura na lista das cidades com os melhores hospitais do mundo segundo o estudo "Best Hospital Cities Ranking 2019", realizado pela primeira vez pela tecnológica da área da saúde Medbelle, uma startup baseada em …