Euromilhões, raspadinhas e jogos online deram 327 mil euros por dia ao SNS

Os jogos sociais como o Euromilhões, o Totoloto e as raspadinhas, e os jogos online garantiram ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) uma verba de 120 milhões de euros em 2018. Estão em causa cerca de 327 mil euros por dia.

O Relatório de Gestão Demonstrações Financeiras e Orçamentais da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) refere que no período entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2018, o SNS recebeu mais de 120 milhões de euros provenientes das apostas feitas nos jogos online e nos jogos sociais promovidos pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

O documento citado pelo jornal Público refere que “a distribuição dos resultados líquidos dos Jogos Sociais da SCML contribuiu em 115,9 milhões de euros para a receita, verificando-se um aumento de 3,1 milhões de euros (2,8%)”.

“A receita com origem no jogo online que é transferida do Turismo de Portugal para a ACSS, totalizou 4,6 milhões de euros”, acrescenta o mesmo relatório.

Estão em causa verbas totais que ascendem a cerca de 327 mil euros por dia, conforme adianta o jornal.

O decreto-lei que determina a forma de distribuição dos resultados líquidos dos jogos sociais explorados pela SCML define que “são atribuídos ao Ministério da Saúde 15,70% do valor dos resultados líquidos de exploração dos jogos sociais, para acções destinadas à concretização dos objectivos estratégicos do Plano Nacional de Saúde“.

As verbas devem ser aplicadas em áreas como a promoção da saúde, da alimentação saudável e da actividade física, na prevenção de doenças infecciosas como o VIH/SIDA, a tuberculose, as hepatites virais, na luta contra o tabagismo, na saúde mental, na vacinação e em doenças consideradas prioritárias, designadamente relacionadas com a oncologia, a diabetes e os problemas cardiovasculares.

Entre 2012 e 2017, o SNS recebeu 586,4 milhões de euros dos jogos sociais da SCML, de acordo com os Boletins da Execução Orçamental dos vários anos citados pelo Público.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Tenho a certeza que ninguém sabe. Pelo menos da parte de quem joga todas as semanas, por
    pouco que seja.
    O que sei é que falando com muitas pessoas com quem falo nos locais de compra e registo dos jogos, é que, estranhamente é que toda a gente nota o decréscimo abrupto dos prémios,
    principalmente nas raspadinhas, em que era usual a atribuição de prémios, principalmente
    de pequenos montantes, mas que permitiam jogar na semana seguinte sem gastar dinheiro,
    agora é raro esses pequenos prémios aparecerem. Será possível que alguém esteja a fazer um mealheirozito á custa de quem com sacrifício ainda tem esperança num dia de sorte.
    Como? Não sei. Só faço uma pergunta ingénua… Basta não atribuirem a totalidade dos
    prémios descritos nas costas das ditas raspadinhas. Não é possível? Neste país tudo é!!!

  2. É claro que reduzir a possibilidade de alguém tirar prémio aumenta a procura e venda.
    É assim o jogo mas é preciso o bom censo de não dá nada não gasta caso contrário só deu.
    Fala-se tanto do SNS mas vê-se que 327K€ por dia não dá para manter os senhores doutores e enfermeiros.
    Doutores que estão a ver o jogo na TV quando estão de serviço e enfermeiros que vão para a greve mas fazem o serviço em centros de saúde e enfermagem particulares e que aparesentam rendimentos de IRS de
    80 a 100K€ por ano mas cjoramque ganham pouco. Mas não foi sempre assim o público ? Quem não se “mata” para ingressar na máquina do Estado ?
    Portanto 327 mil Euros por dia mais o quinhão do OE anual de alguns milhares de milhões é com o que o SNS tem de viver mas estão sempre a queixar-se que lhes falta tudo e tudo lhes falta.
    Eu que o diga que por 3 ou 4x que entro num hospital assisto à ausencia e à demora no atendimento porque os senhores doutores e as enfermeiras estão a ver o jogo na TV numa divisão lá do hospital.
    As horas extras são do catano | Até no WC se ganham horas extras.

  3. Eu só faço um alerta à Entidade que deve fiscalisa estes jogos:
    – Duvido que os prémios correspondam ao publicitado (no verso das raspadinhas)
    – Diminuiu o afluxo de pessoas aos locais de venda devido ao facto de nao sairem premios ou, quando saem, estes serem repetidamente de 1 euro e pouco mais- Onde estão os grandes prémios?
    – E aos fins-de-semana? É um descalabro geral de raspadinhas sem prémio! Raspadinhas falsificadas??
    – Convinha as autoridades fazerem inspeções (a sério ) para que o cidadão não se sinta defraudado. Como?
    – Verificar a conformidade entre os prémios publicitados em cada série e o que efectivamente está impresso na raspadinha;
    – Inspeccionar de surpresa os vendedores destes jogos ( muitos têm o jogo pendorado no placard e, quando compramos, vendem-nos o que teem escondido em gavetas por baixo do balcao. Porque será? )
    – Outros vendem jogo sem terem máquina de jogos!
    Impoe-se uma fiscalização urgente.

RESPONDER

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …