Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel.

A análise de arqueólogos a espécimes encontrados em locais de produção de cobre, no deserto do Arava, pode desvendar uma sociedade rica e próspera. O estudo foi publicado este mês na revista científica PLOS One.

O cobre era usado para produzir ferramentas e armas, razão pela qual era um dos recursos mais valiosos na altura. A equipa de cientistas analisou centenas de evidências de minas de cobre ancestrais na Jordânia e em Israel, reconstruindo, assim, a evolução da produção de cobre ao longo de 500 anos — entre 1300 e 800 a.C.

“Usando a evolução tecnológica conseguimos identificar e caracterizar o surgimento do reino bíblico de Edom. Os nossos resultados provam que aconteceu antes do que se pensava anteriormente e de acordo com a descrição bíblica“, explicou Ben-Yosef, o autor principal do artigo, citado pela EurekAlert.

Ao analisar a escória das minas de cobre, os cientistas notaram que, com o passar do tempo, o desperdício deste mineral ia diminuindo. Isto prova que os métodos de produção foram melhorando, tornando-se mais eficientes.

“Demonstramos uma repentina padronização da escória na segunda metade do século X a.C., numa extensa área de cerca de 2 mil quilómetros quadrados, que ocorreu exatamente quando os egípcios entraram na região“, notou o arqueólogo. Os investigadores acreditam que a melhoria seja justificada pela invasão dos egípcios à Terra Santa.

“A eficiência da indústria do cobre na região estava a aumentar. Os edomitas desenvolveram protocolos de trabalho precisos que lhes permitiram produzir uma quantidade muito grande de cobre com o mínimo de esforço”, acrescentou.

Como eram consumidores de cobre importado, o Egito tinha o interesse em simplificar a indústria. Aliás, o camelo até apareceu pela primeira vez na região após a chegada do Faraó Sisaque I. Os egípcios terão sido, portanto, um catalisador de inovação na região.

“As nossas novas descobertas contradizem a visão de muitos arqueólogos de que o deserto de Arava foi povoado por uma aliança de tribos, e são consistentes com a história bíblica de que havia um reino edomita aqui”, disse Ben-Yosef. “Uma indústria de cobre a florescer no Arava só pode ser atribuída a uma política centralizada e hierárquica, e isso pode encaixar-se na descrição bíblica do reino edomita”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Federação Nacional dos Médicos quer menos horas de trabalho em urgência

Este domingo, a Federação Nacional dos Médicos (FNAM) aprovou, em congresso, uma grelha salarial com base num horário de 35 horas, e a diminuição do trabalho em urgência de 18 para 12 horas semanais no …

Reclamação do PSD sobre contagem dos votos. Nulidade da eleição afastada

O Tribunal Constitucional começa esta segunda-feira a analisar o recurso do PSD que, na quinta-feira passada, pediu a revisão da contagem de votos dos círculos da emigração. Em causa, no protesto do PSD, está o facto …

Jesus "superstar" vence dérbi Fla-Flu, mas sonha regressar a Portugal

Por estes dias, Jorge Jesus continua o seu caminho como superstar no campeonato brasileiro de futebol: o técnico português, que comanda o Flamengo, venceu, este domingo, o dérbi frente ao Fluminense por 2-0, em jogo …

Cientistas encontraram sinais precoces de doença cardíaca em múmias com 4.000 anos

Múmias com quatro mil anos mostraram ter acumulação de colesterol nas artérias, sugerindo que as doenças cardíacas eram provavelmente mais comuns nos tempos antigos do que se pensava. Mohammad Madjid, professor assistente de medicina cardiovascular na …

Donald Trump desiste de realizar o G7 no seu clube de golfe em Miami

A decisão de Donald Trump, a braços com um processo de impeachment, de usar um dos seus resorts levantou dúvidas sobre conflito de interesses. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, abandonou a ideia de realizar …

Costa vai a Belém apresentar secretários de Estado. Patrícia Gaspar e Antero Luís na lista

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, vai esta segunda-feira a Belém apresentar ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, os nomes dos secretários de Estado que vão integrar o próximo Governo. O encontro, marcado para as 11 …

Chernobyl transforma-se num santuário para uma rara espécie de cavalos

Chernobyl tem sido o inesperado lar de uma espécie de cavalos em vias de extinção. Dezenas de cavalos de Przewalski foram observados em edifícios abandonados na zona radioativa da cidade ucraniana. Surpreendentemente, uma espécie de cavalos …

Sánchez desloca-se a Barcelona para “visitar agentes feridos” e lembra obrigações de Torra

O presidente do governo espanhol, em funções, Pedro Sánchez, desloca-se esta segunda-feira a Barcelona, após ter criticado o presidente do governo regional da Catalunha por não ter condenado com firmeza os atos de violência dos …

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …

Bolívia. Resultados preliminares dão vitória a Morales, mas com segunda volta

O chefe de Estado boliviano lidera os resultados preliminares da primeira volta das eleições Presidenciais, mas parece ser obrigado a disputar uma segunda ronda contra o ex-Presidente Carlos Mesa. A autoridade eleitoral da Bolívia indicou que, …